Visualizações

4 de ago de 2013

Capítulo Vinte e Sete!

Passaram-se seis meses. E... o que aconteceu durante esse tempo?
Joe e Demi se viam às vezes na faculdade, mas não chegavam a se aproximar. Tentavam manter a maior distância possível e isso acabou tornando-se uma prioridade de ambos. Foram a algumas festas em comum, mas nada aconteceu, como já era esperado. Joe fez como o prometido, não tentou uma reaproximação. Se ela quisesse, ela mesma tentaria. Mas Demi não o fez. Ela permanecia determinada e focada em sua decisão.
Eu podia descrever cada dia que passaram separados durante esse tempo, mas seria monótono demais. Porque nada mudou. Os dias passaram e juntaram-se formando esses seis meses. Mas o sentimento, as memórias, as palavras, tudo ainda estava fresco na cabeça de ambos, como se não tivesse se passado tanto tempo. Suas mentes permaneciam presas do mesmo modo como estavam no dia da separação e no dia seguinte. Esses dois foram os últimos que importaram realmente para ambos. O que aconteceu depois não foi nem de longe diferente.
Quando chegou em casa depois do último dia de aula, Demi recebeu uma mensagem em seu celular. Era Melody, uma das amigas que ela tinha feito depois disso tudo. Enquanto ainda tinha Caty como melhor amiga e Joe ao seu lado na faculdade, ela não precisava se preocupar com outras companhias. Mas agora, como tudo havia mudado repentinamente, ela decidiu dar uma chance ao seu novo círculo de amizades. Melody era uma menina bem legal e conhecia Joe. Já havia namorado um dos amigos dele e ela também achava que Demi fizera a coisa errada, mas disso todos sabiam. De qualquer forma, estava ali para ela sempre que precisava de alguém.
A mensagem perguntava se ela iria à festa hoje à noite. Demi sabia que Joe iria, porque ninguém se atreveria a faltar. Era a última festa do ano, que daria início as férias. Ela era a única que não estava nem um pouco afim de ir. Festas com Joe significavam uma chance de vê-lo com outras garotas e isso não a agradava. Preferia ficar em casa.
Porém o motivo que a impedia dessa vez era diferente. Tinha em mãos uma passagem para L.A. e embarcaria em algumas horas. Durante esse tempo, ela trabalhara em uma livraria ali perto e fazia alguns outros trabalhos quando podia nos fins de semana, Havia juntado dinheiro suficiente para viver bem. E falara com Caty também. Contou o que aconteceu e achou que finalmente estava tudo bem entre elas. Como agora teria três meses pela frente, ela decidira passar esse tempo com a família e isso com certeza a ajudaria a recuperar a amizade com a garota.
Joe não se importou em viver sua vida depois que algum tempo longe de Demi. Não se apaixonou por ninguém mas tentou esquecê-la de várias maneiras. Até um namoro com uma menina ele tentou, mas lógico que era movido à falsidade. Não sabia de mais nada sobre a vida dela, mas nem tentava. Pelo menos ela estava se virando como disse que faria.
As férias haviam chegado e Joe resolvera viajar. Ia passar um mês na Inglaterra fazendo um curso de arquitetura e quando voltasse, iria para L.A. encontrar com Caty. Prometera a ela que passaria um tempo lá e agradecia por nada ter mudado entre os dois. Evitou perguntar sobre ela e Demi, mas Caty o fez por ele. Ela comentou sobre o término e deixou que Joe falasse o que quisesse, mas ele preferiu ficar quieto. Não estava a fim de desabafar com a menina no momento, e muito menos por telefone. Se falasse sobre Demi, seria pessoalmente, quando estivessem passando um tempo juntos. Caty garantiu que já havia a perdoado pelo que acontecera e sabia que não havia sido culpa de Demi, que não havia sido proposital. Ela também disse que sentia muito pelo fim do namoro, e que em nenhum momento quis que eles terminassem por causa dela. Joe duvidou um pouco, porque ele sabia que no começo Caty queria sim isso. Mas ouvindo-a falar tão abertamente sobre o assunto e com tanta sinceridade, ele acreditou.
Ela não falou sobre Demi depois e ele fez o mesmo. As conversas entre ambos estavam voltando ao normal e isso o agradava. Ele tinha sua melhor amiga e Demi também. Pelo menos já era um começo.
------------------------------------------------------
Demi estava na sala da casa dos pais de Caty. Estavam no comecinho de Janeiro, o que significa que o Natal e Ano novo já haviam passado. E ocorreu tudo bem, aquela mesma coisa de sempre. A troca de presentes, os desejos para o novo ano...
-Eu ainda não consigo colocar na cabeça a ideia de que você e o Bred são amigos- ela disse para a amiga, colocando mais uma colher do sorvete na boca- Eu tenho nojo só de chegar perto dele.
-Demi, ele se arrependeu do que fez. O Bred é uma pessoa muito legal e você deve confessar isso. Tirando o que aconteceu de... ruim entre vocês, você sabe que ele é bem divertido.
-Claro, eu achava o mesmo até tudo aquilo acontecer- disse- Eu não gosto de lembrar dessas coisas, Caty, ainda me magoa. Eu tenho medo dele, por menor que seja, eu ainda tenho.
-Acredita em mim, ele mudou- forçou um sorriso confiante.
-Não sei se isso é possível.
-Todo mundo merece uma segunda chance, Demi- ela disse- Não é mesmo?
-Aham- a menina concordou, desviando o olhar. Caty havia lhe dado uma segunda chance...tá, mas não era a mesma coisa com Bred. A situação era bem diferente.
-Ele quer voltar a ser seu amigo, mas só isso. Ele não quer mais do que amizade dessa vez. Quer te pedir desculpas.
-Isso vai ser bem estranho.
-Ele chega de viagem daqui a pouco-deu de ombros- Ele vai vir pra cá assim que chegar.
-Eu não preciso estar aqui, né?- perguntou com uma careta.
-Ah Demi- ela resmungou- Eu já te contei sobre o que aconteceu entre a gente e eu não sei como vai estar o clima. Por favor, com você aqui vai ser mais fácil.
Ela e Bred andaram se pegando por algum tempo. Haviam ficado algumas vezes mas segundo a menina eles sempre agiam como se nada tivesse acontecido. Um dia antes dele viajar, ela resolvera que não queria mais nada, e como ele pensava da mesma forma, assim ficou decidido. Mas ela tinha medo de como ele encararia a situação ao vê-la novamente.
-Vai ser mais difícil, isso sim! Imagina como vai ficar o clima? Eu já te avisei pra ter cuidado com o Bred, Caty. Você sabe do que ele fez, como pode agir tão naturalmente? Eu me mudei pra Nova Iorque só pra tentar fugir disso.
-Na verdade, você se mudou por causa da escola e das fofocas, não só por causa do que aconteceu. Já se passou mais de um ano, Demi, você precisa superar.
-Eu não te contei que ele tentou me agarrar à força naquele estacionamento?
-Sim, contou- revirou os olhos- Mas e daí? Eu já disse, as coisas mudaram. E você precisa lidar com os seus medos. Não vai ter sempre alguém pra te proteger e nem um lugar pra fugir. São coisas da vida.
-Você mudou muito o seu jeito de pensar em seis meses- Demi disse.
-Muita coisa aconteceu em seis meses, Demi.
.....................
Bred chegou algumas horas depois. As coisas demoraram para dar certo, mas logo Demi baixou a guarda e decidiu dar a ele uma... chance. Não, na verdade, ela apenas fingiu que era indiferente. Era como se a presença dele não mudasse em nada. Por dentro ela tinha medo e nojo sim, mas por fora, foi como se tivesse superado. Ele pediu desculpas e ela apenas disse um básico “tudo bem”.
Os dias seguintes passaram rapidamente mas foram diferentes. Demi sentia que ele queria se aproximar dela, mesmo que só como amigo, porque não via nenhuma segunda intenção. Ele estava definitivamente diferente. Estava o mesmo pelo qual ela se apaixonou.
--------------------------------------------------------------------------------
(alguns dias depois)
-Olha quem chegou- a voz da mãe de Caty ecoou pela sala, mas Demi e Caty não a viam. Ela parecia estar do lado de fora da casa, porém próxima da entrada.
-Joe- a irmão menor de Caty desceu as escadas correndo e passou pela porta como um raio.
-Joe- Caty gritou junto, com aquele sorriso imenso no rosto. Ela encarou Demi com uma expressão entusiasmada e em uma fração de segundos já estava junto à irmã.
Demi permaneceu onde estava. Sentada no sofá com as almofadas no colo. Porque ninguém tinha avisado a ela de que ele iria lá? E agora, o que ela faria depois de tanto tempo sem vê-lo?
Virou sua cabeça na direção das vozes e agora todos eles já estavam dentro de casa. Nicole, a irmã menor de Caty, estava abraçada as pernas dele e Caty recebia um abraço caloroso do menino. Joe tinha um sorriso no rosto assim como todos ao seu redor, menos Demi. Depois de um tempinho conversando ali, eles começaram a se aproximar. Nicole subiu novamente as escadas correndo e logo voltou com uma boneca nas mãos. Joe falava com a mãe de Caty enquanto a pequena menina tentava a todo custo chamar a atenção dele.
Demi respirou fundo e fechou os olhos por alguns segundos. Não sabia se deveria levantar-se e ir até ele ou se deveria continuar ali. Se optasse pela primeira opção, sabia que não conseguiria falar nada e se optasse pela segunda, talvez passasse a impressão de que não queria conversa. Mas logo o problema foi resolvido, porque Joe encarou-a e abriu um breve sorriso.
Caminhou em sua direção enquanto Nicole falava com ele, ainda presa na perna de Joe. O menino sorria e mexia com carinho no cabelo dela.
-Ei Nick, deixa eu falar com a Demi- ele pediu com um tom divertido para a menina que o puxava na direção contrária. Provavelmente não queria que ele se sentasse no sofá.
-Vocês se conhecem?- perguntou curiosamente.
-Aham- ele assentiu.
-De onde?
-Hum... ela morou um tempo comigo lá em Nova Iorque- disse.
-Um dia você me leva pra morar com você também?- pediu e ele sorriu concordando- Promete? A Demi vai brigar com você se você não me levar- avisou e todos riram- Não vai, Dem?
-Pode deixar comigo- piscou para a menina, sorrindo.
Nicole deu pulos de alegria e saiu a procura da mãe e da irmã, gritando a novidade pela casa. Joe riu e balançou a cabeça em reprovação. Se aproximou mais e inclinou o corpo na direção de Demi, lhe dando um beijo rápido na testa.
-E aí, tudo bom?- questionou sentando-se ao seu lado.
-Uhum- ela forçou um sorriso- Você?
-Acabei de voltar da Inglaterra- ele deu de ombros- É um bom lugar pra arquitetura.
-Vou lembrar disso.
-Eu... fico feliz que a sua amizade com a Caty tenha voltado ao normal- ele disse depois de um tempo.
-É- Demi forçou um sorriso, desviando o olhar- Como se nada nunca tivesse acontecido- deu de ombros e ele assentiu- Parece que vocês dois também estão bem.
-Melhor do que nunca, eu acho.
-E você vai ficar por aqui?-ela perguntou.
-Aham. Por algum tempo.
-Ei, vocês dois- Caty se aproximou sorrindo e se sentando no colo de Joe- Vamos tomar um sorvete? Bred já está esperando por nós.

Ela puxou Joe pela mão e o menino a seguiu, hesitante. Encarou Demi por um segundo e ela parecia nervosa. A expressão no rosto de Joe mostrava o quão decepcionado ele estava. E foi isso que Demi viu em seus olhos antes do menino se virar e continuar seu caminho.
Continua...

Genteeeee consegui terminar de escrever dcvwuluorl escutem... amanhã eu volto às aulas e... só avisando que vai ser mais complicado de escrever, portanto tentem não me matar :s
Obrigada por tudinho :3
Respostas aos comentários:
Amo vocês <3
Beijinhos,
Brubs!

14 comentários:

  1. Que tristeza :(
    Porque eu acho que essa Caty é uma filha da mãe que não perdoou a Demi coisa nenhuma e quer mesmo é afastar ela do Joe?! :/
    Ai, sinto coisas ruins vindo...
    Meu coração tá apertado Brubs, pelo amoooooooor!!!!!!
    Posta assim que puder, amor, vou ficar esperando roendo os dedinhos u.u
    Amo-te
    Bjuuuus!!! :****


    Sammy :)
    To comentando como anônimo pq to pelo IPod .-.

    ResponderExcluir
  2. amor da minha vidaaa eu vi o idiota do seu primo ontem heheheheh enfim tava pfto porem quero jemi o mais rapido possivel :P vamos marcar alguma coisa semana q vem !!! beijo me liga kkk mentira beijussss <3

    ResponderExcluir
  3. Sei não hein, não confio nesse Bred e acho que ele vai aprontar alguma e a Caty tbm ta muito amiguinha dele, slá to meio desconfiada deles...
    E esses dois ao invés de se acertarem logo ficam nessa enrolação.

    Bjs, posta logo e não se preocupe se vc demorar não vou te matar rs'

    ResponderExcluir
  4. To achando que a caty e o bred vão virar alma gêmeas....sei não pelo que eu to vendo acho que ela vai acabar se apaixonando por ele,e ele por ela...tomará que isso aconteça aí ela esquece o joe...

    Hum...joe e a demi to achando que esse férias deles vão acabar que eles se acertam ~tomará,dedos cruzados~

    Minha diva maravilhosa,tá tudo perfeito mesmo,posta logooo to amando isso tudooo,
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  5. Aaaaah eu sabiiia que o Bred ia voltar! EU SABIAAAA!!!!! (gente, que ousada eu)
    Ele vai aprontar com a Demi? A Caty ta mancumunada com ele? Joe vai proteger ela? Diz que sim *u* POSTA LOGO PELAMOOOOOR!

    Verônica <3

    ResponderExcluir
  6. Perfeito cara mas eu quero Jemi sério tipo o mais rápido possível
    posta logo

    ResponderExcluir
  7. aí q triste demi e joe separados. :( nem se falaram...
    Caty e Bred... esses dois sei não.. muito estranho. to achando q ela tá sendo falsa com a Demi.

    logo agora q Jemi se falou o cap acaba... o tortura!

    pleaseee faz uma forcinha pra postar logooo. vou ter um treco esperando

    ResponderExcluir
  8. OMG..... Jemi ta separado :((( concerteza essa caty tá tramando alguma coisa poh... a Demi não gosta desse Bred e ela quer que a Demi fale com ele isso tá estranho.. a demi e o joe vão voltar a se falar novamente né??
    To curiosa.. não gosto da caty..
    Posta logo.; bjos

    ResponderExcluir
  9. Oi, pode divulgar pra mim? Estou iniciando uma nova fic e queria atrair novo publico. Se mencionar isso na divulgação eu agradecerei muito :)

    http://amordelovatic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. oiii adoro o seu blog , divulga : http://jemisexysublimeparasempre.blogspot.com.br/
    segue lá ? posta logoooo

    ResponderExcluir
  11. perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito perfeito

    ResponderExcluir
  12. ta perfeitooooo
    posta logo
    por favorrr
    bjs

    ResponderExcluir
  13. putaquepario isso ta bom de mais , sem duvida a melhor historia de jemi que já li !!!!!! posta logooo amor !! <3 to amando

    ResponderExcluir
  14. kd cap? morrendo de ansiedade aqui.

    Postaaa logooo pleaseee

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3