Visualizações

10 de abr de 2013

9- Você é minha_ penúltimo_

The Start Of Something New
(2ª temporada)

(I don't own anything in this pic)


_narradora on_
-Não achei que dar em cima do primeiro que aparecesse faria parte da sua guerra- ele resmungou, sem encará-la.
-Você começou com essa coisa estúpida de falar com aquelas vadias- Demi elevou o tom de voz.
-Elas não são vadias, Demi- ele afirmou- E para de gritar!
-Ah, era o que me faltava- ela revirou os olhos e bufou, inconformada- Está defendendo elas?
-Você não tem o direito de cobrar nada de mim, não depois do que você fez- ele disse- Foi babaquice se jogar pra cima daquele grupinho de garotos.
-Então termina logo comigo em vez de ficar sempre afirmando que o certo é você, Joe- ela cuspiu as palavras, sua voz falha por conta das lágrimas que já desciam.
-Eu vou pra casa- ele disse, seguindo o caminho. Já estavam praticamente em casa, bastavam mais alguns passos apenas.
-Vai fugir, você quer dizer?- perguntou com um sussurro.
-Se eu tiver que fazer isso pra não cometer um erro, então eu vou fugir sim- ele encarou-a por alguns segundos e depois seguiu com a cabeça baixa.
Joe jogou a roupa de qualquer jeito pela cama, a roupa que ainda estava molhada. Não era nem de longe o melhor passeio que ele já fizera, e sim o pior. Sabia desde o início que um parque aquático não seria uma boa ideia, mas tinha consciência de que sua teimosia somada à dela resultou nessa briga estúpida. Completamente sem noção e causada apenas por ciúmes, provocações por parte de ambos.

***



-Oi, eu... posso falar com o Joe?- ela perguntou, juntando toda sua coragem acumulada durante horas e horas- Eu juro que é rápido, eu...
-Claro que sim- Denise forçou seu melhor e mais natural sorriso. Demi a encarou um pouco confusa, mas aliviada- Mas antes eu queria dar uma palavrinha com você- disse.
A menina assentiu, mesmo que não estivesse disposta à isso. Sua cabeça voava a mil por segundo e ela só imaginava como seria sua conversa com ele. Planejava diversos discursos e controlava as lágrimas que  queriam descer toda vez que ela pensava na possibilidade de ele não aceitar seus pedidos de desculpa.
Sentou-se junto à mãe de Joe no sofá e respirou fundo algumas vezes. Precisava manter a calma, acima de tudo. Não esperava que fosse uma conversa tranquila, por isso deveria se preparar para o pior.
-Eu queria te pedir desculpas- ela começou- Eu vou ser breve. Depois do que eu ouvi do Joe... percebi que você não pode receber a culpa pelo que não fez. Você merece ser feliz, assim com ele- sorriu- Eu nunca quis magoá-los. Eu só tinha medo. Na época em que tudo aconteceu eu vi minha família sendo destruída, eu tinha 3 filhos pequenos e um casamento completamente arruinado... não foi fácil.
-Eu entendo que não- Demi afirmou, com a voz calma.
-Só para deixar claro, eu não tenho nada contra você. Está tudo resolvido entre mim e a sua família. Eu tenho vergonha do que eu fiz, eu agi como se não existisse mais ninguém além de mim, eu fui egoísta e maldosa com você- prosseguiu- Por isso eu peço perdão, Demi. Eu sei como o  meu filho te ama...- sorriu- Quando vocês estão juntos... ah, me lembra de quando eu tinha essa idade- riram juntas.
-Obrigada, tia- Demi disse- De verdade. Eu tive tanto medo de que isso não desse certo entre nós- sussurrou, lembrando-se novamente de que não estava completamente tudo resolvido.
-Pode ter certeza de que se depender de mim, vocês serão o casal mais feliz desse mundo, eu juro- garantiu- Agora vai lá, o Joe está no quarto. E fica tranquila, eu não vou contar aos seus pais o que vocês andam fazendo...- ela disse de um jeito engraçado e ao mesmo tempo acusativo.
-Ér, tudo bem- Demi sorriu, completamente corada.
-Juízo, hein- piscou rindo.
Depois de um breve e carinhoso abraço, Demi levantou-se e caminhou rapidamente, até deparar-se com a porta do quarto de Joe. Contou até 10, depois mais 10 e já estava vendo o momento em que seus lábios formariam o 100. Mas antes que pudesse tomar a coragem entrar ou pelo menos bater, a porta abriu-se com agilidade e Joe a encarou surpreso.
-Eu estava indo na sua casa- ele deu de ombros, forçando um riso, sem humor algum.
-Bom... acho que fui mais rápida- disse simplesmente.
-Minha mãe está aqui, não está?- perguntou, parecendo repentinamente preocupado e nervoso. Queria ter certeza de que aquelas poucas lágrimas que desciam não haviam sido causadas por sua mãe.
-Sim, vamos dizer que... ela me pediu desculpas e deixou bem claro que apoiava... nosso namoro- sussurrou.
-Minha mãe fez isso?- ele questionou surpreso- Uau, eu...
-É, ela fez- suspirou, desviando o olhar.
Joe permaneceu parado por alguns instantes, até que levou uma de suas mãos à cintura de menina, e com a outra, levantou gentilmente seu rosto, deixando-o na mesma direção que o dele.
Joe a beijou com calma e amor, sem ao menos dar tempo para que ela pudesse pensar no que estava acontecendo.
-Isso é só pra você saber que eu não quero terminar o nosso namoro- ele afirmou, em voz baixa. Uma felicidade imensa invadiu o corpo de Demi, mas a menina manteve-se calma. Não estava tudo resolvido, não ainda.
Joe a puxou para dentro do quarto e ambos se sentaram na cama.
-Joe, eu...
-Isso foi estúpido demais, Demi- ele a interrompeu- Foi a briga mais fútil que eu já tive com alguém, pelo motivo mais banal. Eu não estou falando de ciúmes e sim de provocação- explicou.
-Desculpa- ela pediu baixinho- Eu não sei porquê isso aconteceu... você me conhece- ele assentiu, entendendo o que ela queria dizer- Eu nunca dei em cima de ninguém na minha vida, Joe- admitiu.
-Davam em cima de você antes que você precisasse- ele completou, sorrindo carinhoso.
-Eu só... me senti mal quando te vi com aquelas meninas.
-Desculpa por isso- pediu- Mas eu não estava dando em cima de nenhuma delas porque eu te amo- sussurrou- E é você quem eu quero, não elas. Nem ninguém mais.
-Essa guerra idiota começou e nós... não sei, começamos a provocar... eu não pensei nas consequências disso.
-Você não é a única errada, Demi. Eu e você tivemos culpa nisso, então... que tal esquecer? Foi simplesmente ridículo!
-Sim, mas em relação ao que eu falei sobre terminar o namoro... eu não sei como nem porque eu disse aquilo, ignora- pediu, fazendo careta.
-Eu te amo, eu ignorei assim que eu ouvi- garantiu, puxando-a para um beijo apaixonante.
-O que ciúmes não faz com alguém- ela brincou.
-Nós abusamos de todos os limiteis aceitáveis- lembrou, rindo- E sim, eu sinto ciúmes de você porque a senhorita é minha- beijou-a- Apenas minha- sussurrou, com seus lábios colados.
-Digo o mesmo para o  senhor- sorriu- E é melhor aquelas vadias ficarem longe, bem longe de você.
-Eu não sei nem o nome delas, Demi... e tá, são vadias- concordou.
-Conheço de longe- piscou.
-Mas vai, me conta essa história da minha mãe- pediu, puxando-a para o seu colo- Como foi que isso aconteceu?
-Sei lá, ela abriu a porta e a gente conversou... ela pediu que eu a perdoasse e jurou que faria de tudo pra que nós fôssemos felizes... disse que eu não tinha culpa de nada e que nossas famílias estavam bem.
-Isso é inacreditável- ele sussurrou- Paz finalmente.
-Ela também me explicou o porquê do medo dela e...- a menina aproximou seus rostos, acariciando o de Joe com o polegar- Ela também disse que não ia contar aos meus pais o que nós andávamos fazendo- sorriu maliciosa.
-Exagerei no que eu disse à ela, né?!- fez careta- Ei, onde a senhorita aprendeu esse sorriso, hein?- perguntou divertido, alisando suas costas- Acho que sou uma má influência para você- comentou.
-A é? Vamos ver...- ela riu e ele a acompanhou, colando seus corpos conforme ficava por cima dela, em um movimento rápido.




Continua...
É o penúltimo sim, gente :(  Eu disse que acabaria logo, né? Mas enfim... eu preciso terminar! E quando eu disse em relação à uma coisa muito boa por vir, é a próxima fic, ok? Eu realmente acho que vocês vão gostar dela ;) Comentem por favor, tá? Só 4 no outro? :/ Eu entendo que eu estou demorando muito, mas por favooor não me deixem! Eu estou entrando em semana de provas daqui a alguns dias e a minha cabeça não tá aguentando mais nada, nada mesmo, mas eu postei esse porque deixar vocês esperando é horrível. Acho que escrevo o próximo sexta ou sábado, porque eu não vou ter testes então vou poder escrever na madrugada...
Marquem o "eu li" e COMENTEM MUITO, por favor!

Obrigada e desculpem pelo tamanho do capítulo,
Brubs *-*



9 comentários:

  1. FINALMENTE PAZ !!!
    GLÓRIA,GLÓRIA !!!

    PERFEITO,SÉRIO
    EU ADOREI !!!!

    POSTA LOGO.
    ATÉ MAISSS <3<3<3<3<3<3
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  2. eu vi que você postou pelo twitter :@thalydemi!kkkkk
    e vim correndo pra cá ler!
    até parei de escrever minha fic!hahaha
    amei o capítulo, sério, ficou lindo mesmo!!!
    posstaaaaaa
    beijokkss

    ResponderExcluir
  3. nHANNNNN Q FOFOS GENTEEEEE !!! Ta pfto Bruuuuuuuuu !!!!!!!! lindao lkkkkkk posta logo baby jkkk BJKS

    ResponderExcluir
  4. Amei..
    Tipo, tia Dê pedindo desculpas foi demais...\o/
    Posta Logooo..
    Beijinhoos
    <3

    ResponderExcluir
  5. desculpa se nao estou comentando, mas eu mal terminei as provas mensais e ja to entrando nas trimestrais, tem trabalho demais...
    eu deixei de comentar MUITAS fics. eu to lendo correndo, indo ler outra... ja sabe
    enfim, to triste por esse ser o penultimo, mas sinto que sua proxima fic vai arrasar como todas as outras.
    nao se preocupe com a demora, se quiser dar uma desativada no blog por estar enrolada com a escola, sei que todos irao entender.
    - @shutupdems

    ResponderExcluir
  6. Ameii... Tudo bem para todos <3 lindoo o cap. Estou mt ansiiosa pro final ...

    Pooooosta looogo

    ResponderExcluir
  7. aaaaaaaaa já é o penúltimo q triste :( não achei q ia acabar tão rápido assim, eu amo essa fic! Mas o bom é que vai ter fic nova né :D
    Eu adorei essa briguinha dos dois por causa de ciumes hsuahsuahsu tão bobinhos, finalmente a tia Denise deixou os dois em paz!
    Posta maaaaais ;D

    ResponderExcluir
  8. AEEEEE TIA DENISE! FINALMENTE PAZ!! IEOWIEWEI
    E ai tudo bem?
    Ah penultimo já? poxa :c
    A proxima fic promete hein?
    Boa sorte nas provas <3 bjs

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3