Visualizações

26 de fev de 2013

Divulgações *-*

Leiam o capítulo 3 no post debaixo :)
(I don't own anything in this pic)

Dei uma passadinha rápida para divulgar esses blogs lindos! *-*
Esse é o da Emma. Ela posta fics de outras pessoas mas escreve uma também, se eu não me engano lol vale a pena entrar lá <3
Esse aqui é da Thalya... deu a louca nessa linda e ela fez outro blog, pois é! Mas leiam porque ela é incrível <3
(cliquem no "ESSE" para irem aos blogs) 

Beijinhoooos! Comentem no capítulo novo \o\o

3- Amigos?


The Start Of Something New
(2ª temporada)

(I don't own anything in this pic)


Joe on: 
Sabe porque aquela droga que eu estava vivendo era chamada de vida? Nem eu. Porque na vida a gente faz escolhas e segue caminhos. Mas nós temos essas oportunidades. De decidir o que queremos. Se eu não tinha essa opção, não sabia onde estava vivendo. Eu me sentia mal por ser obrigado a coisas que não queria e me sentia pior ainda ao vê-la daquela forma por estúpidas mentiras. Eu pensara bastante, sobre contar à Demi o motivo de eu ter partido. E eu contaria. Mas além disso, eu queria pedi-la em namoro novamente. Queria tê-la para mim. Porém eu não podia fazer o que queria, já que minha mãe sempre me repreendia, dizendo que não seria bom para ninguém esse namoro. Eu estava cansado disso, dos medos dela, dessa ideia maluca de mandar na minha vida.

23 de fev de 2013

2- Confiei em você.


The Start Of Something New
(2ª temporada)

(I don't own anything in this pic)


-Posso saber porque tanto drama?- perguntei, me aproximando.
-Posso saber porque está aqui se acha que não passa de puro drama?- ela rebateu, secando algumas lágrimas.
-E está chorando pelo motivo que eu acho que está?- perguntei e ela assentiu- Demi... segue em frente- dei de ombros.
Ela estava em um canto do colégio, sentada sozinha e com os olhos vermelhos.
-Seguir em frente?- ela me encarou, incrédula- É sério isso? Como você pode fingir tão bem? Como pode ser pior do que eu imaginei que seria?
-Demi, você sabia que ia acabar, assim como eu. Estávamos nos enganando à toa! Isso nunca daria certo!
-Não é justificativa para o que você fez- garantiu- Só porque acabaria você quis dar um fim antes? Achou que podia mentir pra mim daquela forma? Você não tem coração?
-Qual o real problema, Demi?- questionei.
-O problema é que você me enganou- ela disse com os dentes cerrados- Eu confiei em você. Confiei como nunca tinha feito com ninguém, acredite. Deixei que fizesse o que bem entendesse comigo, com os meus sentimentos e você me pisoteou.
-Não vejo problema em ter confiado- respondi- Você ainda pode confiar em mim.
-Como?- ela sussurrou- Como é possível ter coragem de falar isso? Como confiar em você depois de tudo? Eu acreditei quando me disse que daríamos um jeito.
-Ah, e você achou que daríamos?- perguntei irônico, ela negou.
-Eu achei que sentia o mesmo que eu. Eu me apaixonei por você, aquilo era real para mim. Eu não estava me importando com o fato de que não duraria porque eu achava que você ficaria ali comigo até não ter outra escolha.

20 de fev de 2013

1-Vida Nova.



The Start Of Something New
(2ª temporada)

(I don't own anything in this pic)

Joe on:
Seria um novo dia e eu ainda estava me preparando para isso. Hoje começavam as aulas  e era assim que eu acordava todo dia. Imaginando como seria acordar com Demi ao meu lado, o que eu não fora capaz de presenciar da última vez. Eu me sentia um pouco vazio, mas completamente culpado por tê-la deixado assim. Mas eu não tive escolha, não dessa vez. Simplesmente aconteceu. Uma droga, não?

19 de fev de 2013

Introdução_ 2ª temporada.


The Start Of Something New
(I don't own anything in this pic)

Joe on:
-Ele está melhor- meu pai disse, caminhando até mim- Foi muita sorte você estar aqui perto quando tudo aconteceu.
-Foi mesmo- suspirei, eu não gostava de pensar nisso-  Nossa, minha cabeça parece que vai explodir- deitei com tudo na cama.
-Eu sei que você não queria ter deixado o acampamento, mas foi melhor assim- afirmou.
-Como foi melhor? Eu deixei a minha namorada sem nem me despedir, pai- o lembrei.
-Já conversamos sobre isso. Você sabe que as nossas famílias não se dão nada bem, Joe. Além disso, qualquer envolvimento entre você e aquela menina fariam das nossas vidas um caos.
-Eu não entendo porque o meu namoro tem que ser prejudicado por conta de um erro passado.
-Você precisou deixar o acampamento e consequentemente, deixa-la. Mas pense bem, não foi melhor?- perguntou- Você gostaria de se despedir dela? De precisar fazer isso?
-Claro que não- sussurrei.
-É isso que eu quero dizer. Você deve admitir a si mesmo que nada daquilo duraria. E vocês dois sabiam disso. Foi menos doloroso assim, acredite. Você não precisou vê-la indo embora.
-Talvez você esteja certo- eu disse- Talvez não era para ser- dei de ombros.
-Com o tempo, não passará de uma memória. Você vai voltar às aulas e a sua vida normal. Logo logo vai esquecer de tudo isso que aconteceu entre vocês.
-Eu acho isso bem complicado. Eu posso até concordar que foi melhor assim, mas esquecer dela? Nunca- afirmei. Era realmente impossível.
-Quando eu e sua mãe passamos por aquela fase, eu também achei que seria impossível. Mas hoje estamos bem novamente e tudo está no seu devido lugar.
-Minha mãe me obrigaria a terminar com a Demi, eu tenho certeza- disse, eu conhecia bem minha mãe- Eu sei que não seria de propósito, mas eu acho que vocês ainda guardam alguns resquícios do que aconteceu no passado.
-Guardamos sim- meu pai confirmou- Mas como você mesmo disse, algumas coisas são impossíveis de serem esquecidas.
-Porque você fez isso, pai?- questionei- Quer dizer, você amava minha mãe... tinham 2 filhos, porque se envolver com outra mulher?
-Muita coincidência essa mulher ser a mãe da sua ex namorada, não é?- riu sem humor.
-Ex? Não tivemos nem tempo de terminar- bufei frustrado.
-Sua mãe não gosta que eu fale sobre isso, mas não vai muito além do que você sabe. Aconteceu. Foi um erro e eu me arrependo, profundamente. Se não fosse o Nick pronto para nascer, eu não sei o que teria acontecido conosco.
-É... eu me lembro de como tudo era diferente antes disso- disse- Vocês podiam ter me dito quem era realmente a Demi. Porque esperaram tanto tempo?
-Porque eu tive medo que você conversasse com ela sobre isso. Não é só a sua família que está em risco, Joe, é a dela também. E eu aposto que a Demi não sabe de nada. Ela nasceu depois disso tudo. Ela iria tirar satisfações com os pais e os problemas começariam.
-É, seria realmente estranho um jantar com as famílias unidas- ri sem humor.
-Não haveria um- meu pai me acompanhou- De qualquer forma, vocês aproveitaram o verão. E se arriscaram sabendo das consequências. Vocês se jogaram de cabeça nisso e eu entendo que a ame, eu vejo isso, mas será melhor assim.
-Eu sei- garanti, abaixando a cabeça e soltando o ar pesadamente.
~~~~*~~~*~~~~*~~~~

Demi on:
-Porque não me contaram que nos mudaríamos para Los Angeles?- perguntei chateada.
- Estávamos esperando que voltasse do acampamento para dar a notícia. Andamos pensando muito sobre isso.
-E se eu não quiser ir?
- Porque isso agora? Você ficou tão animada com essa história de viajar para lá no começo das férias.
-Eu vou adorar, quero dizer- suspirei- É só que... foi muito em cima da hora.
-Sabemos disso, querida- ela afirmou- Seu pai e eu decidimos que precisamos começar uma vida nova, longe de Dallas.
-O que Dallas fez para vocês?- questionei, curiosa.
-Nada muito importante. Apenas sentimos que lá será melhor- forçou um sorriso.
________________________________________________________________________________
-Eu ainda não acredito que está prestes a me deixar- Selena enxugou algumas lágrimas.
-E eu não acredito que vou para Los Angeles.
-Demi, qual a probabilidade de você e ele se encontrarem por lá?
-Eu não sei e não me importa, porque mesmo que não nos encontremos, eu vou sempre me lembrar com mais clareza do que aconteceu.
-Eu tenho vontade de matar esse desgraçado, imbecil, idiota! Quem ele pensa que é pra fazer isso com a minha melhor amiga?
-Esquece isso, você não pode mata-lo agora, porque nunca o verá- bufou- Eu me odeio. Me odeio por ter sido ainda mais idiota do que ele.
-Demi, não é nenhum erro se apaixonar, e às vezes acontece de ser pela pessoa errada. Isso não muda o fato de ele ser um canalha, mas o que eu quero dizer é que você não tem que culpar a si mesma por ter amado.
-Eu me sentia tão bem... parecia que eu estava em um conto de fadas. Até agora eu não consigo acreditar que ele mentiu dessa forma. Pareceu tão real, como ele pode?

Isso não é um prólogo, me desculpem hahaha é só uma introdução, para vocês entenderem algumas coisas :)  É pequeno sim, mas é só pra dar uma ideia... obrigada por tudo, até o primeiro capítulo *-*

Marquem o "eu li" e por favor, comentem!
Gente, eu estou com muito medo de decepcionar vocês, com o motivo pelo qual ele a deixou, mas... enfim, foi o que eu consegui fazer :s
De qualquer forma, espero de coração que gostem :)
*Respostas dos comentários do post anterior*


Beijocas,
Brubs <3

18 de fev de 2013

Sinopse- The Start Of Something New (2ª temporada)

The Start Of Something New

(2ª temporada)
"Love is everywhere"

(I don't own anything in this pic)

   Sinopse:
Depois de dois meses, ambos se reencontram novamente. De uma forma não muito boa, porém acontece. Inesperadamente, a menina se vê a caminho da cidade de Los Angeles, pronta_ ou não_ para uma nova vida. Enfrenta seus pensamentos sobre o quão perto estará de Joe e espera nunca mais vê-lo novamente. Em meio a confusões, o menino se perde em pensamentos profundos e não toma consciência de que está prestes a magoá-la. Sem saber o que fazer ao encarar Demi novamente, ele tenta convencer a si mesmo de que não passara de uma diversão. Mágoas, corações partidos, lágrimas e arrependimentos iniciam a nova história desses dois. Porém a necessidade de vê-la sorrindo faz Joe enfrentar a tudo e a todos, somente para tê-la novamente consigo.
Mas eles, vocês e eu sabemos muito bem que era amor e sempre será.

17 de fev de 2013

Respostas aos comentários.

(I don't own anything in this pic)

Aqui estão os comentários respondidos, mas vocês podem continuar comentando que eu vou responder, ok? Quero saber o que acharam da mini-fic :D

Gente, avisinho rápido! A segunda temporada está saindo, e eu agradeço a Steph porque ela me ajudou a colocar as ideias no lugar e eu consegui organizar tudo. Agora eu estou escrevendo e acho que essa semana já sai alguma coisa para vocês \o 
Ah, tenho umas mini-fics ainda para serem terminadas... não sei quando vou postá-las, mas é só para avisar para quem gosta das mini-fics :D

Beijinhos, 
Brubs <3 Amo vocês.

15 de fev de 2013

Mini-fic: Sober (parte 2) - Final.


(i don't own anything in this picture)
                                                          
-Eu acho que precisamos conversar- ela sussurrou ao sentir os braços fortes de Joe a apertando carinhosamente.
-Bom dia- ele a ignorou, enterrando sua cabeça na nuca dela-  Eu desço, preparo o café da manhã enquanto você toma um banho e depois a gente conversa, tá?- perguntou com calma.
-Tudo bem- ela assentiu suspirando- Bom dia.
-Nossa, que desânimo- ele comentou- Achei que fosse acordar feliz.
-Estou feliz- ela virou-se, deitando a cabeça na cama e o encarando. Seus rostos ficaram mais próximo, já que Joe permanecia deitado de lado e logo seus lábios se encostaram delicadamente.
-Te conheço a anos, Demi- ele riu sem humor- O que aconteceu?- ele acariciou o rosto dela, levemente.
-Tenho medo do que pode acontecer – confessou com um sussurro.
O menino desviou o olhar, mas logo forçou um meigo sorriso. Ele sabia que não podia garantir nada, ele não tinha como prever o que aconteceria. Ambos precisavam realmente ter uma conversa para esclarescer tudo aquilo, todas as incertezas. Mas Joe não deixaria as coisas ficarem ruins depois do que aconteceu na noite passada.
Segurou na nuca dela com delicadeza e a beijou, dessa vez aprofundando aquilo.Precionou seu corpo contra o dela e a menina sorriu com o gesto.
-Eu amei o que aconteceu ontem- ele disse, ainda com os lábios próximos aos dela.

13 de fev de 2013

Mini-fic: Sober (parte 1)


(I don't own anything in this pic)


(conteúdo hot, lê quem quer)

"I was just a drink..."
-Trouxe para você- ele lhe estendeu a mão, que segurava o copo com o conteúdo não identificado.
-Obrigada, mas... o que é isso?- questionou, curiosa. Apenas por curiosidade mesmo, pois a bebida já ardia em sua boca- É refrescante- comentou.
-Você vai estranhar no começo- ele disse- Mas logo esse ardido passa- comentou vendo a expressão de desgosto no rosto dela.
-Festa boa, não?- sorriu, levando o copo a boca novamente- Onde eu acho mais disso?
-Fiquei a vontade- o menino disse, apontando para a mesa, que continha muitas opções- Essa festa será ainda melhor com você, Demi...- riu.
Trace nunca fora muito confiável. Na verdade, ele era o “errado” do grupo, da escola e daquela festa. Era a pessoa errada para entrar na vida de Demi. Mas ela não ligava. Procurava perigo ultimamente, desde que... perdera o juízo. Traduzindo, essa noite, nessa festa. Aquele papo de “nunca aceite o que te dão” não colava no momento.
A menina serviu-se novamente, adorando aquilo. A sensação era ótima e ela se sentia disposta, uma nova pessoa, com novas vontades e desejos. Queria aproveitar a festa como se fosse a última de sua vida, mesmo que se arrependesse depois. Claro que essa conclusão viera depois de mais alguns grandes goles.
-Vamos curtir a noite, Demi- ela riu consigo mesma, levando os braços para o alto com o copo nas mãos, mexendo-se ao ritmo da música.
Avistou Joe no outro lado da pista, conversando com algumas pessoas. Lembrava-se de como sempre o achara lindo e maravilhoso, aquela pessoa perfeita. A menina o desejara durante muito tempo e adivinha? Ela conseguiu o que queria, mas perdeu logo depois. E seu prejuízo foi maior. Ela perdeu seu namorado e melhor amigo. Claro que a relação de ambos era boa no momento, porém nunca como antes.
-Já provaram isso?- ela questionou animada, se aproximando, sem ligar para o papo que acabara de interromper.
-O que é isso?- Joe perguntou, já percebendo uma diferença no humor da menina.
-Sei lá, mas é ótimo!- afirmou.
-Quem te deu isso, Demi?
-Importa?- ela riu e se afastou, deixando a música a levar.
Joe a chamou algumas vezes, mas a menina não escutava nada. Mexia seu corpo para todos os lados e dançava de forma sensual na frente de um grupo de meninos. Não demorou nada para que o grupo ficasse maior e maior, não demorou para que eles começassem a se aproveitar daquilo. E logo Joe se aproximou também, mas com outras intenções.
-E aí, gato- a menina sorriu sensualmente- Tava com saudades de você- sussurrou, jogando seus braços ao redor o pescoço dele.
-Não, você não estava- ele afirmou, tentando se afastar.
-Ah, qual é, Joe?- murmurou- Vai dizer que também não sente a minha falta?- sorriu.
-Sinto falta da Demi sóbria- respondeu irônico.
-Acho que você também gosta da Demi boa de cama- provocou.
Ambos se beijaram com rapidez e, por sorte, Joe não havia bebido. Porque se ele cometesse esse erro, eles deixariam ali, naquela festa, uma marca para a história. Se ela pudesse, já teria arrancado a roupa dele ali mesmo, sem mais delongas.

Aviso!

(I don't own anything in this pic)

Respostas aos comentários:

heeeey, galerinha! Eu sei, eu sei, querem me matar. Desculpem novamente pelo final inesperado e pela falta de continuação, mas eu vou dar um jeito nisso, ok?
Passei aqui pra avisar que estou escrevendo algumas mini-fics para vocês e tenho uma fic sendo escrita também, que será, provavelmente, a próxima, depois da segunda temporada :)
Bom... eu estou quase terminando uma das mini-fics e vou postá-la aqui para vocês, talvez hoje ou amanhã \o  Mas não é grande :/
Se chama "Sober" e tem, a princípio, 2 partes. Mas como de costume, cada parte é grande, beeem grande :) Então...foi o mais rápido que eu consegui! 

Depois eu volto, mil beijos!!
Brubs <3

10 de fev de 2013

20- É mesmo o fim? (hot)


Último capítulo da temporada

Love is everywhere:
Camp's love
(1ª temporada)
(I don't own anything in this pic)


Lê quem quer :) _continuação do hot_

Joe on:
Levei uma de minhas mãos à sua barriga e acariciei-a, perto da borda da calcinha. Senti como o corpo dela reagiu e sorri. Deixei que meus dedos caminhassem por sua barriga, subindo cuidadosamente até o meio de seus seios. Com a outra mão, que estava em suas costas, soltei o fecho do sutiã e tirei-o com rapidez.
Fixei meus olhos em Demi e quando ela ameaçou abaixar a cabeça, eu apenas subi mais meus dedos, que antes estavam em seu decote, até seu queixo, fazendo-a olhar para mim. Ela corou, mas não desviou o olhar. Depositei alguns beijos em seu queixo e desci calmamente até seus seios. Acariciei-os e beijei-os, percorrendo todo o seu tronco logo depois.

9 de fev de 2013

19- Uma noite na floresta (hot)


                                     (Penúltimo capítulo)

Love is everywhere:
Camp's love
(1ª temporada)
(I don't own anything in this pic)

Lê quem quer :)

Demi on:
Acordei melhor do que nunca. Sabe quando você não entende, mas quando se dá conta, já está com um sorriso imenso no rosto? Pois é. Eu tinha um bom, ou melhor, ótimo pressentimento de que algo maravilhoso ia acontecer hoje. Besteira, claro. Sempre aconteciam coisas maravilhosas enquanto eu estava aqui, quando eu estava com Joe. Ele me proporcionava esses momentos. E outra, quando estamos felizes, sempre pensamos no melhor, pensamos que coisas boas estão ao nosso redor.
Olhei no relógio e claro, já havia passado da hora do café da manhã. Se eu quisesse, poderia pegar alguma coisa para comer e era o que eu faria, claro que depois de vê-lo. Eu me sentia bem. Encarei meu reflexo no espelho e vi algo que não via quase nunca. Felicidade. Era isso que eu estava presenciando durante esse tempo aqui. Sorrisos. Amor.
Depois do episódio com Camilla tudo estava incrivelmente bem, de uma forma que eu não imaginei que ficaria. Ela parecera realmente desistir de Joe e havia se desculpado comigo e com ele, ao mesmo tempo. Um gesto sincero e eu apreciei isso. Acabamos nos tornando amigas e, por esse motivo, combinamos esquecer isso tudo. Eu sabia que Joe não se sentia confortável quando ela estava por perto e também tinha certo medo, às vezes, de que ele voltasse a sentir algo por ela. Afinal, ser amigável e compreensiva poderia ajudar a ela e atrapalhar nosso namoro. Mas eu acreditava nele e a cada segundo tudo entre nós ficava mais e mais forte. Joe me amava e eu não tinha dúvidas de que sentia o mesmo por ele.

6 de fev de 2013

Respostas!

Não se esqueçam de ler o capítulo 18 *-*
(I don't own anything in this pic)

heeeeey!! :) Vim aqui para responder os comentários lindos e magníficos de vocês \o

É isso! Obrigada, amo vocês demais <3

18- É você quem eu amo.


Love is everywhere:
Camp's love
(1ª temporada)

(I don't own anything in this pic)


Joe on:
-O QUE?- Mikey deu um pulo na cama assim que eu entrei no quarto, falando depressa.
-Exatamente isso!- bufei- A Camilla está aqui e ela é companheira de quarto da minha namorada!
-Como isso.....Mas que azar! Sua ex vai virar amiga da sua atual- riu.
-Isso é tudo, menos engraçado- resmunguei- É horrível, desastroso, terrível, uma completa catástrofe!- me joguei na cama, levando as mãos ao cabelo.
-O que você fez? Falou com ela?- questionou.
-Tá louco? Na frente da Demi? Nunca- afirmei- E eu espero que ela também não diga nada. A Demi não precisa duvidar do que eu sinto por ela e nós não precisamos de um obstáculo, não agora.
-E ela não vai desconfiar? Você contou sobre a Camilla, não contou?
-Sim- respondi, preocupado- Mas... existem muitas Camilla's, é isso que ela vai pensar- afirmei- Eu não posso acreditar que aquela garota fez isso!
-Acha que foi de propósito?

4 de fev de 2013

Divulgação!

Leiam o capítulo 17 no post abaixo :)
(I don't own anything in this pic)

Heeeeey, amores! Vim aqui divulgar esse blog lindo> Red Roses! Ela acabou de começar, mas parece ser muuuito bom :)

É isso, beijocas! :3

17- A outra, Camilla.


Love is everywhere:
Camp's love
(1ª temporada)

(I don't own anything in this pic)

Antes do capítulo... gente, eu SEI que querem hot. Sei mesmo e acreditem, eu também fico roendo as unhas quando estou lendo uma fic, ansiosa para esse momento chegar. Mas por favor, tenham calma! Eu não posso simplesmente postar o hot, porque já está tudo escrito! Eu já terminei essa fic a um tempo e por isso não é possível adiantar. Obrigada e espero que entendam! Me desculpem, mas já está chegando :)


Demi on:
-Quais são nossos planos para hoje?- perguntei animada, me jogando na rede, ao seu lado.
-Hum... descansar?- sugeriu- A minha vontade é de dormir o dia todinho, mas... pensando bem, prefiro ficar com você. Escolha alguma coisa dessa vez, faremos o que você quiser.
-Por mim tudo bem passar o dia sem fazer nada- dei de ombros. Na verdade, eu amava ficar sem fazer nada. Ainda mais agora, que esse "nada", incluía Joe- Desde que estejamos juntos.
-Então... acho que podemos passar o dia juntos em um passeio de barco a dois, o que acha?
-Perfeito- sorri, animada. Eu amava andar de barco- Eu ia perguntar se podíamos pegar uma canoa mas me esqueci com quem estou falando.
-Eu nunca precisei usar o termo "filho do dono" para conseguir nada... sempre tenho... um jeitinho especial- piscou. Eu nem precisava perguntar qual era o jeito. Aquele menino conseguia qualquer coisa com um olhar e um sorriso. Era surpreendente.

2 de fev de 2013

Selinhos!

Leiam o capítulo 16 no post abaixo :)
(I don't own anything in this pic)

Ok, lindas, vamos lá! Eu ganhei... 3 selinhos, isso! hahaha *-* E nossa, eu sempre fico tão feliiiz \o\o


Esse aqui eu ganhei da Alessandra <3 Obrigada, linda! Você é fantástica!! :D


Esse foi a fofa da Thalya que me passou! <3 Lindaaaaaaaa :3 Obrigada, baby!!


Você se considera uma boa escritora? 
Olha...não. Hahaha em comparação com algumas fics que eu leio, me acho horrível! lol

Qual é sua fic favorita?
Difícil demais isso. Eu amo muitas, de verdade, e tenho várias favoritas. Mas tem uma em especial que mexeu comigo. Se chama "that should be me" :) É da Cacau *-*

Quem te inspirou a fazer o blog?
Sinceramente? Não me lembro :/ Eu acho que todas as escritoras dos blogs que eu visitava. Como eu sempre amei escrever... :)

E eu ganhei esse aqui da My secrets obrigada, linda!!!

WHAT MAKES YOU SMILE?


O que me faz sorrir...muitas coisas. Que pergunta mais complicada lol 
Eu acho que...amor, alegria, risadas me fazem sorrir. Parece uma resposta estranha, mas é...eu não sei como responder isso. Mas quem eu amo me faz sorrir :)

Vou indicar 10 blogs, ok?

Então, gente, é isso! :D Obrigada, lindas, do fundo do coração <3

Beijinhos, Brubs!

16- Cachoeira.


Love is everywhere:
Camp's love
(1ª temporada)

(I don't own anything in this pic)


Joe on:
-Pronta?!- perguntei, sorrindo ao vê-la se aproximar, vestindo um leve e solto vestidinho por cima do biquíni.
-Eu já nasci pronta- ela brincou, segurando minha mão- Tem certeza que é uma boa ideia irmos nessa trilha?- fez uma careta.
Era um novo dia e havíamos prometido não tocar mais no assunto "futuro", não por enquanto. Então ela me jurava que havia deixado isso pra lá e eu fazia o mesmo. Estávamos bem, melhor do que sempre estivemos. Eu ouvira dizer, naquela manhã, que fariam uma trilha em direção a uma das cachoeiras que existiam dentro da propriedade, e havia perguntado a Demi se ela aceitava ir também.
-Porque? Não está afim?- questionei- Prefere ficar escondida no meu quarto?- ela riu, negando.
-É que... é muita gente- sussurrou- Eu prefiro uma trilha só eu e você- deu de ombros.
-Eu garanto que você vai amar- pisquei e beijei o topo de sua cabeça.
Seguimos o grande grupo que ia logo atrás dos monitores, mas deixamos que eles se distanciassem o suficiente para podermos ficar mais... a sós. Parei um segundo para reparar nas pessoas ali. Geralmente, eu teria passado cada dia de olho em uma garota diferente, observando-a de todas as maneiras possíveis até conseguir um beijo ou algo a mais. E agora eu me dava conta de que não havia chegado nem perto de explorar as meninas que ali estavam. Porque a mais importante delas estava bem ao meu lado, e Demi era a única que chamava minha atenção agora. Eu não sabia como, mas mesmo sendo completamente diferente de mim, ela me prendera de forma extraordinária. Eu não queria mais ninguém dali, queria ela.
Coloquei um dos meus braços ao redor de sua cintura, fazendo-a virar para mim. Ela sorriu confusa e eu retribuí, porém sorrindo de forma carinhosa. Me aproximei e dei-lhe um beijo delicado.