Visualizações

10 de jul de 2012

Be Yourself- Chapter 57


Chapter 57- Ashamed...

-O que houve?- perguntei calmo, ou pelo menos tentando parecer, tirando uma mexa de cabelo que cobria seu rosto.
-A camisinha, Joe- sussurrou, muito envergonhada. Eu não conseguia vê-la perfeitamente bem, porque obviamente estava muito escuro, mas a luz do luar me ajudava a ter certeza de que ela estava completamente vermelha.
-Shiii- sussurrei em seu ouvido, acariciando seu rosto- Relaxa- pedi forçando um sorriso e rapidamente juntando novamente nossos lábios, antes que ficasse completamente maluco de vez.
-Relaxar? Não, Joe- disse claramente nervosa, se afastando de mim- Para- pediu me empurrando.
-Ta tudo bem, Demi- disse confuso, segurando-a cuidadosamente, não deixando que ela se distancia-se mais.
-Como "ta tudo bem?"- perguntou- Não, eu... não vou...Você não vai me convencer a fazer isso- me encarou, muito nervosa, tentando se afastar e respirando com dificuldade- Isso é maluquice, não...
-Demi!- chamei, interrompendo-a e fazendo com que ela me encarasse e parasse de falar- Eu tenho camisinha- garanti, falando do modo mais tranquilizante e amigável que consegui.
-Mas...- continuou duvidosa.
Olhei bem em seus olhos e a beijei novamente, deslizando minhas mãos por seus seios e sua nuca. Abaixei um pouco seu biquíni, colocando uma de minhas mãos levemente por dentro, acariciando-a lentamente, ousadamente.

-Joe, para...- tentou se afastar, mas não teve muitas forças para isso.
Parei de beijá-la e soltei o ar pesadamente. Levei minha mão rapidamente até minha carteira que estava do lado do celular e retirei o que ela tanto queria ver.

-Aqui, Demi- disse, revirando os olhos, um pouco desanimado- Eu te disse que tinha, porque não acreditou em mim?- coloquei uma mexa de seu cabelo para trás.
-Eu...- ela parecia mais nervosa ainda, talvez por ter feito isso- Me desculpa- sussurrou, envergonhada.
-Ta tudo bem?- perguntei calmo, para me certificar.
Ela assentiu, respirando fundo e voltamos a nos beijar. O clima meio que acabou depois daquilo, mas tentei manter a calma e tranquilidade em tudo que fazia, sempre sendo carinhoso e sorrindo para ela, tentando tranquilizá-la também. Percebi como ela ficou um pouco nervosa mesmo depois de eu ter tentado acalmá-la, ficou estranha. 


Deslizei minhas mãos por todo seu corpo, até finalmente arrancar seu biquíni, com facilidade. Ela não demorou muito para fazer o mesmo com a minha roupa.
Encarei seu tronco descoberto, analisando-a. Acho que pela primeira vez pude realmente observá-la sem muito receio. Acariciei seu corpo, tentando fazer com que ela se soltasse mais e me fizesse ter a certeza de que estava tudo realmente bem. Eu entendia que ela havia ficado preocupada e que o nervosismo a fez pensar que eu continuaria mesmo assim. 


Ela estava mais calma do que antes, já até começava a sentir mais o momento, sentir nossos corpos juntos, como um só. Depositei beijos em seu pescoço, acariciando seu rosto. Ela soltou um longo suspiro em meu ouvido e eu acariciei suas costas, pressionando mais nossos corpos. Me afastei um pouco para encará-la. Meus olhos se prenderam nela e nossos olhares se misturaram. Ela estava com eles abertos, ainda um pouco estranha. Seu olhar tinha uma mistura de coisas que eu não conseguia decifrar.
Lentamente, passei minha mão sobre seus olhos, fechando-os com calma e carinho. Delicadamente beijei o topo de sua cabeça e segurei sua mão, acariciando-a com meu polegar.
-----------------------------------------------------------------------
Ela vestiu rapidamente sua roupa depois de tudo, sem falar nada. Ela estava envergonhada, preocupada. Fiz o mesmo, colocando meu short e a blusa, pois estava bem frio ali. Depois de vestida, ela continuou de pé, virada de costas para mim, "se abraçando" com os braços cruzados. Eu estava deitado no chão, a observando e esperando que ela viesse até mim.
Só havíamos nos beijado uma vez antes de ela sair para se vestir. Não havíamos trocado palavras nem olhares. Eu não queria que isso acontecesse de novo, não deixaria que as coisas ficassem assim.
-Dems...- chamei carinhoso, ela apenas abaixou a cabeça- Vem cá, senta aqui- pedi.
Ela se virou lentamente, respirando fundo e se controlando ao máximo. Algumas lágrimas desciam pelo seu rosto e eu via seus olhos brilhando através da luz do luar. Ela ainda tinha seus braços cruzados, soluçando um pouco por causa do choro que havia aumentado um pouco e de suas tentativas para contê-lo.
Quando estava prestes a me levantar para ir até ela, inesperadamente ela se sentou ao meu lado, encarando o mar.

-Não precisa ficar assim por causa disso- me aproximei, abraçando minhas pernas e me sentando ao seu lado.
-Eu sou ridícula, Joe- sussurrou caindo no choro, sem conseguir se controlar mais.
-Para com isso- exigi- Não chora, por favor.
-Você não devia nunca mais olhar na minha cara, como eu queria fazer- sussurrou, em meio aos soluços.
-Meu amor, você está chorando por causa do que aconteceu?- perguntei, sem conseguir acreditar muito. Lentamente levei uma de minhas mãos até suas costas, acariciando-a.
-Por raiva de ter feito o que eu fiz- lutei para entender o que ela falava, já que sua cabeça estava enterrada em seus braços e o choro não ajudava.
Ela se jogou em meus braços, me abraçando da maneira mais forte que conseguiu, prendendo seus braços ao redor de meu pescoço, segurando firmemente e chorando muito, escondendo seu rosto em meu peito. Acariciei seu cabelo, enquanto deslizava minhas mãos por suas costas.

-Ta tudo bem, anjo- sussurrei em seu ouvido, de forma calma, para que ela se acalmasse- Se eu te disser que isso é besteira sua você para de chorar?
-Não- tentou controlar o choro, ainda segurando em minha camisa.
-Demi, chega- disse, sério- Isso não vai te levar em nada- me afastei, ainda assim de forma calma e carinhosa. Ela não me encarou, apenas se soltou de mim, parecendo assustada- Ridículo é isso que você está fazendo- percebi que o choro aumentou.
-Eu... eu vou embora- sussurrou, se levantando rapidamente, indo até sua bolsa.
-Não, você não vai- me levantei, indo até ela e segurei seu braço.
-Me solta, Joe- disse um pouco confusa, já diminuindo o choro.
-Eu não solto- disse com convicção- Olha pra mim, me escuta- pedi, calmo- Não quero que se sinta pior, só não precisa chorar por uma coisa dessas. Você só estava preocupada e nervosa- expliquei, ela fixou seu olhar no meu, segurando minha mão- Demi, eu entendo isso. E você não fez nada de errado- garanti.
-Eu estou morrendo de vergonha de mim mesma- murmurou- Eu quero cavar um buraco no chão e me jogar dentro- abaixou o rosto, escondendo-o com uma das mãos, já que a outra estava junta a minha.
-Dems, presta atenção em mim- pedi, rindo um pouco por como ela falava, afastando uma parte do clima ruim que rondava entre nós- Chega disso, tá bem?- acariciei seu rosto- Não quero te ver chorando, muito menos por algo do tipo.
Ela soltou minha mão e lentamente andou até o local onde estávamos deitados antes. Ela estava de costas para mim, mas percebi que ela encarava o lugar. Foi assim durante alguns minutos, em puro silêncio.
-Você devia estar bravo comigo...- sussurrou, ainda na mesma posição.
-Posso saber porque?- perguntei, curioso.
-Como "porque"? Eu sempre atrapalho tudo- disse- Da última vez foi a mesma coisa...- sussurrou.
-Porque ta dizendo isso, Dems?

Continua...
Poxa gente, vamos comentar! :( Eu não ia postar hoje, mas eu acabei decidindo fazer isso por todos vocês que entram aqui todos os dias para conferir, que gostam e esperam ansiosamente.. enfim, por vocês. Mas vamos comentar! :( Gostaram? :) Obrigada, amo vocês, tá? <3


Lorena--- awn muito obrigada! <3 Ninguém falou não... é que marcaram nos indicadores logo abaixo de uma postagem aí como 'chato' :s e também eu acho que vocês não estão mais curtindo como antes... mas enfim, obrigada! :D
Isabbela--- Obrigada!! Ah hahahahahaha ;)
Bruna--- Obrigadaaaaaa, amor! <3 hahahahaha gosto de confundir vocês.... :P #joking :3
Sahmara--- AAAAAWN MUITO obrigada, gente, você é uma coisa <3 FOFAAAAAA :333 hahaha bom, já postei, espero que tenha gostado! :DD Beijinhooos <3
Demistar--- Ownt obrigada *-* Bom, as minhas esperanças não acabarão nunca ;) Beijos :)




Beijemis, Bruna *o*

9 comentários:

  1. Pfvr o capitulo ficou muito lindo!
    A Demi tem que parar com essa paranoia de que ela estraga tudo,tipo relaxa e curte minha filha HDSUAIHDISAGDIA
    Posta maaaaais :D

    ResponderExcluir
  2. de nada flor , nossa eu amei como sempre , e a demi tem hora que e muito besta serio , ñ sei como joe aguenta viu kkkkkkkkkkkkkkkkkk , ainda bem que vc postou ah liga ñ se ñ ter vários comentários o importante é oque realmente curti e gosta flor bjsssssssssss :)

    ResponderExcluir
  3. Brunaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! <3
    O capítulo foi perfeito e mega fofo, tirando a parte que a Demi ficou paranoica por causa da camisinha! Mas ok, o Joe entendeu e ela tem que parar com isso. :/ O que vai acontecer agora? Quando vai ser a viagem? E a Selena e o Nick? haha
    Posta logo! :)

    Beijos, te amo, tá? <3

    ResponderExcluir
  4. ah de nada , eu sei que a esperança tem com continuar mais sei la ja não tenho elas :( bom a fic está ótima de vc não postasse eu ia te matar kkkkkkkkkk brincadeira eu ia ficar com raiva e verdade vc não tem que lugar para quantos comentários tem e sim aqueles que gosta e não deixa de ler nenhum dia como eu hahahahaha posta logo por favor .. beijos

    ResponderExcluir
  5. ops tem uns erros ai mais vc entendi né kkkkkkk e o meu teclado que está apagados buaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  6. tipo, o Joe deve estar AMANDO MUUUUUUUITO a Demi, pq se fosse eu, já tinha mandando ela pra bem longe... ~sim, sou um poço de paciência ¬¬'~ auhuahuahuah...
    acho ele um fofo com toda essa paciência com a Dems *.*

    obrigada por postar por nós, que amamos sua fic e não viveríamos sem ela... hehehe... sério, valeu mesmo!! ^^

    bjinhos =**

    ResponderExcluir
  7. MEU PUDIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIMMMM QUE SAUDADES QUE EU TO DE VOCÊ , VOCÊ NAO SABE O TANTO :) DESCYLPAS PELO AMOR DE DEUS NAO TER COMENTADO ULTIMAMENTE E PORQUE EU TI VIAJANDO TAVA EM NY E AGORA EM ORLANDO E AGENTE PASSA O DIA TODO FORA . INTERNET NAO TEM EM TODOS OS LUGARES AGENTE TA EM UM RESTAURANTE AGORA E EU CONSEGUI ENTRAR GRACAS A DEUS FIQUEI TAOOOOOOOOOO FELIZ POR TER LEMBRADO DE MIM VOCÊ NAO TEM NO AO :,D LI OS CAPÍTULOS E AMEI CONO SEMPRE PERFEITOS NE?! MEU DEUS QUE LINDOS OS JEMI KK NOSSA VEIO QUENLINDO NA PRAIA PÓ?! KKK ASSIM MESMO E DEMI BABY DA MINHA VIDA NAO CGORA MOSTRA PRO JOE A MULHER QUE VOCÊ E! E JOSÉ PARO NE ?! QUERO VERBA REAÇÃO DELA QUANDO SOUBE O QUE VOCÊ TA ESCONDENDO PÓ ARA FALA VOITADA DE DEMS ELA VAI FICAR TAO MAL .... E DEMI APROVEITA DELE VEIO FAZ ELE FICAR MAIIIIIIS DOIDO AINDA SE FOR POSSÍVEL .... E MEU DEUS TO IMAGINANDO QUANDO A DEMI SOUBER ... TA PAREI KKKK MEU PUDIM POSTA LOGO VOU FAZER O POSSÍVEL PRA OLHAR. TODO DIA SÓ PQ E VC .... TE AMOOOOOOO MEUUUUU PUDIM

    ResponderExcluir
  8. posta logo por favor eu amei

    ResponderExcluir
  9. Posta logoooo! Tô ansiosa para os próximos capítulos. Bjoooo ;*

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3