Visualizações

4 de fev de 2013

17- A outra, Camilla.


Love is everywhere:
Camp's love
(1ª temporada)

(I don't own anything in this pic)

Antes do capítulo... gente, eu SEI que querem hot. Sei mesmo e acreditem, eu também fico roendo as unhas quando estou lendo uma fic, ansiosa para esse momento chegar. Mas por favor, tenham calma! Eu não posso simplesmente postar o hot, porque já está tudo escrito! Eu já terminei essa fic a um tempo e por isso não é possível adiantar. Obrigada e espero que entendam! Me desculpem, mas já está chegando :)


Demi on:
-Quais são nossos planos para hoje?- perguntei animada, me jogando na rede, ao seu lado.
-Hum... descansar?- sugeriu- A minha vontade é de dormir o dia todinho, mas... pensando bem, prefiro ficar com você. Escolha alguma coisa dessa vez, faremos o que você quiser.
-Por mim tudo bem passar o dia sem fazer nada- dei de ombros. Na verdade, eu amava ficar sem fazer nada. Ainda mais agora, que esse "nada", incluía Joe- Desde que estejamos juntos.
-Então... acho que podemos passar o dia juntos em um passeio de barco a dois, o que acha?
-Perfeito- sorri, animada. Eu amava andar de barco- Eu ia perguntar se podíamos pegar uma canoa mas me esqueci com quem estou falando.
-Eu nunca precisei usar o termo "filho do dono" para conseguir nada... sempre tenho... um jeitinho especial- piscou. Eu nem precisava perguntar qual era o jeito. Aquele menino conseguia qualquer coisa com um olhar e um sorriso. Era surpreendente.

-Impressionante- comentei e ele riu, me puxando mais para perto- Ah, esqueci de te dizer, hoje a minha companheira de quarto chega- disse animada. Eu já havia passado 3 meses sozinha. Era a hora de ter alguém para dividir tudo.
-Eu tinha até esquecido que não tinha uma- fez careta. É, eu confesso que também havia me esquecido desse detalhe- Ela demorou, hein? Porque vir agora? Só falta mais um mês...
-Talvez ela queira apenas um descanso simples- dei de ombros- Se eu pudesse, ficaria aqui durante a minha vida toda- afirmei- Mas acredite, em um mês ela vai aproveitar maravilhas. Em um mês eu conheci uma pessoa incrível e essa pessoa me pediu em namoro- sorrimos juntos e eu juntei nossos lábios- Agora eu sou a pessoa mais feliz do mundo.
-Assim você me faz sentir importante- ele sussurrou.
-E você é- o encarei, confusa- Por favor, qual a parte do "você é tudo para mim" você ainda não captou?- questionei e ele riu brevemente.
-Eu costumava me apegar demais às pessoas enquanto elas não sentiam o mesmo por mim. Eu já fui o "magoado" da história, muitas vezes- deu de ombros, parecendo distante.
-Mas ainda faz isso, de se apegar- eu disse e ele assentiu, depositando um beijo delicado em minha testa. Sabíamos que se tratava de mim- Só que dessa vez, você tem quem sinta o mesmo por você.
-As pessoas acham que... por eu ser como eu sou, não tenho sentimentos, sei lá...- deu de ombros- Elas acham que tem o direito de me machucar como se eu fosse fazer o mesmo.
-Camilla, certo?- sugeri, sabendo exatamente em quem ele pensava. Joe apenas assentiu, parecendo mal consigo mesmo por admitir aquilo.
-Eu não a amo- garantiu- Mas... às vezes eu penso no que aconteceu. Não foi uma experiência muito boa. Não vou te encher com assuntos desse tipo- forçou um sorriso.
-Você falando assim... parece tão  frágil- comentei, colocando meus  braços ao redor do seu pescoço.
-Tenho meus momentos, já te disse- brincou e eu beijei sua bochecha- Parece que eu finalmente achei alguém que valha a pena o risco.
-Qual o risco?- perguntei, curiosa. Eu queria saber exatamente o que ele estava pensando.
-Me magoar- sussurrou olhando dentro dos meus olhos- Sei que você não vai me magoar, mas eu também sei que muitas vezes não vai depender só de "nós". Além disso, eu corro qualquer risco. Eu te amo, e não vou te machucar como já fizeram outras vezes, comigo e com você.
-Eu te amo- sussurrei em seu ouvido, sorrindo com as palavras que ele dissera. Era sempre assim, eu não conseguia conter a felicidade com ele.
-Passeio de barco?!?!-  Joe sorriu se levantando e me levando junto, em seu colo. Assenti e deixei que ele me carregasse até a beira do rio.
-Você... sabe como... "dirigir" isso, né?- perguntei um pouco receosa. Eu já tinha andado de barco. Barcos grandes e com muitas pessoas. Nunca em uma canoa. Eu não tinha culpa, não havia visitado um acampamento até então.
-Achei que soubesse com quem estava falando- eu gargalhei vendo o sorriso divertido em seus lábios- E sim, eu sei REMAR- deu ênfase na palavra. Ótimo, mais um para dizer que eu estava errada.
Rimos juntos e observei-o enquanto ele desamarrava a corda do pier. Tudo que ele fazia era completamente natural e encantador. Ele parecia saber exatamente tudo o que era preciso para ser essa pessoa maravilhosa. Depois de um tempo, percebi que ele  me encarava, rindo de leve. Me dei conta de que passei tempo demais perdida em tudo que ele fazia, perdida nele, e sorri ao me aproximar.
-Desculpa, me distraí- dei de ombros.
-Pensando em....?!
-Você- respondi em tom óbvio. Nesses últimos meses eu só pensava nele.
Joe deixou que seu sorriso crescesse enquanto me puxava pela cintura, afim de me beijar. Acabamos nos envolvendo demais até que ele percebeu que o barco se afastava de nós. Paramos o beijo imediatamente e ele se esticou, puxando-o de volta.
-Por muito pouco- comentou- Vem, acho melhor entrarmos logo.
Então ele subiu, com uma facilidade que eu não sabia de onde vinha. Seu jeito calmo e natural me fez entender que era super fácil e prático. Mas levando em consideração a experiência que ele tinha e eu não, além da minha falta completa de habilidade, eu quase desequilibrei ao colocar apenas um pé lá dentro.
Joe riu da minha frustração e segurou minhas duas mãos, tentando me ajudar, em uma tentativa não muito bem executada. Eu tinha plena certeza que iria cair dali, mas por sorte deu tudo certo. Sorte e força dele, que quase me pegou no colo para que eu conseguisse entrar ali. Micos a parte, já estávamos dentro do barco, finalmente.
-Demorou mais foi!- ele gargalhou quando me ouviu- Epa, já vou avisando que eu nunca remei- disse quando Joe estendeu dois remos para mim.
-É fácil- afirmou com um breve sorrio. Claro que era fácil para ele ¬¬- Coloca aqui- depositou as estruturas nos devidos lugares, um de cada lado meu e colocou depois minhas mãos sobre os mesmos, me ajudando a fazer os movimentos- Isso.
-É, até que isso é fácil mesmo- dei de ombros- E você? Não vai remar?
-As donzelas primeiro- ofereceu e eu revirei os olhos- Quero ver como se sai- disse.
Eu juro que tentei. Tentei fazer como ele, mas minhas mãos não funcionavam juntas ao mesmo tempo. O resultado disso foi uma gargalhada vinda dele.
-Estamos em círculos- sussurrei desapontada.
-Calma, logo você se acostuma!- riu e começou a fazer o trabalho junto a mim.
Passeamos durante bastante tempo, mas ao lado dele, eu não sentia os minutos passando. Demos inúmeras gargalhadas e ele fez questão de balançar bastante, propositalmente, porque dizia que os meus "gritos apavorados" eram engraçados. Que ótimo namorado eu fui arranjar. Um que ri dos meus gritos apavorados.
-Queria ver se fosse algo sério- eu comentei- Tenho que ensaiar outro tipo de grito caso esteja em apuros. Aí você não vai rir.
-Eu nunca iria rir de uma situação séria- afirmou- Se eu ouvisse algum grito seu não precisaria nem ter o meu nome no meio. Eu chegaria em segundos e te protegeria, não importa o que estivesse acontecendo- sorriu e eu não pude me conter. Apertei suas bochechas.
-Awwwwn- *-* ele era tão fofo- Você é um príncipe.
-Então, a princesa pode me ajudar a voltar para a beira do rio?- perguntou divertido.
-Sinto muito, princesas não remam- dei de ombros e ele assentiu.
Para descer foi mais tranquilo. Joe desceu antes e eu me joguei em seu colo. É, quase caímos os dois juntos, mas por sorte ele me aguentava e era bem forte. Eu não tive culpa, deveria ter certeza de que não cairia.
-Isso tudo é medo de água?- perguntou beijando minha testa.
-Medo de você me jogar na água- murmurei.
-Relaxa, não faria isso- garantiu- Eu ainda quero uma namorada que não esteja congelada e com hipotermia- deu de ombros- Essa água é um gelo.
-Obrigada por me avisar- sorri cinicamente- É ótimo saber que você AINDA não quer beijar um picolé.
-De que sabor?- brincou- Eu não iria "beijar" um picolé- sussurrou mais próximo de mim- Quer saber o que eu faria com ele?
-Você... chuparia?- sugeri. Eu era beeem inocente e às vezes demorava para captar uma de suas brincadeirinhas. Mas era sério. Eu apenas respondi. Ele chuparia, certo?
-Menina esperta- comentou, rindo e eu o acompanhei- E se você fosse um picolé?- questionou, fingindo-se de desentendido.
-Seria sabor pimenta- disse e ele gargalhou, selando nossos lábios.
Caminhamos juntos até onde ficavam os quartos. O plano era eu ir para o dele, mas preferi passar antes no meu e ver se a minha nova companheira já estava ali. Queria encontrá-la logo para que pudesse dar boas-vindas e quem sabe já fazer amizade. Joe era bom nisso e eu tinha certeza que não haveriam problemas.
-Ah, olha quem chegou- eu disse animada ao abrir a porta. Joe estava logo atrás de mim e quando virei minha cabeça para sorrir na direção dele, seu olhar estava preso na menina. Eu não entendi muito bem no início, mas depois me dei conta de que ele estivesse apenas curioso, assim como eu.
Ela estava inicialmente virada de costas, tirando algumas roupas da mala. Virou-se para nos encarar, rapidamente, assim que ouviu minha voz. Ela era bonita e eu me lembrei de ter desejado que a minha companheira fosse um pouco menos bonita, nem tão feia, apenas o suficiente para manter distância  de Joe. Mas tudo bem. Ela tinha um sorriso sincero no rosto e parecia bem contente.
-Oi, prazer- ela disse educadamente, se aproximando- Você é...
-Demi, eu acabei de lembrar que preciso resolver algumas coisas com o Mikey- Joe interrompeu a menina, o que eu achei falta de educação- A gente se vê depois.
Então ele deixou o quarto sem dar mais satisfações. O mais estranho era que a menina  continuava com a mesma expressão no rosto. Não parecia nem um pouco abalada com o fato de que Joe não lhe dera um pingo de atenção, nem mesmo um "oi". Eu iria sim perguntar a ele o porquê disso, mas depois. Agora eu queria conhecer a garota que seria minha companheira e amiga- eu espero- pelo resto do mês.
-Acho que já sabe quem eu sou- dei de ombros, sorridente- Você é...
-Camilla- ela disse.
Ok, a primeira coisa que me veio na cabeça foi a idiota que traiu Joe. A menina por quem ele era apaixonado antes de mim. Mas isso era impossível. Primeiro, ela deveria saber que Joe estava ali e provavelmente já havia desistido da "perseguição". Segundo, eles teriam se cumprimentado, tenho certeza. Ela, na verdade, teria sim dito algo como "Joe, que bom te ver", aquele típico discurso. E outra, era coincidência demais. Ou apenas uma coincidência. Quantas "Camillas" existem no mundo, Demetria?
-Aquele era o meu namorado, Joe- eu disse- Desculpe, eu não sei o que deu nele.
-Namorado?- ela sorriu- Sorte sua, ele parece ser uma ótima pessoa. Além do mais, me desculpe, mas ele é lindo- nós rimos juntas enquanto eu assentia. Definitivamente ela não o conhecia. Ufa!
-Acho que vamos nos dar bem....- comentei.
-Com certeza sim- afirmou, convicta- Dividimos uma coisa em comum- disse.
-O que?- perguntei um pouco curiosa.
-O quarto!- sorriu entusiasmada. 

Eu gostava dela.
Continua...
Eu juro que não sei de onde vocês tiraram que seria hot nesse capítulo, mas tudo bem hahahaha sinto decepcionar, mas infelizmente ainda não é a hora :)
Olha... vocês sumiram mesmo! Porque, hein? Nem os 15 comentários eu tive dessa vez :(
Marquem o "eu li" e por favor, 15 para o próximo *-*
Ah, a Cacau não tem blog, gente. Existem alguns blogs que postam as fics dela, mas a original é uma comunidade no orkut ;)

Beijinhos,
Brubs! Amo vocês, demais <3


18 comentários:

  1. Linda,perfeito,vish..camilla,com certeza e a ex do joe,meu deus o joe ficou muito afetado,porque ela teve que aparecer,aaaaaaa que falsa,cínica...
    Tá perfeito,o capítulo,como sempre. ;)
    Aaa,eu sigo a comunidade da cacau lovato,no orkut,ela e incrível,amo as fics dela,são criativas e é tudo.
    Posta logoo,lindaaa,
    Beijos <3<3<3<3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha bom... é óbvio que é ela :/ Mas ó, cuidado com o que você pensa da Camilla... ;)
      Obrigadaaaaa, linda!! *-*
      Ah, eu também sigo, acompanho blogs que postam as fics dela, leio milhões de vezes...são as melhores fics do mundoooo <3 in love hahaha
      Beijinhos, meu amor <3

      Excluir
  2. alguém mais tá achando que a Camilla tá fingindo??
    aiiinn, curiosidade matando
    vontade pelo hot frustrada!:(
    posta logoooo
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fingindo ela está lol realmente é a Camilla, ex do Joe sim. Mas ó, não tirem conclusões precipitadas sobre ela, hein?! :)
      Ah, desculpa, amor! Eu sei que querem o hot, mas aguentem só um pouquinho mais, por favor! beijinhos, linda! <3

      Excluir
  3. LINDO LINDO VOU MATAR A CAMILLA, essa Demi ta mais Lerda que o Norma Dela ne kkk mas.... Demi lezada voces dividiram o joe porque ne PostA lOGO DIVÃ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwn obrigada <33 hahahaha calma, controle-se porque ela pode te surpreender depois ;) A Demi só está, no fundo, tentando convencer a si mesma de que não pode ser a Camilla, ex do Joe. Ela está com medo :/ E claro, dividem o Joe. Essa a Demi não entendeu mesmo hahahaha
      Beijos, amore! *-*

      Excluir
  4. Filha da p*** essa camilla ne? Eu tenho ctz que eh a ex do joe!
    Espero que essa ariranha nao faça nada pra acabar com jemi.. O joe vai contar quem ela eh pra demi ne? Hum v.v mas foi mt fofo eles na canoa huahuah amo <3 bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha é a ex dele sim! Olha... ela pode não ser essa ameaça que vocês acham que é ;)Esconder isso dela pode não dar muito certo... '-' Hahaha obrigada! Beijocas!!

      Excluir
  5. E a camila ex do joe?fingida! vaca cínica! Só pra acabar com a paz de jemi.
    Postaaa maissss
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Esse passeio de barco foi tããão camp rock <3 amei!
    Aposto que essa Camilla é a ex do Joe né? Ela e a Demi no mesmo quarto, sinto que isso não vai prestar.
    "Dividimos uma coisa em comum- disse.
    -O que?- perguntei um pouco curiosa.
    -O quarto!- sorriu entusiasmada." NÃO, VOCÊS DIVIDEM O JOE KKKKKKKKKKKKKKK
    Posta maaaaaais :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? hahaha eu não tinha uma ideia do que fazer num acampamento aí eu me lembrei do filme e jlfbvgrbdiuvd sos *-* hehehe KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK lerda a Demi, né? hahahaha

      Excluir
  7. Como q pode ser tão lerda Demiii kkk Tava bom demais pra ser verdade... tomara q ela n estrague tudo. #ansiosa posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha pois é!! Calma... a Camilla não será o maior problema deles :)

      Excluir
  8. Demi pq tao lerdinha? kkkkkk adorei posta logo rsrs ass.: dora

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3