Visualizações

29 de abr de 2013

Capítulo Seis!


-Alguma ideia de como eu posso aproveitar meu domingo?- perguntou, jogada no sofá.
-Hum...tenho uma festa hoje- ele deu de ombros- Quer ir?
-De quem é? Algum amigo?
-Aham- concordou- Você pode ir, tenho o direito de levar uma acompanhante.
-Porque não leva aquela menina que esteve aqui?- questionou, inocentemente.
-Ela me xingou de muitos nomes e me acusou de estar ficando com duas ao mesmo tempo- riu sem humor- Prefiro que vá comigo.
-Ah, eu sou muito idiota mesmo- bufou- Sabe? Algumas vezes eu sinto que invejo a felicidade dos outros- revirou os olhos.
-Não era felicidade, era desejo- disse- E não, você não invejou nada. Só deu o troco. Eu supero- sorriu.
-Tudo bem, vou com você. Onde é?- se levantou- Qual o tipo de festa?
-É aqui perto, em uma casa alugada- respondeu- Aquele tipo onde vocês usam roupas curtas e coladas enquanto nós babamos- brincou.
-Fala sério- revirou os olhos- Um bando de vadia dançando pra homens safados? Não é o meu tipo- avisou.
-Posso te fazer companhia- sugeriu- Você vai gostar. Ah, e você tem meia hora para se arrumar- comentou rindo ao passar por ela em direção ao quarto- Vou tomar um banho.
-Ei, como assim? Nunca se deve avisar a uma mulher que ela precisa se arrumar em meia hora!
-Vai, você consegue. Está perdendo tempo...
-Ok, ok!
~~~*~~~~*~~~~*~~~~*~~~

-Pronta?- ele parou em frente a porta entreaberta.
A menina estava parada em frente a cama, apenas com uma toalha em volta do corpo. Parecia indecisa e era exatamente assim que se sentia. Sem saber o que escolher ou como decidir entre as duas peças sobre a cama.
-O que eu ponho?- perguntou, virando-se para ele. Sua maquiagem já estava feita, assim como o cabelo. Mas tudo estava bem natural. Uma beleza natural- Qual é mais bonito?
-Hum, deixa eu ver- ele se aproximou- Os dois são lindos- observou os vestidos. Um preto e um vinho- E ficariam lindos em você também- ela sorriu, tímida.
-Mas eu preciso de apenas um- disse manhosa.
-Tudo bem, o vinho- apontou para a peça de um ombro só e não muito justa no corpo, porém encantador- Preto é...comum demais.
A menina assentiu e ele continuou ali, olhando em seus olhos. Eram profundos e indecifráveis, tinham um tom castanho escuro, e com o preto ao redor chamavam mais ainda atenção.
-Eu acho que o meu tempo está passando- ela disse, envergonhada com o momento.
Joe riu e concordou, saindo do quarto e a deixando terminar de se arrumar. Agora ele a via como a menina frágil e doce que vivia em seu apartamento. E mesmo que não tenha tido muito tempo para descobrir isso, achava que ela seria uma boa amiga, uma boa companhia.
Vê-la com esses outros olhos não fora nada fácil, mas fora rápido, mais rápido do que ambos imaginaram. Agora, ela parecia real e sincera para ele, diferente de antes. Em apenas um dia ele a conhecera de forma incrivelmente surpreendente e gostara daquilo que descobrira em Demi.
-Uau- ele sorriu, vendo-a descer os degraus- Desse jeito não terá como escapar dos olhares nem dos meninos babando por você- comentou- Está linda.
-Ah, para- pediu, sorrindo.
-É sério- ele afirmou e ela corou, desviando o olhar- Podemos ir?
Ela assentiu e ambos saíram. Por mais que parecesse estranho, Demi era tímida demais e por isso um comentário sobre como Joe estava não escapuliu de sua boca. Mas ela prestara bastante atenção em cada detalhe. Desde o momento em que ele entrou em seu quarto, ajudando-a com o vestido, até ali, quando ele abrira a porta para que ela entrasse. Não estava muito arrumado, mas ele tinha charme próprio. Um sorriso sedutor e um corpo de dar inveja. Chegava a dar raiva de tão bonito que era.
-Agora eu me dei conta de que estou indo a uma festa, para a qual não fui nem convidada e onde não conheço ninguém além de você- ela sussurrou.
-Isso é um problema?- sorriu de lado.
-Claro...eu já te contei sobre os meus problemas sociais- resmungou.
-Não precisa ficar na defensiva. Apenas seja você mesma e eu tenho certeza que agradará a todos- garantiu- Então...primeiro as damas- fez um gesto para que ela entrasse primeiro. A menina sorriu e passou pela porta.
A música alta entrou por seus ouvidos logo em seguida. Algumas luzes piscavam e a casa é imensa. Tinha um balcão central, grande também, com muitas bebidas. Alguns garçons e garçonetes, uma penumbra e gente dançando.
-Joe!- um menino, também muito bonito, se aproximou com uma garota- Vejo que trouxe mais uma para a gente- comentou, me encarando com um sorriso malicioso- Que gata- sussurrou.
-Vai com calma, Wesley- Joe pediu- Não vai assustá-la logo de cara.
Ele fez sinal de inocência com as mãos. Demi apenas se perguntava se aquela menina, colada a ele, não se importava com os comentários.
-É sua namorada? Ficante?- ele questionou.
-Uma amiga- Joe respondeu- Eu vou falar com o resto do pessoal- avisou e puxou Demi pela mão.
-Aquele era...?
-O dono da festa- disse- Ele é assim mesmo, não se preocupe- sorriu na direção dela -Vai ficar bem?- ele questionou, depois de tempo suficiente para ela se acostumar com o novo ambiente.
-Você vai me deixar aqui sozinha?- questionou inconformada.
-É só por alguns instantes...é que eu quero falar com algumas garotas e não vai ser legal se elas me verem com você- explicou.
-Tudo bem- suspirou- Vai lá, garanhão!- incentivou-o, fazendo-o rir.
Antes disso, Joe a apresentou a alguns amigos e amigas, mas a menina saiu de perto depois de algumas poucas palavras serem trocadas. Sentou em um lugar mais quieto e observou Joe conversando com uma menina. Ela era alta, linda. E por segundos ela chegou a pensar "nossa, ela é sortuda". E sim, ela era. Assim como todas que tinham o privilégio de terem ele como um amigo, pelo menos. É claro que algumas tinham uma sorte extra, mas o menino era realmente especial em vários sentidos e ela entendeu rapidamente porque Caty se apaixonara perdidamente por ele a exatos 3 anos atrás.
Sentiu-se mal por vê-lo junto de outras sabendo sobre como o amor que sua amiga sentia era forte e verdadeiro. Já a ouvira chorar diversas vezes e já a consolara muitas também. Um amor não correspondido não é fácil, muito menos com o carinho que ele demonstra por ela. Achava que, na pose de melhor amiga, deveria mantê-lo afastado daquelas meninas todas, mas depois se tocava de que não tinha esse direito. Ela não poderia se meter entre eles, porque ao ajudar Caty, ela atrapalharia Joe. E nesse momento, ela gostava de tê-lo por perto.
-Meus amigos não passaram no teste?- brincou, sentando ao lado dela com dois copos nas mãos- Trouxe para você- entregou a ela, que sorriu.
-Obrigada- agradeceu- Não...eles são super gente boa, mas...
-Não teve tempo de conhecê-los para dizer que são gente boa- a interrompeu.
-Mas já estão com outras companhias- concluiu- E você? Te vi com a loirinha...- comentou.
-Não queria te deixar aqui sozinha- disse- E...acho que a vontade de ficar com uma delas sumiu.
-Ah, por favor- revirou os olhos- Sua vontade de ficar com uma garota sumiu?
-Com uma delas- concertou- São sempre as mesmas pessoas- deu de ombros.
-Aposto que você é que já ficou com todas que estavam disponíveis- riu brincalhona.
-Pode ser- deu de ombros- De qualquer forma, eu te trouxe aqui então vamos aproveitar a festa.
-Olha, eu estou bem, de verdade- ela afirmou- Não me incomodo mesmo por ficar sozinha, estou acostumada.
-Quero te fazer companhia- ele disse calmamente- Dançar? Que tal?- sugeriu. A menina fez uma careta de desgosto, acompanhada por um sorriso meigo- Ah, vamos! Eu sei que quer...-provocou.
Joe a puxou pela mão, levando-a até o centro da pista. Não estava vazio ali, o que os fez permanecerem próximos. Ela não dançava como as outras meninas ao seu redor, mas não sentia que precisava disso. Ela estava bem e ele sentia o mesmo. Sua presença ali já era o suficiente. Joe não queria uma menina que se esfregasse nele.
Dançaram de seu próprio jeito, em meio a gargalhadas.
-Ei, vai fugir agora?- o menino segurou seu braço, sorrindo em sua direção.
A melodia suave invadia a cabeça de Demi, provocando nela a vontade de permanecer junta a ele. Bem próxima. Muitos haviam saído, porém outros tomavam seus lugares. Aqueles que gostavam desse tipo de música, que queriam realizar esse tipo de dança. Casais.
-É que...é muito lenta- ela disse, voltando-se para Joe.
-Você não gosta?- questionou- É a última.
-Eu amo- ela sorriu.
Joe passou uma de suas mãos ao redor da cintura da menina e a trouxe para bem perto. Seus rostos teriam se tocado se não estivessem em direções diferentes. Primeiramente, ela estranhou aquilo. Era Joe, porém era como se fosse um estranho. Ou talvez apenas o momento parecesse errado. Mas ela não se importou. Jogou seus braços ao redor do pescoço dele e aproximou a cabeça da nuca do menino. Moviam-se lentamente, conforme o som que ouviam e às vezes eles conversavam através de sussurros no ouvido.
Repentinamente, ele levou uma de suas mãos até a nuca dela. A menina ergueu o rosto, que ficara na altura do dele. Joe colocou uma mecha de cabelo para trás da orelha de Demi, que sorriu com o gesto, sorriu ao perceber como ele a olhava.
E nada mais importou depois daquele momento. Seus lábios se colaram com delicadeza e ambos se envolveram em um beijo cheio de carinho. Ela sentiu as mãos de Joe alizando sua cintura e se aproximou mais, deixando-se levar pelo momento. Além de lindo, paciente, amoroso, ele ainda beijava bem demais.
Prendeu uma de suas mãos no cabelo dele enquanto a outra se dirigia para a nuca. Era um beijo calmo, de acordo com a música. Ambos não tinham pressa, porém nem vontade de acabar com o momento. Sorriram entre o beijo e Joe mordeu o lábio inferior da menina, enquanto acariciava seu rosto macio. Dançaram juntos até que a música acabasse, permanecendo apenas juntos, curtindo o momento e ao mesmo tempo sem saber o que falar.
Mas eles não precisavam de palavras. Rindo, Demi caminhou para fora da pista, que agora estava mais cheia ainda e com uma música alta e animada e Joe a seguiu, abraçando-a por trás. Eles se escoraram no balcão de bebidas e começaram conversar com algumas pessoas. Não tinha nada de estranho entre eles. Apenas estavam em uma festa trocando alguns beijos, o que não significava absolutamente nada. E não sei exatamente como, mas Demi não pensou em Caty enquanto estava ali. Talvez porque ela soubesse que, se a imagem de sua amiga viesse em sua cabeça, ela seria obrigada a parar com aquilo. E não, Demi não queria.
-Esqueci de mencionar que você é a garota mais bonita dessa festa- ele sorriu, vendo-a desviar o olhar.
-E você é o mais gato dessa festa- ela piscou e ambos riram- E aquela sua vontade de ficar com alguma menina, não tinha sumido?- perguntou, brincando.
-Com uma delas, Demi- ele respondeu- Demorou para entender o que eu queria dizer.
-Ah, claro- sussurrou envergonhada.
Joe sorriu em sua direção e colocou suas mãos ao redor do corpo da menina. Juntou seus lábios novamente e assim ficaram durante muito tempo. Ele tinha um jeito especial de não deixar o clima estranho. Era impressionante. Desceu os beijos para o pescoço dela, que recebeu o gesto sem nem pensar duas vezes. E a festa seguiu assim. Os dois juntos, implorando pela companhia um do outro.
-Você sabe dirigir, não sabe?- ele questionou, quando a festa já estava no final. Joe percebera que Demi queria ir embora, mas era de costume ficar bem até o finalzinho. Ele não se importava em chegar bem tarde em casa, mesmo que no dia seguinte tivesse que acordar cedo e ir para a faculdade. A menina assentiu e ele lhe deu a chave do carro- Pode ir, eu vou demorar só mais um pouquinho aqui.
-Mas já acabou praticamente- respondeu confusa.
-É tradição ficar até o fim- brincou, rindo- Sabe como chegar no apartamento?
-Acho que sei- ela sorriu.
Saíram juntos, indo até o carro. Joe tinha uma de suas mãos nas costas da menina e quando chegaram ao automóvel, ele abriu a porta para que ela entrasse.
-Então me liga, qualquer coisa- ele disse- Te vejo mais tarde.
Ele sorriu na direção dela e lhe deu um abraço carinhoso. Beijou o canto da boca da menina rapidamente e a viu sorrir também. O tempo que durou a troca de olhares foi curto, mas foi suficiente para entender que o que tinha acontecido estava acabado. Ela já sabia disso.
Joe deu as costas, caminhando para dentro da casa novamente e ela deu a partida. Jogou a cabeça para trás e suspirou, sorridente. Aquilo fora... mágico.

Continua...

E aí? *-* hehehe eu não minto, viu? Falei de pegação e não deu outra \o\o
Comentem, amores!

Amo vocês,
Brubs <3



11 comentários:

  1. Eeeeita festa boaaaaa!!
    Só não gostei do final " O tempo que durou a troca de olhares foi curto, mas foi suficiente para entender que o que tinha acontecido estava acabado." :c Mas tenho (quase) certeza que nao ne?! Hehe :9

    Vc podia fazer uma maratona ne? Uns 3 capitulos tava otimo!

    Talvez eu comente com minha conta do google agora, a preguiça é tanta q eu comentava anonimo msm kkkk e pelo cel é ruim tb... Mas beleza husahuus
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  2. aaaa que perfeito *--*
    demi e joe finalmente
    beijaram.
    to amando.
    posta logoo
    beijos ;)

    ResponderExcluir
  3. Perfeito, perfeito, amei como sempre u.u *-*
    Demi e Joe :3 kkkkkkk hum, to curiosa para o que vai acontecer depois, posta logo!!
    Selo >> http://recomendewebs.blogspot.com.br/2013/04/selo-rule-world.html << parabéns, você merece (:
    xoxo

    ResponderExcluir
  4. Você cumpriu com que falou hahahah Amei demais o capítulo!!! *---* Posta logo, bjo bjo <3

    ResponderExcluir
  5. me ferrei legal!kkkkkk
    cara,blz,não duvido mais!kkkkkkk
    posta logoooo
    beijs

    ResponderExcluir
  6. Ameeeeei, posta logooooo

    ResponderExcluir
  7. Aaaaaaaaa se pegaram.
    Aaaa o Joe não foi embora com ela. Que feio...
    Louca pra v como vai ficar o clima... Amigos com benefício?
    Postaaa logooo pleaseee

    ResponderExcluir
  8. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah posta pf

    ResponderExcluir
  9. Haushsuahsushsushus eles se beijaram!!!! Que lindo *.* porém, que triste :( pq eles vão seguir como se nada tivesse acontecido e isso não prece legal u.u acho que vem dilemas e choros por aí ... Bem, amor tô comentando pelo IPod e é ruim demais, por isso o comentário vai ser pequeno, desculpa :( mas eu AMEI o cap. E os selos tbm, postarei eles assim que tiver um PC -.- enfim... Posta logo, meu bem! Bjuuuuuus!!!! :****
    Sammy :)

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3