Visualizações

19 de jul de 2012

Be Yourself- Chapter 61


Chapter 61- Unbelievable...

-Você... não, Demi- pediu desesperado- Selena, deixa a gente conversar... a sós?- perguntou, olhando para ela.
-Claro... eu vou pegar um ar fresco- se levantou e virou em direção a porta- Pensa bem no que eu te disse, Demi. Pensa bem no que você vai fazer- avisou e logo saiu.
-Foi isso mesmo que você ouviu, Joe. Não tem o que conversar.
-Você não pode estar falando sério- se aproximou- Demi, isso... é maluquice! Não pode ser verdade... você não...
-Para, Joe- pedi, sem conseguir controlar o choro- Não torna tudo mais difícil...
-Se é difícil porque está fazendo isso? Você não pode tomar uma decisão no estado que está, isso é burrice, Demi!- alertou, mas eu me recusava a ouvir.
-Joe, meu coração não é um brinquedo que quebra e você pode levar para concertar quando quiser...- disse- Não dá mais. Você não sabe como eu estou me sentindo. Primeiro a Selena, mas... você também?
-Eu já te expliquei o que aconteceu, eu nunca quis te magoar!
-Não importa, já está feito- dei de ombros- Eu nunca vou esquecer o que nós passamos, Joe. Mas você não confia em mim, como eu posso confiar em você?
-Você não confia em mim?- perguntou rindo sem humor.
-Com a minha vida. Mas você me decepcionou. Eu não te escondi o que o Nick fez. Já você, nem tentou me contar sobre o beijo.
-Não queria te magoar, Demi...- disse nervoso.
-E a história do Nick, Joe? Você também sabia- eu já gritava- Além do mais, sabia também como eu estava me matando para descobrir o culpado. Você me fez de idiota, ficou assistindo eu passar por maluca quando sabia tudo. Mentiu para mim, você se fez de tonto!
-Eu não podia contar!- gritou- Eu prometi a Selena! Eu queria te contar, Demi!
-Então vai ficar com a Selena!- desabei no choro.
-Eu. não. tenho. nada. com. ela!- disse pausadamente, já irritado.
-Eu já tomei a minha decisão e não vou voltar atrás. É tarde demais, Joe. Acabou- sussurrei.
-Você jura mesmo que vai esquecer de tudo, deixar isso ir embora só por causa de um obstáculo?- perguntou, incrédulo.
-Eu já disse que não vou esquecer- garanti- Só não tem como continuar!
-Por causa disso? Não são motivos para terminar- retrucou.
-EU SIMPLESMENTE NÃO CONSIGO! ACEITA ISSO!- berrei, deixando que as lágrimas caíssem.
-Não é uma briga que tem volta? Depois que você se acalmar, não tem chances de conversarmos como pessoas civilizadas?- perguntou impaciente, um pouco irônico- É o que você realmente quer?
Ele me encarou diretamente nos olhos. Eu não acreditava que estava prestes a acabar com aquilo.
-Foi a melhor época da minha vida...- comecei- Você nunca vai....
-É o que você quer?- gritou, me interrompendo.
-Eu não sei, Joe!- revidei.
-Você nunca sabe!- murmurou- Eu vou embora, se é essa a sua escolha.
-Eu queria pensar melhor!- gritei, enquanto ele passava pela porta- Mas eu não consigo!
-Então quando você "conseguir", me procura- respondeu grosso e saiu, sem mais olhar para mim.
A única coisa que consegui fazer foi cair no chão, chorando como nunca havia feito antes. Não lembro quanto tempo passou, mas Selena não havia voltado. Provavelmente estava na boate com Joe agora. Subi até meu quarto e fui até o banheiro. Lavei o rosto e retoquei a maquiagem. Parei em frente ao espelho e vesti meu vestido. Penteei o cabelo e sequei as últimas lágrimas que tentavam sair. Eu ia a essa festa.

Não me entendi muito bem por ter terminado com Joe daquela forma, afinal, eu entendia que ele só queria me poupar de alguma coisa pior, mas havia ficado mal. Talvez porque não esperava saber que Selena foi a causadora daquela humilhação. Aquilo acabou definitivamente comigo e acabou influenciando em minha decisão em relação a Joe. Ele estava certo, eu precisava pensar. Mas nem tanto para saber que havia feito uma burrice. Peguei minha bolsa e desci os degraus da escada. Me deparei com o copo de vidro quebrado, mas não me dei ao trabalho de limpar. Minha mãe não passaria a noite em casa, então não saberia o que aconteceu ali, mesmo que eu limpasse depois. Peguei dois comprimidos de calmante e tomei, respirando fundo e me preparando para tudo que pudesse vir aquela noite. Conhecendo bem Joe, sabia que ele não perderia por nada aquela boate, mas depois de como ele saiu daqui, só deveria torcer para que ele estivesse realmente lá. Chamei um táxi e em 10 minutos estava saindo de casa, a caminho da boate.
--------------------------------------------------------------
A música alta me incomodava profundamente, minha cabeça latejava. Mas apenas ignorei isso e segui em frente, a procura de alguém conhecido. Pensei ter avistado Ashley, então segui por entre a multidão de pessoas naquela direção. Haviam muitas pessoas alí e a festa estava, definitivamente, bombando. Não sabia se Joe estava aqui, mas isso era um detalhe que logo descobriria. 


Foi a cena mais chocante que eu já vi na minha vida. Quando me aproximei da menina que supostamente seria Ashley, vi que realmente era ela, porém estava na companhia de Joe. Ele parecia muito feliz, sussurrando coisas no ouvido dela e beijando-a. Lágrimas tentaram descer pelos meus olhos, mas consegui evitar. Ela colava cada vez mais seu corpo no dele, que correspondia contente, de acordo com a batida da música. Ela também fazia uma dancinha sensual, passando suas mãos por seu peito e nuca, provocando-o. 


Alguns meninos e meninas estavam em volta deles, rindo e conversando. Pessoas que eu não conhecia. Joe tomou mais um gole da bebida que tinha nas mãos, da qual eu não sabia o nome. 
Forcei-me ao máximo para conseguir dar os 5 passos que faltavam para o encontro com Ashley e Joe. Quando já estava bem próxima, não foi preciso falar nada para que os dois me vissem. A primeira reação que vi, foi a de Joe. Eu só estava prestando atenção nele e percebi uma grande surpresa de sua parte. 

Claro, ele não podia imaginar que eu viria. Sua boca se abriu para falar algo, mas nada conseguiu. Eu também não conseguia e meus olhos entregavam o que eu sentia naquele momento. Já Ashley pareceu não perceber  clima estranho, ou pelo menos não ligou. Quando veio caminhando até mim, se desvencilhando de Joe, ela tinha um sorriso no rosto, mas foi só o que percebi. Meus olhos não paravam de fitar Joe, algo que eu não podia evitar e aparentemente ele também não. Depois de algum tempo, vi que ele sacudiu a cabeça e se virou para o bar, desviando o olhar e pedindo mais uma dose da bebida que estava segurando.

-Demi, que bom que veio!- ela me deu um beijo e um carinhoso abraço- Joe disse que você não viria...- comentou.
-É... resolvi de última hora- dei de ombros. Será que ela não havia percebido que algo havia acontecido entre nós? Ela sabia que estávamos juntos, mas ao mesmo tempo estava se esfregando em Joe. Como isso era possível?
-Mesmo assim, fico feliz que tenha vindo. Divirta-se!- sorriu- Quer se juntar a nós?- apontou na direção de Joe.
-Não, não- neguei educadamente- Eu vou procurar a Miley, quero falar uma coisa com ela- menti.
-Ah, se é assim, tudo bem- disse- Mas se quiser, posso te apresentar uns gatinhos...- piscou. Então ela sabia que havíamos terminado?
-Eu... não estou muito em clima hoje- forcei um sorriso- De qualquer forma, valeu a intenção- rimos.
Ela se afastou, indo novamente até Joe. Ele parecia cada vez mais animado e feliz. Aquilo partia meu coração, enchia meus olhos de lágrimas. 
Fui realmente a procura de Miley. Não demorou para achá-la, já que estava em uma mesa onde tinha completa visão de Joe e Ashley. Me juntei a ela e o grupinho.

-Demi!- gritou assim que me viu, vindo até mim e me abraçando com força.
-Oi, amiga- sussurrei, deixando transparecer minhas tristeza.
-Demi, o que aconteceu? -perguntou assustada- O Joe e a...
-Eu sei- suspirei- Não quero falar disso agora, por favor- pedi, fechando os olhos com força.
-Senta aqui- ofereceu, me levando até o sofá que ficava ao redor da mesa- Porque veio até aqui? Para ver isso?
-Não, eu... não sabia- segurei o choro que teimava em vir- Achei que ainda tinha como concertar tudo.
-Vocês não podem deixar isso acontecer!- disse decidida- Eu vou chamar o Joseph!- resmungou com raiva.
-Eu terminei- sussurrei.
-Meu Deus!- me abraçou novamente- Calma, Dems, tudo vai ficar bem- garantiu.
----------------------------------------
Durante um tempo eu consegui me distrair. Mikey e Liam foram responsáveis pelas piadas e o rumo tão bom que a conversa levava. Miley tentava me acalmar, fazer com que eu ficasse bem. Mas era inevitável, sempre que eu olhava na direção que mais temia, via os dois, juntos, praticamente se comendo num canto da boate. 

Fui até o banheiro, eu precisava de um pouco de tranquilidade, silêncio. Tive que passar por eles, o que definitivamente tirou todas as forças que eu tinha para continuar me controlando. Joe me encarou por um segundo, coisa muito rápida e depois voltou ao que fazia antes, concentrado e alegre. Toda vez que eu os via, ele estava com um novo copo na mão.

Me encarei no espelho novamente e vi quantas lágrimas já desciam. Fiz o que pude e consegui sair dali depois de 20 minutos, com o rosto lavado, as lágrimas e sofrimento contidos e o constante ar de tristeza que me perseguia. A dor de cabeça diminuiu consideravelmente, não latejando mais. Assim que cheguei na porta do banheiro, olhei para um dos lados e não encontrei quem queria e ao mesmo tempo desprezava. Virei minha cabeça discretamente na direção oposta e vi o que menos esperava. Joe podia ter ficado com Ashley, mas eu nunca pensava que poderiam fazer algo a mais. Ele não seria capaz, seria? Os dois iam juntos, se beijando, em direção aos "quartos" isolados na parte de cima da boate. Enquanto subiam as escadas- completamente escondidas- Ashley envolvia a cintura de Joe com as pernas, e ele beijava seu pescoço com prazer e vontade. Só eu poderia ver, aliás, qualquer um que estivesse no mesmo lugar que eu veria. Só desse ponto de vista.

Era a hora de ir embora. Antes de desabar de vez, me despedi de Miley e dos outros, sem nem me preocupar em falar com Ashley. Peguei um táxi que estava na porta do lugar e segui para casa. Não conseguiria mais ficar ali. Não desse jeito.

Me joguei na cama, respirando o mais fundo que consegui. Tampei meu rosto com minhas mãos e apenas chorei, por muito, muito tempo. Eu não sabia mais como fazer aquilo dar certo, não conseguia mais pensar em como concertar tudo. Não depois de tudo que eu vi. Já nem mais sabia se queria mudar algo. Ele foi capaz de me esquecer em menos de 1 hora. Eu também seria. Era justo ele dormir com ela assim, na maior cara de pau? Sendo que nós nem tínhamos, de fato, terminado. De uma certa forma, ele havia sim me traído. Traído a minha confiança, lealdade.


Tomei o banho mais demorado que consegui e vesti um leve pijama. Desci para comer alguma coisa e aproveitei para limpar os cacos no chão da cozinha. Preparei um chocolate quente e me joguei no sofá. Eram quase 1 da manhã e só passavam filmes de terror na televisão. Eu havia achado um de romance, mas não vinha ao caso.


Fiquei sozinha, com meus medos e gritos por causa do filme. Eu nunca conseguia parar de pensar que se Joe estivesse alí, me abraçando, tudo ficaria bem. Eu não conseguia mais conter minhas lágrimas, elas caíam sem a minha permissão e eu desisti de impedí-las. 


Joe on:
Saí da casa de Demi e fui direto para a boate. Eu não conseguia mais pensar em nada, apenas nela, em tudo que havíamos passado e como tudo tinha ido por água abaixo. Não era justo. A primeira coisa que fiz foi pedir uma bebida. Depois do meu 5 copo, eu já estava bem animado e Ashley decidiu aproveitar. Ficamos durante boa parte da festa, era um jeito bom de esquecer Demi, mas não era necessariamente o que eu precisava ou queria. Nos beijávamos, como nos velhos tempos, e eu me lembrava de como era bom antigamente, como eu tinha liberdade e não corria o risco de sofrer por coisas idiotas.


A maior surpresa foi quando vi Demi lá, no meio daquele monte de gente, nos encarando com uma expressão completamente dolorosa, triste, magoada. Nos encaramos durante um tempo, eu não conseguia desvencilhar meus olhos dos dela. Era algo impressionante, como imãs que se atraíam. Sacudi a cabeça para espantar os pensamentos e desviei o olhar, me virando para pegar minha 7 bebida, ou coisa parecida. 


Eu não sabia como ainda estava conseguindo raciocinar com tanto álcool em meu sangue, mas me pareceu necessário naquela hora. Não demorou muito para que fôssemos parar na cama do quarto da boate. Foi uma noite prezeirosa, como outras milhões. Mas nunca como era com Demi. Descobri que ela havia ido embora um pouco depois que subimos para o andar de cima do lugar.


Agora eram 3 da manhã e eu estava saindo da maldita boate. Minha cabeça latejava e a culpa subia pelo meu coração. Eu não devia ter feito aquilo, traído ela daquela forma. Ainda mais na maior cara de pau. Cheguei em casa tomei um banho, logo depois deixei que meu corpo caísse na cama, sem nenhuma piedade. Antes que pudesse ficar pensando em Demi- como já estava- tentei ao máximo dormir. Não consegui. Algumas horas se passaram e eu continuava ali, intacto, esperando que tudo aquilo não passasse de um pesadelo real, mas um pesadelo.


Não havia sido desse jeito, eu não tinha planejado assim. O destino deveria ter reservado para nós algo como o planejado, um amor sem fim, uma história sem fim.


Continua...
Eu fiquei triste, MUITO triste de verdade! QUATRO comentários? :( Obrigada a quem comentou, de verdade! Mas poxa vida... :/ Ta vendo? É por isso que eu digo que vocês não estão mais gostando como antes! :( Enfim... de qualquer forma, obrigada e eu amo vocês, muito! <3 E aí? Nick com a Demi cantando 'catch me e don't forget' ! Quem quase morreu? \o/ Cara, sem palavras para o que eu senti! Ainda continuo sem acreditar! *o* Haha :)


Bia--- Minha linda! Que saudade! MAS É CLARO que eu te desculpo, fofa! awnnn *-* Precisa perguntar? haha owwwwnt que linda *o* Obrigada!!! Nossa, que fofa! Te amo, ta? <333 Bom... é triste sim :( Eu também fiquei meio mal escrevendo esses capítulos... mas... vamos ver o que acontece, né? :) Beijocas leitora fofa linda maravilhosa! <3


Carol- MEU AMOR! Ainda estou tentando me recuperar do seu excesso de fofura! *O* Awwwwn muito obrigada, meu amor! Confesso que também fiquei triste, só por ter que escrever isso :( Bom, no final tudo da certo! Ahh eu queria poder te falar o que vai acontecer! :/ Mas boa parte ainda está na minha cabeça.. e também perde a graça, né? :P Hehe de nada, linda! Eu fico muito feliz em ajudar a divulgar a fic! Já entrei lá, confesso que nunca li uma fic interativa, porque não é o tipo que eu sou "Fã"... mas de qualquer forma, eu li e gostei muuuuito! De verdade! *o* Hehe e a senhorita, pense bem em escrever a fic, tá? Eu sei que vai ficar maravilhinda, já te disse isso! Hahaha <3 Te amo, tá? 


Sahmara--- Pois é... haha... triste :( Maaaas a vida não é só feita de coisas boas, né?! :/ Beijocas, baby! <3


Bruna--- hahahaha omj! É... devia ter contado... mas... tem que ter uma briguinha, né?! hahaha Espero que tenha gostado! hehe obrigada! <333 E o show? NICK E DEMI! OMG! Hahahaha sei como você surtou! *O* *O* Ainda estou me recuperando.... OMG! Inacreditável! <333 Beijocas :3


COMENTEM! :)


Beijemis, Bruna *-*

15 comentários:

  1. posta pelo amor de deus

    ResponderExcluir
  2. posta amor por favor

    ResponderExcluir
  3. POSTA PELO AMOR DE SANTO DEUS

    ResponderExcluir
  4. nossa como o Joe foi babaca, coitadinha da Demi, tomara que eles voltem mas que o Joe leve o troco antes por favor né.

    ResponderExcluir
  5. deus, to indo pro hospital se você não postar isso logo. Vou entrar em coma menina.

    ResponderExcluir
  6. Omg ! #Morri com esse capítulo, como o Joe teve coragem de trair a minha DD (Demi Diva) na maior cara de pau O.O !Magoei com ele ! E que história é essa de nós não estarmos gostando da fic como antes ?! Mas que mentira, bem mentirosa essa ! Desculpa não ter comentado antes, ando meia sem tempo, e entrei hoje de férias U.U ! Ah você poderia dar uma olhada no concurso que tá rolando no meu blog ?! (é só entrar na página "concurso") Se gostar participa ! Beijos ^_^ Posta Logo <3

    ResponderExcluir
  7. Quero ver a deni dando una pegas em alguem , antes de voltar com o babaca

    ResponderExcluir
  8. OIIIII MEU DEUS POSTAAA LOGOOOO
    COMECEI A LER SEU BLOG HOJE AAAAAAA POSTAAAAAAAAAAA *-*

    ResponderExcluir
  9. Mamãe :D
    Desculpa passar tanto tempo sem comentar, vou explicar: tirei os pontos(fizumacirurgiaessemes), só que o local inflamou, eu tava morrendo de dor, fui no hospital, me passaram um anti inflamatório, ai eu melhorei, nesse tempo minha mae nao deixou eu entrar no computador, ai eu sai com as minhas amigas, e fique doente depois, febre, dor de garganta, essas coisas, desculpa serio.
    Os capitulos que eu li estao perfeitos, to amando cada vez mais a historia, tudo, só to com uma vontade enorme de matar o Joseph, a Ashley e a Selena.
    Eu chorei muito nesse capitulo foi um aperto no coraçao enorme, eles vao demorar para se acertar??
    Vc viu a Demi e o Nick no show?? Nossa fique sem palavras, chorei muito, adoro a amizade deles, é bom ver que eles ainda são amigos.
    Te amo muito mam'z. NEOQEAV ok?? <3
    Posta logo.
    ASS: Cami

    ResponderExcluir
  10. Desculpa ): achei q tinha comentado juro. Enfim tá muito perfeito! e triste kkk mas tá perfeito. Posta mais amor. Eu to amando a história vdd :3

    ResponderExcluir
  11. 1º MORRI COM NEMI!! sério, foi surreal... ainda nem acredito... toda vez que vejo os vídeos as fotos eu choro... LINDO DEMAIS!!! *.* e eu vi ao vivo, quando ela começou a falar eu JURO que ouvi JOE JONAS aí eu parei de respirar na hora... ainda por cima o link travou e eu não consegui ver nada entrei em pânico e quando voltou vi que era o Nick e comecei a chorar que nem uma doida e minha irmã começou a rir da minha cara... foi hilário e emocionante ao mesmo tempo (?) uhauhauha... ainda estou sobre o efeito dessa felicidade :D enfim... espero que tenha mais encontros JONATO para nossa felicidade e ataques cardíacos hahaha...

    2º EU NÃO ACREDITO QUE O JOE FEZ ISSO!!!!
    eu acho justo a Demi pegar alguém antes de voltar com ele u.u
    mas ele tem que voltar... pfv!! :)

    3º a fic tá incrível, é uma das melhores fics que leio, se não for a melhor... u.u
    é que as vezes as pessoas tem preguiça de comentar, ou falta de tempo... eu as vezes tenho isso, mas sempre comento por que sei o quanto é importante pra autora... mas fica tranquila que a fic continua linda e agora mais emocionante que nunca... ^^

    OK!
    escrevi um livro aqui...
    auhauha...
    mas é isso, acho que falei tudo... :)

    posta logo!
    bjinhos =**

    ResponderExcluir
  12. Que raiva do Joe arg,ele não merece a Demi u_u ela é muita areia pra ele! ~meu momento raiva do joe~ shaushuah
    "meu coração não é um brinquedo que quebra e você pode levar para concertar quando quiser..." SO LET ME GYVE YOU HEART A BREAK,GIVE YOU HEART A BREAK (8) :')
    Sinto que depois que a Demi viu o Joe se pegando com a Ashley ela não vai querer olhar pra cara dele tão cedo :l
    Sobr o show: EU SURTEI MUUUUUUUUITO HHAHAHA,A DEMI E O NICK JUNTOS FOI TÃO LINDO :') ESPEREI TANTO POR ESSE DIA .. SÓ ACHO QUE O JOE E O KEVIN DEVERIA TER IDO TAMBÉM,TIPO IA SER JONATO COMPLETO HSUAHSA <3 MAS O JOE TINHA A OBRIGAÇÃO DE IR NESSE SHOW E O VADIO NÃO FOI AF U_U HSAUGSHIUAGIU
    FELIZ DIA DO AMIGO :DDD
    POSTA MAAAAAAAAAAAIS!

    ResponderExcluir
  13. bru ta tudo perfeito amiga, só acho que a demi devia parar de ser boba um pouco e seguir em frente com alguém sabe, fazer o joe sentir ciúme um pouquinho ahaha
    bjs posta logo <3

    ResponderExcluir
  14. OMG! EU VOU BATER NO IDIOTA DO JOE COMO PODE ?? ELE É RETARDADO ?? POXA..EU CHOREI COM ESSE CAPITULO..COITADA DA DEMI...OMG EU TO MORRENDOO :( POSTA MAIS POR FAVOR TOMARE Q O JOE SE FERRE KK ODIO MORTAL DELE AGORA!

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3