Visualizações

22 de jan de 2013

10- Apaixonados?


Love is everywhere:
Camp's love
(1ª  temporada)

(I don't own anything in this pic)


-Então quer dizer que você passou a noite com a Demi?- ele perguntou, me chacoalhando. Provavelmente ele achava que assim eu acordaria mais rápido e poderia contar detalhes sórdidos, pelos quais ele esperava porém eram inexistentes. 
Bem, ele se enganou. Joguei um de meus braços para trás e acho que certei-lhe o rosto em cheio. Bem feito para ele. Deviam ser o que? 10h da manhã? Ou até menos. Eu não havia dormido com facilidade na noite passada, muito menos cedo. Precisava descansar e aquele idiota não entendia isso.
Acho que o motivo da minha dificuldade para cair no sono era ela, não existia outra explicação coerente. Me lembro de ter ficado muito tempo acordado pensando nela. Minha mente estava presa em Demi de uma forma completamente desconhecida para mim, todos os meus pensamentos se voltavam para ela e eu não queria uma explicação científica para isso, queria ela comigo novamente.
Senti seus lábios nos meus novamente, e confesso, a sensação era desesperadora. Sua pele macia em contato com a minha, nossos olhares presos e seus beijos, pelos quais eu tinha uma obsessão especial. 
Pra você ver, tamanho era o desespero de querer tê-la comigo, que eu levantei da cama em um pulo, encarando Mikey no chão com a mão no rosto. Ok, eu tive que rir com isso.

-Aí é mais confortável?- perguntei com uma gargalhada.
-Se deitar na cama significa levar um tapa seu- ele respondeu ironicamente- Me diz como foi passar a noite com ela!- pediu.
-Não passei a noite com a Demi- eu disse, me levantando.
-Mas quando você chegou, disse que estava com ela- Mikey fez questão de me lembrar, como se eu tivesse esquecido. Ah, ainda tive que aguentar isso ontem a noite. Ele me enchendo a paciência, mas por sorte eu consegui convencê-lo de que contaria quando acordasse. Acho que ele passara a noite se remoendo para saber.
-Passei uma parte da noite com ela- concertei- E não aconteceu nada do que espera- dei de ombros, seguindo até o banheiro e jogando bastante água no meu rosto.
-Como assim? Eu quase não dormi de curiosidade e depois você me diz que não rolou nada?- ta vendo? Eu disse que ele não havia tido uma boa noite- O que aconteceu com você?
-Como assim o que aconteceu comigo?
-Foi abduzido por um alienígena? Como você desperdiçou uma oportunidade dessas?- perguntou como se eu tivesse cometido o pior dos piores crimes. O que estava acontecendo com essa gente de hoje em dia?- Isso é mentira, não é?- ele riu malicioso- Já deveria desconfiar, você adora me deixar curioso.
-Acredita no que quiser- eu disse, segurando o riso. Não queria rir, porque ele podia imaginar que eu estava realmente mentindo.
A criatura saiu do quarto, rindo. Foi mais fácil do que eu imaginei. Balancei a cabeça em reprovação com um sorriso no rosto. Realmente, o que estava acontecendo comigo? Eu definitivamente não desperdiçaria uma oportunidade dessas nunca. Mas parece que o meu "nunca" durou somente até conhecê-la.
Escovei os dentes e coloquei uma bermuda. Olhei pela janela e o dia estava lindo. Um ótimo dia para ir a piscina.
-Posso falar com você?- ela perguntou, parada em frente a porta. 
Virei minha cabeça rapidamente para encará-la. No começo eu achava que estava enlouquecendo por ouvir sua voz. Isso beirava a loucura, certo? Mas depois parei de andar até o armário para pegar uma blusa e constatei que ela realmente estava ali.
Eu teria ficado bem feliz, se ela não tivesse um olhar mortal, acompanhado de braços cruzados. Eu não conseguia pensar em nada além de: Mikey.
-O que houve?- me aproximei. O olhar que ela me lançou quando me viu sem camisa foi a coisa mais hilária que eu já tinha visto, mas dessa vez controlei meu riso- Se eu estivesse sem roupa, você diria que era assédio- eu afirmei e ela prendeu o riso. 
-Queria saber porque falou para o Mikey que tínhamos transado- ela disse, fechando a porta atrás de si. Aquele garoto era um imbecil mesmo.
-Fala sério- levei uma das mãos ao cabelo- Não falei isso a ele. 
-Aquela coisa bateu na porta do meu quarto para me perguntar sobre "detalhes da noite passada"- ela disse e eu não consegui não rir- Não é engraçado! Eu tive que ameaçar chutá-lo para fora! Ele me disse "o Joe falou o que aconteceu entre vocês, mas não quis contar muito".
-Ele entendeu tudo errado- afirmei- Não falei nem que nos beijamos, Demi. É  que eu não tava com muita vontade de ficar explicando e soltei um "acredita no que quiser".
-Ótima frase, Joe!- ela sorriu irônica.
-Mas antes eu disse que não tinha rolado nada- afirmei- Só que ele me chamou de mentiroso.
-Qual o problema desse garoto?!- ela questionou, eu apenas dei de ombros. Era uma pergunta que eu me fazia a anos- Espero que ele não espalhe isso pra ninguém.
-Relaxa, eu tenho minhas armas contra ele- sorri.
-Tudo bem, eu...- ela abaixou a cabeça- Vou deixar que termine de se arrumar- forçou um sorriso, tímida. Fala sério, eu só estava sem camisa.
-Piscina comigo hoje?- perguntei, segurando-a pela cintura. Ela hesitou em apoiar as mãos em meu peito, mas logo o fez, assentindo. Sorri e juntei nossos lábios, em um beijo calmo.
Ela deixou meu quarto, com um sorriso tímido no rosto. Coloquei uma camisa e assim que matasse Mikey, poderia curtir um dia todinho na piscina com Demi. E não, eu não estava pensando necessariamente na forma como ela estaria vestida.
~~~~*~~~*~~~*~~~*~~~*~~~~

Demi on:
-De novo? Vocês são safados, hein- ele sorriu malicioso, e eu apenas revirei os olhos.
-Mikey, eu vou dizer pela última vez- respirei fundo- Eu. não. transei. com. o.  Joe.
Ele pareceu um pouco indeciso. Será que era tão complicado assim acreditar? Qual era o problema? Eu tinha cara de mentirosa, ou Joe era tão canalha assim?
-É sério isso?- ele fez uma careta- Desculpa, olha, se você foi dar uma bronca no Joe...
-Ta tudo bem, só não precisa espalhar- pedi, rindo do desespero dele- O Joe te bate, é?- brinquei.
-Aquele ali me machuca até quando não quer- apontou para seu rosto. Se tinha alguma coisa ali, eu estava cega. Ou ele era muito frágil mesmo- Hoje quando eu tentei acordá-lo, para saber dos detalhes de uma noite que não aconteceu- disse- Ele me deu um tapa na cara. Não propositalmente, mas deu.
-Isso é que é amor- revirei os olhos, rindo dele. A amizade daqueles dois era engraçada.
-Né? Mas quer saber? Vocês me devem uma noite de sono, profundo e digno de um rei- ele disse.
-Posso saber porquê?
-Porque aquele infeliz não me contou ontem o que aconteceu, eu estava curioso!
-Tá de brincadeira, né?!
-Não! Aliás, o que você fez com o Joe?
-Ele é tão idiota assim? Você ficou assustado quando descobriu que não tinha rolado nada- comentei. Eu estava curiosa para ouvir a opinião dele.
-Não costuma desperdiçar oportunidades, mas ele não deixaria de ficar com uma menina por causa disso- deu de ombros.
Fiquei mais aliviada depois disso. Eu achava, no mínimo, que Mikey ia entregar todos os podres de Joe, mas achei legal da parte dele ser sincero. Eu também estava dando uma de detetive. Precisava confiar em Joe, e não no que outras pessoas falavam sobre ele.
~~~~*~~~*~~~*~~~*~~~~
-Hey- ele se sentou ao meu lado, me envolvendo com aqueles braços. E que braços.
Sorri ao sentir suas mãos delicadas pousadas sobre minha cintura, trazendo meu corpo para perto do dele. Seus lábios foram na direção do meu rosto e para a decepção de todos, ele me deu alguns beijos animados na bochecha.
Eu já estava naquela maldita piscina a algum tempo, porém a vontade de mergulhar não vinha nunca. Eu gostava de água, amava, na verdade, mas... fazer o que quando nem a gente se entende, né? Por isso não vou nem tentar fazer com que entendam.
Só sei que o importante agora era ele me abraçando, sem camisa e com os pés dentro d'água, como eu. Ok, não tinha nada melhor que esse carinho. Como eu amava isso.
Me contive um pouco, até porque, quanto menos roupa perto dele, maior a insegurança e a provocação. Não queria ficar me mostrando e só tinha pensado no fato de estar tão pouco vestida perto dele quando já estávamos juntos. Mas tá, eu ia superar. 
Além disso, ele nem me beijara e eu já estava preocupada com o resto. O máximo que poderia acontecer seria ele babar um pouquinho, ou me encarar descaradamente. Não que eu queira dar a entender que sou "a gostosa", mas sei lá, né, temos que pensar em todas as hipóteses. E tudo bem que eu ficaria bem vermelha se ele realmente não tirasse os olhos de mim, mas cara, estava um sol do caramba. Era só dizer que não havia passado protetor,  duh!
-Então o senhor também é fã de piscinas?- perguntei, sentindo minha sua pele macia roçando em meu rosto.
-Não muito- deu de ombros- Mas com você, eu sou fã de qualquer coisa- rimos.
Joe tirou seus braços da minha cintura e apoiou suas mãos na borda da piscina, entrando nela. Virou-se para mim, colocando seu corpo entre as minhas pernas. Não como vocês estão pensando, mentes poluídas. Eu apenas estava sentada e ele na minha frente, nada demais.
Sorrimos juntos e ele acariciou o meu rosto, molhando-o com a água deliciosa. Levou sua outra mão até a lateral do meu corpo e entrelaçou nossos dedos.
-Não acha que vai ser meio chato se alguém daqui souber sobre a gente?- perguntei, fazendo uma careta. 
Ele forçou um sorriso doce e se aproximou, apoiando seus cotovelos no mármore, um de cada lado do meu corpo. Nossas mãos permaneciam entrelaçadas.
-Estamos só ficando- ele disse, simplesmente. Por algum motivo, aquilo doeu muito em mim- Muita gente aqui troca beijos e faz coisa muito pior. Eles não impedem ninguém de se envolver em algum relacionamento. Sabe, isso é muita burrice, porque cara, temos 17 anos, o que eles acham que nós vamos fazer? Dormir abraçadinho?- ele perguntou, mas não era bem uma pergunta. Seu tom de voz era irônico e eu não consegui, por mais que tentasse, forçar um sorriso e assentir. 
-Se importaria de dormir abraçadinho comigo?- sorri sem humor algum. Eu tentei fazer parecer uma brincadeira, mas ele já me conhecia (não faço ideia de como) para perceber.
-Nem um pouco- garantiu, com um olhar carinhoso- Eu só generalizei- explicou.
Tá, sem problemas. Ele havia apenas generalizado, não queria dizer nada. Essa é típica forma de fazer você mesma se sentir melhor, mas eu realmente acreditava nele. E queria saber o porquê de ter ficado tão incomodada com o "ficando". Eu queria o que? Um namoro? Não. Era loucura demais. Só... "ficando" era um termo feio para mim, algo que eu já havia tirado do meu vocabulário a um tempo, por perder tempo com essa besta palavra. Queria pensar que se eu estava com alguém, era porque sentia alguma coisa. Agora eu mudara o meu jeito de ver, porque aceitara ter aquilo com ele. Mas tá, eu tinha um sentimento, quem sabe.
Agora é o momento onde eu me faço mais perguntas. Se era "ficada", eu me sentia mal. Se era namoro, eu me sentia maluca. E claro, não dava pra ficar falando "relacionamento sem compromisso" toda vez que alguém perguntasse. A pessoa ia sair sem nem mesmo terminar de ouvir. Hoje em dia era pa! pum!, tinha que ser bem claro e direto. A mudança de nome não tornava as duas coisas diferentes. Mas eu gostava de pensar que tínhamos uma ligação de respeito, lealdade.
-Você não se importa?- eu perguntei.
-Não é legal ter que esconder isso- ele disse- Gosto de você, gosto de ficar com você- sorriu- Aliás, eu acho que metade das pessoas já percebeu. Não me incomodo- deu de ombros- Você?
-Também não- concordei, abaixando a cabeça e encarando a água. O que estava acontecendo comigo?
-Sabe?! Eu te conheço a alguns dias, mas é como se muito tempo já tivesse se passado- ele deslizou sua mão pela minha- E temos 4 meses pela frente- afirmou- Muita coisa vai acontecer.
Sorri, um sorriso verdadeiro, colocando todos os pingos de esperança naquelas palavras. Tudo podia acontecer, tudo IA acontecer. Bastava ter paciência e calma. O irônico era eu ter pedido calma e não estar conseguindo me controlar ao pensar nesse "tudo" que estava por vir. 
Não, eu não podia ter cometido um erro desses. Erro? Se apaixonar era um erro?

Joe on:
Fixei meus olhos nos dela, tentando obter uma resposta para o que ela sentia, sem que eu precisasse perguntar. Não queria entrar no assunto "nós", assim, tão recentemente. Essa coisa entre a gente tinha começado ontem e para mim, nós deveríamos apenas aproveitar. A única coisa que me incomodava agora era o fato de apenas não entender o que eu sentia. Era uma agonia, uma vontade de cada vez mais, um insistindo protetor, um carinho incomparável. Uma preocupação em relação a como ela se sentia. 
Tentei prender meus olhos em seus lábios e até que obtive sucesso. Beijei-a calmamente, sem me importar se alguém nos via. Eu queria mesmo beijá-la, queria estar com ela e não faria nada as escondidas. 
Acariciei sua coxa, com uma inocência tremenda. Eu não era disso. "Inocência" e "eu" não combinavam na mesma frase, a não ser que existisse um advérbio de negação, ou contradição. Mas naquele momento, o carinho era tão puro que ela mesma não pareceu se importar. Apoiei minha outra mão em sua cintura, acariciando-a. Sentindo sua pele macia e descoberta. Quando que eu imaginei que depois de uma conversa daquelas, depois de adiar meus desejos por ela, eu a teria em minhas mãos, usando tão pouca roupa? Tá, a situação não importava. Eu estava mesmo tocando-a e não sentia panos, vai querer me contrariar? u-u
-Você é linda_ sussurrei entre o beijo e ela sorriu largamente. 
Ah, aquele sorriso contagiante, radiante... cativante. Aquela menina era tão fantástica que prendia meus olhos, durante o tempo que ela quisesse. O quanto desejasse. Agora eu percebia que ela não fora a única a se entregar a mim. Eu me rendera a ela no momento em que mudei para fazer aquilo dar certo.
Eu estava parecendo um garotinho... apaixonado.
Continua...
Hum... apaixonados, hein?! Será? hahaha *-*
Comentem, ok? Eu sei que disse que voltaria para responder aos comentários e eu farei isso \o
Respostinha rápida.... Thalya, existe sim outra Thalia aqui hahaha não era de você que eu estava falando não, amor! :)
15 para o próximo? Vocês sumiram... o.o
Marquem o "eu li" *o*

Beijinhos,
Brubs. Amo vocês <3

30 comentários:

  1. ai que lindo esse capitulo *_*
    aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah eles estão tão, tão, mas tão in love que fofinhos *_* posta logo e urgentemente brubs por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownt *-* hahahaha é mesmo... in love <333 Postei, linda! Obrigada <3

      Excluir
  2. socorro, meu heart nao aguenta
    muita perfeiçao
    posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha caaaaalma, aguenta coração que ainda tem muito por vir, hein?! Obrigada, baby <3

      Excluir
  3. cara que perfeitoooooooo *-* <33333 eles estão apaixonados *-* ownnnnn o joe é muito fofooo
    posta logooo amr =)
    bjkss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwn eles apaixonados é vida, né? hahahaha postei, baby! <3 E muito obrigada *-*

      Excluir
  4. Tudo bem, enganos acontecem, é natural e servem pra gente rir um pouco, né?kkkkkk
    é que toda vez que eu vejo meu nome, eu vibro!kkk
    apesar de esse, na verdade, ser só um apelido, como Demi é para Demetria!;) não gosto muito do meu nome! :/
    Mas quanto ao capítulo, não to confiando muito no Joe estar apaixonado!kkkk mas espero que siiimm!!
    posta looogooo!bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, meu amor! MAS VOCÊ PODE POSTAR NO SEU BLOG SE QUISER, agradecida KKKKKKKKKKKKK eu amei a tua fic e acho que já falei isso, but whatever... hihihihi Eu também, vibro sempre! lol
      Bom... sim... ele realmente está <3 Postei, beijocas, baby! :3

      Excluir
  5. awnnn q lindo! Q fofos! tão xonadinhos... Awnnnnn
    Tava louca pra saber o q ele ia dizer pro Mikey. Pena q ele não disse nd. Mais foi egraçado... rs Louca pra q ele se abra com ele.

    Eles na piscina.. awnnn
    A Demi não vai ficar de biquine? Quero só ver a reação do Joe... kkkkkk

    Posta maissssssssssssssssss pleaseeeee

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwn hahaha não é?! :D É... ele não comenta muitas coisas com o Mikey não... sobre o que ele sente e tals :/ Mas enfim... sorry :s Bom... a Demi já estava de biquine... haha ela só não entrou na água :) Posteeeeei e ah, o Joe babou, claro hahahaha beijinhooooos :D

      Excluir
  6. perfeito demais!!!! posta logo to amando essa fic demais!!

    ResponderExcluir
  7. meu deus
    posta logo
    vao atrapalhar eles na piscina, ou nao?
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo
    posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LOL amei isso <3333 hahaha não, ninguém atrapalhou aqueles dois :D Estão livres de preocupações... por enquanto :O Postei, amor! beijocaaaas!

      Excluir
  8. Owwwwnnnnnn que fofo! u.u
    É muita perfeição esses dois *---*
    Posta logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha *-* Joe + Demi não pode ser outra coisa além de perfeição lol

      Excluir
  9. Awwwwwwwwwwwwn ... omg como pode ser tão perfeitooo ??? lindo esse capítulo !!!


    posssssssssssssta logoooooooooo

    ResponderExcluir
  10. Momento aaaawwwwwwwwwwwwww!
    Que fofos. Lindos. Perfeitos! Apaixonados hum?! Sera?! Espero q sim :) eles na piscina... Ah muita perfeiçao pra uma fic só!! E olha q eu descobri ela ontem kkkk
    poooosta logo ok? Beijoss :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim também, hein?! hahahaha aaawn obrigada, meu amor!! Beijinhos :3

      Excluir
  11. Awnnnnn que amor. Que paixão, que tudo. Posta logo

    ResponderExcluir
  12. Aaah o capitulo está demais!!! Ansiosa para o proximo... Posta logo.

    ResponderExcluir
  13. awwwn meu Deus *-* Joe ela quer um relacionamento mais serio, vamo lá faz alguma coisa menino acaba cm essa confusão de sentimentos.. kkkk tão fofos to amando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jájá eles acabam com isso hahaha *-* Obrigada, amore!! <3

      Excluir
  14. Que lindo esse capitulo!! posta logooo

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3