Visualizações

3 de dez de 2013

Capítulo 3

-Uau- David sorriu quando Demi entrou no carro.
-Uau mesmo.
-Oi pra vocês- ela disse.
-Cara, você tá muito...
-Gata- Joe completou.
-Obrigada- a menina sorriu.
-A Lola vai?- Joe perguntou à Demi e a menina assentiu- Que tal a gente formar uma dupla de cupidos essa noite?- sugeriu, inclinando a cabeça na direção de David.
-Sério?!- ela perguntou animada- Porque não disse isso antes?
-Eu não falei que eu sou apaixonado pela Lola, só que eu queria ficar com ela- deu de ombros.
-Mentira, ele fala dela toda hora e os dois não se desgrudam. Tem que rolar alguma coisa a mais e a gente vai ajudar.
-Nada a ver, você e a Demi também não se desgrudam e olha no que deu.
-Não se baseie na gente, somos um caso a parte- a menina sorriu- Mas tá, hoje a gente junta vocês.
-Então, bora aproveitar a noite- David sorriu e desceu do carro, acompanhado por Joe e Demi.
Eles entraram no sítio e a música alta já tomava conta do lugar. Entregaram os bilhetes para um homem alto com um terno preto e Joe precisou sussurrar no ouvido de Demi que aquilo sim era um segurança. A menina bateu de leve em seu braço e riu do comentário.
-E aí, Lola, tudo bom?- Joe se aproximou acompanhado de David, sorrindo, enquanto Demi conversava com a amiga.
-Quanto tempo que o senhor não fala comigo, Jonas- ela brincou.
-Pois é, a sua amiga anda ocupando muito do meu tempo- ele sorriu maliciosamente, abraçando Demi por trás.
-Idiota- ela balançou a cabeça em reprovação.
-Não preciso avisar de novo que eu te espanco se tu vacilar com ela- avisou.
-Pode ficar calma, não vou- ele sorriu- Mas agora eu preciso da Demi por um tempinho. O David vai te fazer companhia. E por favor, não finjam que não sabem o que está acontecendo aqui- piscou e puxou Demi pela mão.
-Nossa, você é bem direto- comentou, caminhando ao lado dele para perto do pessoal novamente.
-Cara, se não for assim, ficam os dois que nem duas varas olhando um pra cara do outro. Aí a pegação só começa depois de um bom tempo. Eu facilitei a vida deles.
-É assim que você costuma fazer também?- perguntou rindo de como ele falara.
-Depende da pessoa e da situação. Eu tenho várias técnicas, sem querer me gabar mas já me gabando.
-Entendi- eles permaneceram durante um bom tempo em silêncio.
- Quer ficar por aqui?- ele perguntou- A festa não tá muito boa, não ainda.
-Por mim tudo bem- deu de ombros.
Caminharam sozinhos durante algum tempo, conversando e, muitas vezes, deixando também que o silêncio predominasse. Logo encontraram um lugar onde conseguiriam se sentar. Joe puxou Demi para o seu colo e em uma fração de segundos, suas bocas já estavam coladas e as mãos de Joe vagavam pelo corpo da menina, coberto pelo vestido apertado. Seus corpos roçavam e ele acariciava as pernas dela, logo as colocando ao redor de sua cintura.
Eles podiam estar muito acostumados com a situação, podiam se conhecer maravilhosamente bem, mas nunca fizeram nada que os expusesse. Portanto, transar em qualquer lugar que não fosse cercado de quatro paredes estava fora de cogitação.
Joe deslizou uma de suas mãos pela coxa de Demi, invadindo o vestido e tocando-a com vontade. A menina agarrou seu cabelo e distribuiu beijos pelo pescoço dele, pressionando mais seu corpo contra o de Joe. Os beijos se tornaram mais intensos conforme ele a tocava e algum tempo depois diminuíram de velocidade. Diminuíram muito, até que ela estava apenas deitada no colo dele sentindo os braços ao seu redor.
Sua cabeça estava longe, seus pensamentos perdidos por aí. Quantas foram as vezes em que ela parou para pensar e desistiu depois de perceber que não tinha nada que pudesse fazer para mudar?  Agora ela fazia diferente. Pensava em como queria, há um tempo atrás, terminar de vez isso com Joe. Mas a quem estava enganando, a não ser ela mesma? Precisava disso, precisava dele.
-Agora a coisa tá ficando boa- ele sussurrou ouvindo a música cada vez mais alta, os gritos empolgados das pessoas.
-Eu não queria sair daqui- a menina confessou, sorrindo sem alegria.
-Depois a gente volta, vamos só dançar um pouquinho-sugeriu, levantando-se e levando-a junto.
-Deixaram a gente no meio do nada, longe de todo mundo, mas foram vocês que sumiram- David comentou, segurando a mão de Lola. Quando perceberam esse pequeno detalhe, Joe e Demi entreolharam-se, sorrindo.
-A festa tava muito desanimada, a gente preferiu ficar mais afastados- Demi deu de ombros- Mas tô vendo que alguém tá tendo uma noite boa- sorriu maliciosamente.
-Não precisa agradecer- Joe completou, com a mesma expressão no rosto.
-Não somos os únicos, né?!- Lola provocou.
-Nós sempre nos divertimos juntos porque sabemos aproveitar a vida. Vocês dois estão percebendo o espírito da coisa- Joe disse.
Lola e Demi saíram para a pista e deixaram Joe e David conversando. Era sempre assim, eles não passavam a festa toda juntos. Na verdade, na maior parte das vezes, eles não se beijavam nas festas ou em quase nenhum lugar. O negócio entre eles sempre foi só sexo, até que as coisas começassem a mudar...
Depois de alguns horas, Joe já havia conversado com praticamente todas as pessoas dali. Cada hora estava em um grupo, conhecendo gente nova, mas para sua surpresa, nenhuma daquelas garotas que deram em cima dele conseguiu nem um beijo sequer. Era outra a que ele queria beijar. E nesse momento ele saiu à procura dela.
-Não, eu não tô com o Joe- ele a ouviu falar para um menino do terceiro ano. Já falara com ele algumas vezes.
-Nem ficando?- perguntou.
-Não temos nada sério- foi o que ela disse, dando um fim ao assunto. Joe saiu de perto e não deixou que ela o visse. De longe, conversando com Peter, ele a observava atentamente, vendo-a dançar com o garoto.
Teve uma vontade louca de ir até lá e puxá-la para si. Nunca sentira isso antes, não em relação à Demi, nem mesmo quando ela transava com praticamente todos os meninos do 2 ano e ele sabia disso. Mas agora ele se sentia possessivo. Sentia que precisava fazer algo que a trouxesse para perto, mas não apenas isso, algo que a fizesse permanecer.
Tinha que tomar uma atitude antes que ela começasse a facilitar as coisas para o lado do menino. Antes que começasse a dançar para ele ou mesmo que só o deixasse observá-la. Demi não precisava de muito para enlouquecer alguém.
Joe tentou se distrair, tentou procurar alguém que o interessasse ou tirar o foco de Demi. Falhou em todas as tentativas, então a avistou sozinha sentada na beira de uma piscina completamente iluminada. Decidiu se aproximar antes que a perdesse novamente, mas antes pegou dois copos de bebida.
-Um brinde- ele disse, sentando-se ao lado da menina.
Demi sorriu, um sorriso bem diferente. Ele não entendia muito bem o que se passava com ela, mas sabia que era novo, especial. Nem ao menos se entendia naquele momento, então decidiu deixar passar. Nunca havia parado para analisar o sorriso dela ou seu jeito tímido (mesmo que de tímida ela não tivesse quase nada).  Ela pegou um dos copos e o levou ao alto, direcionando-o, logo em seguida, à sua boca. Deixou-o de lado e encarou o menino.
-Se divertindo?- ela perguntou, desviando o olhar.
-Não muito- ele deu de ombros.
Eles se aproximaram com calma e ela segurou sua nuca, juntando seus lábios. Iniciaram um beijo intenso mas que não durou muito. Quando se separaram, ela deitou a cabeça no peito dele e o menino a abraçou por trás. Segurou suas mãos e entrelaçou seus dedos, acariciando-os.
Depois de alguns outros beijos, mais calmos, ele beijou a testa da menina e ela se afastou respirando fundo. Joe a encarou, esperando para que ela falasse ou fizesse alguma coisa. A menina fixou seu olhar no dele, antes de desviá-lo novamente.
-Porque a gente tá agindo assim?- questionou com a voz baixa.
-Assim como?
-Como se a gente estivesse ficando, como se isso acontecesse com a gente desde sempre.
-Te incomoda?- perguntou com tranquilidade.
-Entre a gente foi sempre só sexo, Joe. Sempre. Não tinha essa coisa de ficar junto ou de beijos. Nunca teve. Porque isso agora?
-É óbvio que a gente foi se aproximando, Demi. Não quero fingir que eu te conheço só quando a gente estiver numa cama. A gente tem uma amizade.
-Não é disso que eu tô falando. É que... não era assim. Ok, a gente se aproximou, mas além da amizade, parece que outra coisa se fortaleceu de uns tempos pra cá.
-Você não me respondeu. O que tá acontecendo, desse jeito, te incomoda?- ele perguntou novamente.
-Não me incomoda- garantiu de uma vez- Mas eu só queria entender. Porque eu também faço parte disso- explicou obviamente- Se é assim, porque a gente não começa a ficar de uma vez?- perguntou, juntando sua coragem. Ela não era muito boa em ser direta.
-A questão é que...- ele respirou fundo- Eu não quero ficar com você. Não é isso que eu quero.
Ela permaneceu quieta durante um tempo. Não queria mais entender o que se passava pela cabeça dele, mas brincar com ela ele não iria. Não mesmo, porque ela prometera para si mesma que não deixaria. E agora, finalmente, chegara a hora de acabar de uma vez com isso.
O que ele queria era sexo, sempre foi. E agora ele estava afim de beijá-la e tocá-la quando desse vontade. Ia muito além de uma noite juntos, mas não era assim que ele entendia. Demi não sabia porque ele não queria ficar com ela, talvez a menina servisse apenas para sexo mesmo. De qualquer forma, acabava aqui. Não ia mais mudar as suas vontades ou se rebaixar por causa das vontades dele.
A amizade? Ela duvidava que continuasse depois do término do relacionamento. Mas quem se importa? Ela deveria saber que seria assim desde o início. Querer o errado na sua vida só estava quebrando-a ainda mais.
-Eu não me importo- ela murmurou com a voz firme, ainda baixa. Levantou-se com rapidez e derramou o restante da bebida na boca.
-Demi- ele chamou a menina quando ela começou a andar para longe a passos firmes. Mas Demi não olhou para trás.
Ele não sabia se ela estava triste, chateada, só sabia que ela não havia entendido direito. Quando tentou ir atrás dela, todas as pessoas que estavam antes dentro da grande casa saíram e se juntaram às que já estavam ali fora. Fogos começaram a ser soltos e gritos animados eram ouvidos. As pessoas se misturaram e mais tarde ele soube por Lola que Demi tinha ido embora de carona com Kate.
Continua...
Obrigada por todos esses comentários <3 <3 amo vocês!
Agora eu queria falar sobre essas coisas que o Joe escreveu e eu peço que leiam, por favor.
Primeiro eu achei que fosse mentira, porque como a maior parte de vocês, eu nunca achei que ele se abriria tanto assim, não é uma coisa que nós estamos acostumadas a ver. Mas depois de um tempo eu fui percebendo que era verdade sim e eu não fiquei muito contente. Eu fiquei orgulhosa por ele ter sido corajoso e tudo mais, só que eu achei exagerado, mas em momento nenhum eu acho que ele errou. 
Eu vi muita gente interpretando a coisa de um jeito bizarro e rolou toda aquela briga que vocês sabem.... e isso tudo mexeu bastante comigo, no que se trata da Demi.
Eu vou ser sincera, nada ali era novo, pelo menos não pra mim. Se eles terminaram, foi  porque não deu certo. Todo mundo sabia que o Joe não amava a Demi da mesma forma que ela amava ele, não era surpresa. Mas muita gente começou a dizer que Jemi foi uma mentira e que nunca existiu de verdade, aí eu acho demais. 
Cada um tem o seu ponto de vista e a forma como lida com isso, eu aceito todas as opiniões com muita boa vontade, mas eu queria dizer o que eu penso. Ele não falou em momento algum que foi marketing. Ele não disse que começou a namorar com ela porque ela precisava de ajuda. Gente, vocês já tentaram abrir a mente e pensar de outra forma? O meu ponto de vista é que eles começaram um namoro porque a Demi se apaixonou por ele e o Joe confundiu o amor que sentia por ela como amiga com o que ele queria sentir no momento (que foi o de namorado/namorada). Depois que eles entraram nessa relação, as coisas não deram muito certo. Com o tempo ele foi percebendo que era melhor eles serem só amigos e que ele  amava ela, mas como uma amiga (ele mesmo já disse isso, na época que eles terminaram). Só que ela tava passando por muita coisa e ele sabia. Então ele não sabia o que fazer porque não queria magoá-la mas ao mesmo tempo não dava pra continuar naquele relacionamento. Então ele não terminou com ela porque sentia que precisava ajudar e cuidar dela. Eu não acho que ele deva receber culpa por isso, quem nunca se sentiu numa sinuca de bico por não saber o que fazer? Por achar que o certo é na verdade o errado?
Eu achei que a Demi reagiria de uma forma bem diferente. Primeiro porque eu não acho (não mesmo) que o Joe publicaria algo falando dela sem antes consultá-la, e eu acho que se ele fizesse isso, ela ficaria muito magoada. Aquele tweet  me deu muitas dúvidas, porque eu não sabia se era ironia ou verdade. Mas aí eu parei pra pensar. Ela tinha duas opções: ou ela ficaria muito chateada mesmo e irritada com aquilo ou ela já sabia e não se importava com nada do que ele disse (afinal ela sempre é honesta e sincera com a gente). Se ela tivesse ficado magoada, ela não responderia em forma de ironia. Ela falaria sobre o assunto daquela forma, com sermões e tudo mais, também não acho que ela mencionaria ele. Enfim... não era um assunto bobinho pra ser tratado como brincadeira e eu não acho que foi ironia. Ainda mais com o outro tweet dela depois. 
Isso é o que eu acho,  é o meu ponto de vista e eu não escrevi isso pra defender a minha opinião, nem defender o Joe porque como eu já disse, eu acho que seria melhor se ele tivesse se exposto menos. Mas eu escrevi isso porque me magoou ver tantos Jemi shippers falando que acabou pra eles e que agora na cabeça deles Jemi nunca tinha existido. A amizade foi real sim, não tem como negar isso. Se o namoro não durou não significa que por algum momento não foi real. Pode ter sido precipitado sim, e um erro, mas não uma farsa. 
Quando o Joe escreveu "Sorry", ele escreveu um trecho que dizia "but I finally found the truth, I was using you", e ninguém fez algazarra com essa frase. Mas aí ele dizia que tinha usado ela. Ninguém sabe em que sentido, vai depender mais uma vez da interpretação, o que eu tô querendo dizer é que pelo menos pra mim não teve nada novo. Eu sabia que o namoro deles não tinha sido lá o melhor, mas eu sou shipper e sempre serei porque o casal me fez ficar apaixonada.
Podem deixar as opiniões de vocês, eu leio todas com o coração aberto, eu respeito de verdade o ponto de vista de cada um. Me desculpem pelo texto imenso mas eu precisava escrever tudo isso, acho que pra me ajudar a seguir com a fic também. E eu espero que nenhuma de vocês pare de amar Jemi <3

Até o próximo post :)
comentários respondidos> aqui

12 comentários:

  1. Nao vou deixar de amar jemi nunca, mas acho q sla ne, tem algo por tras disso,posta maiiiiis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo, tá tudo bem confuso ainda... mas que bom, Jemi até o fim <3

      Excluir
  2. cara eu penso o mesmo que você, eu li tudo, vi mt gente no twitter falando sobre e concordo plenamente com TUDO o que você disse! muita gente começou a falar que o namoro deles foi promocional e o Joe se aproveitou da situação pra falar essas coisas pra dar fama a ele, mas se eles pensassem um pouco eles chegariam em outra conclusão.
    eu só espero que esteja tudo bem entre eles ainda, porque não importa se eles estão namorando ou não, a amizade deles é tudo o que eu mais quero que continue.

    agora sobre o capítulo.
    Demi ficou bolada com o Joe :( ela devia ter parado pra pensar né u-u mas pera ai, ele queria algo além de ficar é isso? então é o Joe quem gosta da Demi? ajnwlwoflqv que as coisas se esclareçam maaaais por favor akwnkqldlq posta posta posta posta poooooosta! auendoofkav eu to amandooo <3333
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHAM!! e cara, depois que o Joe respondeu a Demi no twitter, eu acho que as coisas estão realmente bem entre eles, ainda mais porque o Mike respondeu uma fã no twitter com uma coisa que me deixou bem mais certa disso, você viu? https://twitter.com/MikeManning85/status/408009503515226112 << :D enfim, eu espero que aquela amizade volte com tudo e permaneça assim :)
      Siiiim você acertou.... hahaha acho que com esse capítulo que eu postei agora, você já tem tudo esclarecido aí, né? cubkuero obrigadaaaaaaaaa <3 <3 beijos, linda!

      Excluir
  3. cara , eu só sei q depois q eu li aquelas coisas , eu deixei de acreditar em Jemi , eu estou com um blog de um ano e três meses e não sei mais o q fazer , aquilo ali era pra fantasiar a esperança q eu tinha d q um dia eles pudessem voltar .... mas acabou , eles não vão vooltar , vai ficar só uma lembrança. Achei exagerado demais , acho q ele falou mais do q devia. A demi nunca expôs ele de tal maneira assim , e isso me deixou bolada com ele. De todo jeito , ele só estava contando uma parte importante da vida dele , mas falou demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha... isso me deixa muito triste mesmo, porque eu imagino como deve estar sendo pra você e eu imagino o que você deve estar sentindo, porque eu não vou dizer que não senti um pouco disso também... bom, eu não acho sinceramente que eles voltariam um dia, quem sabe, né, ninguém pode prever o que vai ou não acontecer, mas eu só escrevo pra fantasiar na minha cabeça mesmo o casal, por mais que tenha acabado. É um jeito que eu tenho de manter isso dentro de mim, não sei... eu gosto de escrever essas fics e eu gosto de pensar neles como um casal mesmo que eu ame a amizade, demais. Também acho que ele poderia ter deixado de falar algumas coisas, detalhes, mas... fazer o que. Eu espero do fundo do meu coração que você encontre a sua maneira e consiga tomar uma decisão sobre o blog e tudo mais.... eu não quero tentar mudar a sua opinião, mas eu acho que você escreveu durante tanto tempo, você com certeza tinha um amor grande por eles, assim como eu, então... sabe aquela frase da Demi? "A gente sempre sabe a verdade mas às vezes prefere a ilusão. Pelo menos com ilusão a gente sonha mais."... eu acho que é isso, pelo menos pra mim, eu sou bem iludida em alguns pontos, mas foi um jeito que eu achei de não ficar tão abalada com as coisas que aconteceram. Te desejo o melhor, amor! <3

      Excluir
  4. Concordo com você,totalmente...
    Eu sempre vou amar jemi ,não importanta se foi de verdade esse amor ou mentira ~jemi e vida~ .
    Sobre o capítulo...
    Ficou um arraso !!!
    Joe foi meio sem coração,com a demi...mais deu para perceber que ele está apaixonado pela demi kkkkkkk...
    Diva,como sempre brilhando...amoo de mais o seu jeito <3
    Principalmente quando escreve....
    Posta logoo
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Issooooo \õ hahaha Jemi é vida!! Pois é... quem diria, Joe se apaixonou pela Demi fbroeleuof
      Obrigada, meu amor, agradeço do fundo do meu <3!
      Beijinhos, linda!

      Excluir
  5. primeiramente: oi! estou aqui! o/ desculpa a falta de comentários nos outros capítulos :(, mas voltei!
    segundamente: que merda! A Demi entendeu errado! ;/ lSHLDHLjhdlsN E AGORA? o Joe tem que explicar pra ela, porque eu acho que ele queria dizer que na verdade ele a queria como namorada. Estou certa? POR FAVOR DIZ QUE EU TÔ CERTA! u.u ashigfabsdfkabicb vou morrer, a fic é P-E-R-F-E-I-T-A!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! <3
    terceiramente: onde eu assino? porque eu concordo com absolutamente TUDO o que você disse! Tem alguns fãs que parecem não conhecer o ídolo de verdade sabe? A Demi já disse abertamente que já usou drogas, quanto a isso não sei pq o desespero. E no caso de Jemi, tá certo, dói saber que o que a gente sempre tentou negar é de fato verdade, mas como vc bem disse, foi verdadeiro! Independente de ter sido uma confusão do Joe, acredito que em momento algum ele quis fazer mal a Demi. Sem contar que isso explica o pq do afastamento deles e porque o Joe disse em uma entrevista depois que "agora eles estavam bem". Com certeza a Demi entendeu o que se passou, ficou magoada, mas decidiu perdoar e voltar a tê-lo como amigo! Ou seja, amor existe sim, mas amor de irmão! E isso basta pra mim! Porque eu sei que eles foram o melhor casal que já conheci e NADA vai me fazer mudar de ideia quanto a isso! u.u
    Falei pra burro e nem sei se o comentário tá claro, mas é isso... kkkk
    Posta logo! :)
    Beijos amoreeeeee! :****

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem desculpas, coisa fofa jgfrvidpvd ESTÁ CERTA SIM fcboeiubfvoe mas agora ele já explicou tudo e estão juntos fgbvgoerifruo OBRIGADAAAAAA <3 <3
      Aham, eu concordo. A Demi tem sido tão honesta com a gente, eu acho sinceramente que ele apoiou o Joe nessa história toda justamente por causa disso, porque ele está sendo bem honesto. ISSO, eu também não vou mudar o meu amor ou o meu jeito de pensar! Concordo com tudo que você escreveu aí em cima jcbfhoeru
      Tá claro sim, linda hahahahahahaha mas eu amo quando as pessoas dividem as opiniões comigo, porque eu escrevi um negócio imenso ali em cima e queria mesmo que alguém respondesse hahahaha ugrfeuoef
      beijos lindaaaaaaa <3 <3

      Excluir
  6. Ah cara, até que enfim achei alguem que pensa igual a mim, AMÉM... cara tava super mal pensando que eu tava sendo besta por ainda gostar de Jemi, e ver tanta gente que se dizia no twitter Jemi shipper, dizendo que perdeu tempo gostando deles que não foi real.. Valeu mesmo, isso me fez muito bem :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom, amor!!! jbferof fico feliz de ver pessoas que pensam como eu porque eu também tava super mal, exatamente como você, juro! tanto que escrever aquilo ali em cima me ajudou bastante a continuar com as fics e tudo mais, eu nunca deixei de acreditar em Jemi, mas a história toda e todos os comentários contrários me abalaram bastante! Eu fico muito feliz que isso tenha de alguma forma ajudado e te feito bem, sinceramente <3

      Excluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3