Visualizações

4 de jan de 2013

Chapter 29

Stay Strong


                                                                                        "Last kiss"


-Eu... só vim te entregar o convite_ ela deu de ombros, virando as costas o mais rápido possível.
-Podia ter deixado no correio se não queria olhar na minha cara_ ele retrucou irônico.
-Mas que saco, Joe!_ ela encarou o menino.
-Que saco? Não é você que é tratada como estranha  por uma pessoa que era sua melhor amiga_ disse.
-Independente de qualquer coisa, eu gostaria que fosse à minha festa. Não precisava de convite, vai ser aqui em casa mesmo_ deu de ombros_ Mas eu quis entregar mesmo assim.
-Você não gostaria_ ele afirmou, revirando os olhos.
-Eu já fiz o que queria fazer_ caminhou até a porta, deixando o quarto dele.
***

* 3 dias depois*

Ela nunca imaginou poder sentir tanta falta de alguém como naquele momento. Queria tê-lo perto dela, junto ao seu corpo, passando aquela calma de sempre. Lembrava-se dos beijos, das carícias, palavras. Não haviam sido falsas, ela sabia. 
O único que cuidava dela, ajudava e protegia, aquele que se importava com a menina mais do que consigo mesmo, agora estava tão longe, longe de seu coração.

"I still remember the look on your face
Lit through the darkness at 1:58
The words you whispered for just us to know
You told me you loved me
So why did you go away?"

Mentiria se dissesse que não queria sentir tudo aquilo de novo, mentiu ao dizer que não precisava dele. Até pouco tempo atrás ela ainda o tinha, mesmo que de uma maneira diferente, mas agora tudo havia mudado. Sentia-se sozinha, desprotegida.
Um vazio dentro do peito que não seria preenchido por ninguém, nunca. Demi sabia que jamais encontraria uma pessoa que se importasse tanto com ela. Lembrava-se de exatamente tudo que o menino já havia feito e dito, lembrava-se de como era verdadeiro.
Sentou-se na cama, fitando o nada. Não queria correr o risco de virar a cabeça e dar de cara com Joe, não queria vê-lo porque sabia que não aguentaria.
Aquele papo de "não preciso de você" havia sido  a maior mentira que a menina já tinha dito. E por mais que tivesse certeza que ele sabia disso, Joe estava apenas fingindo acreditar. Ele havia optado por desistir dela e seguir sua vida.
Doía vê-lo junto a outras meninas, ainda mais porque ele sabia como ela se sentia. Mas parecia realmente não ligar. Para Demi, Joe estava apenas continuando o que ela havia começado. Uma dolorosa e forçada separação. Da mesma forma que deveria ser complicado para ele vê-la com Peter, com toda certeza também era triste para ela vê-lo com todas aquelas meninas novamente.
Direcionou seu olhar para algumas fotos que ali estavam espalhadas e se lembrou de cada momento, cada detalhe, olhar, palavra. Eram coisas que ficariam marcadas para sempre na vida dela, coisas que seu coração guardaria com carinho e cuidado.

"I can still feel your arms
But now I'll go, sit on the floor
Wearing your clothes
All that I know is I don't know"

Observou atentamente ao rosto do menino, mas ficou seus olhos nos lábios macios e reconfortantes de Joe. Já os  havia sentido de muitas formas, e a saudade era imensa. 
Voltou em sua cabeça a cena que tinha presenciado nos últimos dias, Joe beijando qualquer uma que aparecesse pela frente, inclusive Lucy, o que acabou com a menina, definitivamente. Logo ela? Aquela que tentara destruir o que eles tinham? Aquela que havia dito tudo aquilo à Demi? Porque beijar a ela?
O último beijo deles fora tecnicamente na festa da boate, mas aqueles não contavam para Demi. O último havia sido aquele com amor, paixão, carinho. Mas ele não disse que a amava? Mas os beijos não significaram nada para ela, assim como a noite que passaram juntos. Naquele momento, ela não sabia o que eles significavam realmente. Na verdade, nunca imaginou que se quer teriam um último beijo e se soubesse disso, teria feito de tudo para impedir. Teria aproveitado aquele como nunca fizera com nenhum.
Abraçou a si mesma, devido ao calafrio que sentira ao lembrar dessas coisas. Era como se ainda pudesse sentir os braços dele ao seu redor, desejava sentí-lo. 

"How to be something you miss
I never thought we'd have a last kiss
Never imagined we'd end like this
Your name, forever the name on my lips"

Perguntava a si mesma o que queria. Deveria dar a ele outra chance? Isso seria possível? Ela não sabia se conseguiria conviver com Joe novamente como antes. Primeiramente deveria haver uma amizade e depois o namoro. Mas nesse momento, nada disso existia mais e ela pensava em como reviver novamente algo tão inacabado. Sabia no fundo que ele não a decepcionaria de novo, porém era bem complicado. Como seriam como namorados de novo? Seria... constrangedor? Com toda certeza não seria natural.
Ao transar com Joe naquele dia, ela sentiu-se frágil, mesmo que estando com ele. Uma prova de que as coisas estavam realmente piores do que ela imaginava? Afinal, o que seu coração queria? Ela deveria escutá-lo dessa vez?
Sentia que ainda faltava alguma coisa para que ambos dividissem novamente um mesmo sentimento. Uma peça naquele imenso quebra-cabeça, apenas não entendia ainda o que era necessário fazer. Mas e daí? E se ela quisesse dar a ele essa chance? Joe aceitaria? Ele não estava mais se importando com ela e a menina percebia isso, mas mesmo que odiasse, havia sido culpa sua. Se fosse menos grossa com ele, menos séria e pedisse um tempo para pensar naquela última conversa, quem sabe hoje poderiam estar compartilhando algo novamente.

"I love how you walk with your hands in your pockets
How you'd kiss me when I was in the middle of saying something
There's not a day I don't miss those rude interruptions"

Era estranho pensar em como haviam terminado, porque nunca imaginara que aquilo que sentiam poderia acabar. Era tão forte, tão poderoso... e agora não se passava de uma lembrança. O problema era que eles se amavam demais, esbanjavam confiança um no outro e nunca fariam coisas que os magoasse propositalmente. Mas isso foi diminuindo conforme o namoro acontecia. Não diminuindo, mas era diferente quando eram apenas amigos. Não existiam dúvidas e nunca existiriam. Não sobre o amor.
Levou um de seus dedos aos lábios, fechando os olhos e lembrando de como era bom senti-los em contato com os de Joe, como ela sentia falta daquilo.

"So I'll watch your life in pictures like I used to watch you sleep
And I feel you forget me like I used to feel you breathe"

Nem tudo é o que parece, ele pensava, desejando que ela pensasse o mesmo. Tinha medo de que suas atitudes fizessem Demi chegar a conclusão errada, tinha medo que ela pensasse que não a amava mais. O que ele fez? Seguiu a vida dele como ela havia mandado. Mas ele não era o único. Continuava a observar atentamente Demi e o novo amigo, Peter, o que era bem incômodo. Sentia falta dela, mais do que tudo, mas entendia que não podia fazer nada. Era uma escolha dela e sim, ele havia errado. Mas estava disposto a concertar o erro, reverter a situação. Era uma pena ela não precisar mais que ele fizesse isso.
Sua vida sem ele era um completo vazio, algo inexplicável. Nunca imaginara que se sentiria tão mal a ponto de não parar um segundo sequer de pensar em uma pessoa. Nunca imaginava que precisaria sentir tanta falta dela, alguém que jurava que nunca sairia do seu lado.

"And I'll keep up with our old friends
Just to ask them how you are
Hope it's nice where you are"

Ele desejava ter lutado mais, continuado a pressioná-la para que aceitasse dar a ele essa outra chance. O que tinha demais nisso? Ela queria e ele também, mas alguma coisa não estava funcionando entre aqueles dois e ele sabia que era a amizade.

"And I hope the sun shines and it's a beautiful day
And something reminds you you wish you had stayed
You can plan for a change in the weather and time
But I never planned on you changing your mind"

Observou-a pela janela do quarto e por algum motivo sabia no que ela pensava, exatamente. A menina encarava uma foto deles, a qual Joe também tinha e quando viu Demi deslizando seu polegar pelos lábios, entendeu o que passava pela cabeça dela. 
Ele também nunca pensou que teriam beijo que chamariam de "último".

"I never thought we'd have a last kiss
Never imagined we'd end like this
Your name, forever the name on my lips
Just like our last kiss
Forever the name on my lips"

Continua...
Oie! Esse capítulo ficou meio pequeno, em relação aos outros e eu não gostei muito. Acho que a maior parte de vocês também não ficou muito contente. Mas foi um capítulo mais sobre o que eles pensam e sentem ~eles perceberam isso, Bruna~  me ignorem '-' 
Postarei logo outro, tá? Não hoje, mas prometo não demorar! Awn, eu amo essa música, só para dizer hehe e já estava a um tempo planejando um capítulo para ela... acho que se encaixou :) Comentem, tá? :D

Mil beijocas,
Bruna <3


6 comentários:

  1. então somos duas,por que eu também amo essa música.
    tá perfeito o capítulo,mesmo que foi pequeno.
    ta tudo tão lindo,posta logoo,viu lindaaaaa .
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. Li no cel e ruim comt por aqui. Depois comento. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Brunaaa, baby! <3
    Que capítulo triste, mas perfeito! :( Espero que eles resolvam-se logo porque não aguento mais essas separação! E a música... awwwn eu sou apaixonada por ela! :') É linda! Não tenho muito o que comentar hoje! :X
    Posta logo!
    Mil beijos, te amo! <3

    ResponderExcluir
  4. Que triste :(
    Ai, sei que disse que o joe merecia sofrer um pouquinho, mas agora nem sei mais... :C quero esses dois juntos! Acho que eles vão se resolver durante a festa, só acho... u.u
    Amor, desculpa o cometário sem graça e pequeno, mas eu não tô muito bem... :/ desculpa mesmo...
    bjs, meu bem! :**

    ResponderExcluir
  5. postaaaa meu amorr :)
    estou curiosa para saber o que se vai passar!
    JuPereira

    ResponderExcluir
  6. ah não que triste, eles tem que voltar a ficar juntos de novo :(((( acho que grandes coisas vão rolar nessa festa da demi e eles vão acabar voltando u_u
    Posta maaaais!

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3