Visualizações

30 de jun de 2012

Be Yourself- Chapter 52


Chapter 52- I won't change...

-Você ta bem?- perguntei preocupado.
-O que você acha? Eu devia?
Respirei fundo- Eu te machuquei?
-Não, Joe- afirmou- Não fisicamente- sussurrou.
-Qual o problema?- perguntei calmo, tranquilamente.
Ela riu, sem nenhum humor, ainda sem me encarar. Eu percebia que ela estava muito triste- Você só pode ser cego, Joe- disse- Jura que não sabe qual o problema?
-Não to falando da gente. Quero saber o que aconteceu, porque você não ta bem- disse da forma mais suave que consegui.
Ela enfim me encarou, mas com uma expressão confusa, magoada e também um pouco surpresa.
-Isso tudo já não basta?- perguntou, com um sussurro
- Eu sei que já estava acontecendo alguma coisa antes disso- afirmei.
-Como pode ter tanta certeza?
-Eu te conheço.
-Você não liga pro fato de eu estar triste com você, não é? Do que adianta eu contar porque estou mal se você só me deixa pior?- perguntou angustiada.
-É claro que eu ligo!
-Então porque "Não to falando da gente" ?- perguntou.
-Porque eu queria saber  o que te incomodava antes.
-Bom... não importa. Não vai mudar em nada- deu de ombros.
-Tudo bem se não quiser me contar- disse- Eu não exijo isso de você, sei que só quer me ver longe daqui, eu acho.
-Parece bom pra você?- virou a cabeça para me encarar.
-De forma alguma- garanti- Mas... ah, Demi... as vezes a gente só quer... voltar no tempo, sabe? É difícil mudar, continuar. Às vezes eu não sei direito o que eu quero ou o que mesmo eu sou. Eu falei tudo aquilo pra você porque na hora era o que eu estava pensando. Estava me sufocando, eu não sei porquê.
-Você sentia falta da antiga Demi, desculpa te decepcionar- disse seca.
-Não me decepcionou, Demi- afirmei, sério- Eu confesso, senti falta... Não é normal pra mim, eu fui acostumado a outras coisas, de outra forma- expliquei, sincero- Parar e pensar em como eu sou agora não me pareceu uma boa ideia, isso me deixou maluco.
Ela ficou calada, se encolheu mais, fitando o nada.
-Eu não quero que entenda- respirei fundo- Muito menos que mude por mim. Só que... poxa, não tá fácil, Demi- adimiti.
-O único jeito que você achou foi me levar para a cama? Já está mais calmo agora, ou vai me forçar a mais alguma coisa?- perguntou, deixando escapulir uma lágima.
-Eu não te forcei a nada, Demi- afirmei- Se você não quisesse, eu teria parado.
-Mas exigiria uma explicação. Ficaria chateado comigo e me faria ouvir muito, Joe. Falaria que eu não sou mais uma menininha virgem com medo de tudo.
-Não é por causa disso que você não tem o direito de não querer.
-Eu sei disso. Mas pensa em como você estava falando comigo- pediu- Na verdade tudo isso começou na boate. Me tratou como se eu fosse uma qualquer, ou só mais uma.
-Você não é só mais uma, nem uma qualquer. Ah Demi... eu já disse- passei a mão no cabelo- Escuta, você disse que confiava em mim. Eu posso ter agido de uma forma diferente com você mas sou só eu. Você não transou com um qualquer que encontrou numa boate. Só... comigo, Demi. Qual o problema nisso?
-Ta vendo, você sempre me pergunta qual o problema! Eu te respondo e você acha que é besteira- disse nervosa, manhosa.
-Não é besteira- segurei sua mão, ela me encarou- Eu não me aproveitei de você!
-Fala sério, Joe!- revirou os olhos- Você saiu da boate já querendo me trazer pra cá.
-É verdade- concordei calmo- Mas isso não significa nada- dei de ombros.
-Como não?- perguntou confusa- Eu não to entendendo, Joe. Porque está me tratando assim? Eu to confusa...- levou as mãos ao rosto- Porque ta fazendo isso?
-Não to te tratando de uma forma diferente, Demi- insisti- Você que está vendo assim.
-Joe... uma hora você estava comigo na boate, me beijando de um jeito como nunca fez, fazendo coisas diferentes. Eu levei numa boa, mas me incomodava. Depois você me trouxe pra cá e ficou irritado comigo só porque eu não tinha certeza se era uma boa ideia dormir aqui- explicou- A gente transou, mas pra que? Eu não estou nem um pouco feliz e se isso te faz ficar bem, mesmo sabendo que eu não estou, tem alguma coisa errada, Joe. Agora você volta aqui, todo atencioso. Eu juro que não entendo!
-Transar com você não me deixou feliz, exatamente porque eu sei que você não está.
-Então me explica, porque eu não to te entendendo!
-Olha... antes me promete que não vai pensar que eu quero que mude- pedi.
-Tudo bem, eu prometo- disse.
-Eu vou ser sincero com você- respirei fundo- Eu sempre fui assim, Demi. No tempo em que nós estávamos juntos, tudo mudou. Na sua vida e na minha também. Você não é nem de longe o tipo de garota com quem eu sempre fiquei, mas isso só provava que você era única. Eu me tornei uma pessoa completamente diferente, mesmo. E isso foi me consumindo hoje. Eu estava te vendo naquela boate e simplesmente me esqueci de tudo. Eu só queria que você fosse um pouco como antigamente. Esse jeito tímido me deixava... incomodado- fiz careta- Eu senti falta de como tudo sempre foi, de verdade. Mas não, eu não quero voltar atrás. A minha vida de antigamente era sim boa e faz muita falta. Porque às vezes é a única coisa que eu preciso. Mas isso foi uma coisa que passou pela minha cabeça hoje, não é algo que eu goste de pensar. Nada vai mudar o que eu sinto por você, nem me mudar, tudo bem?
-Tudo bem, Joe- concordou, claramente decepcionada.
-Eu não queria te deixar assim, mais triste comigo do que já está.
-Não, eu... agradeço por ter sido sincero comigo, mesmo.
-Se eu tivesse que escolher entre um dia com você e mil noites com quem eu quisesse, escolheria você sem nenhuma dúvida- disse, calmo- Eu te amo, você não precisa se preocupar com isso.
-Sabe... isso ta muito estranho- disse- Não parece que eu estou falando com a mesma pessoa- comentou receosa.
-Sou só eu, juro- disse acariciando seu rosto- Eu não mudei- forcei um sorriso amigável.
-Ainda é o meu melhor amigo chato, irritante, lindo, calmo, engraçado?- perguntou sorrindo, apenas assenti- Ainda é o namorado paciente, que me entende, que me espera, que me ama... gentil, fofo, educado, carinhoso... safado?- sorriu travessa.
Soltei uma gargalhada- Sim, sou- concodei.
-Ah, então ta bom- me deu língua e abriu um lindo sorriso, me abraçando firmemente.
-Desculpa, ta? Não liga pro que eu falei, foi pura idiotisse- sussurrei em seu ouvido- Você me conhece, sabe que foi da boca pra fora, me perdoa, sério mesmo.
-Ta tudo bem, Joe- afirmou- De verdade. Você foi sincero comigo e eu realmente agradeço. É por isso que eu confio em você, muito.
-Obrigada- agradeci- E me desculpa por tudo que eu fiz hoje também... Lá na boate e aqui...
-Não, esquece isso- pediu sorrindo- Foi besteira minha, eu só fiquei triste por como você falou, mas agora ta tudo bem- garantiu.
Lhe dei um beijo no topo da cabeça e a abracei por mais um tempo.
- Porque... não começamos a conversa de outro jeito? Me diz porque estava triste- pedi.
-Não era nada com você- suspirou- Hoje mais cedo, na sua casa... o Nick, ele... me agarrou a força. Só que dessa vez foi diferente- sussurrou.
- Ele fez o que? Eu vou matar aquele idiota!- resmunguei, pronto para me levantar e acabar com a cara dele.
-Não- segurou meu braço, me impedindo- Olha, esquece isso. O que passou passou e ele me prometeu que me deixaria em paz.
-E você acha que ele vai cumprir?
-Sim, eu acho.
-Porque foi diferente? O que ele fez?- perguntei, nervoso.
-Ele...- abaixou a cabeça, suspirando.
-Demi....- a encarei, insistindo para que ela falasse.
-Passou a mão em mim- sussurrou tímida.
-Ta legal, agora eu mato ele- me levantei, com muita raiva- Mas antes- voltei até ela, me abaixando ao seu lado- Você ta bem? Ele te fez alguma coisa?- perguntei preocupado.
-Não, ele não fez- respondeu rindo. Fiquei realmente feliz ao vê-la sorrir- Não precisa matar ele, se ele fizer alguma coisa de novo, eu deixo- piscou me fazendo rir.
-Era por isso que você estava meio estranha?- perguntei, me sentando novamente, atencioso.
-Sim...- sussurrou- Mas ele não tem nada haver com a gente, deixa ele pra lá.
Não era mesmo hora para brigas. A envolvi com meu braço e ela depositou sua cabeça em meu ombro.
-Peguei sua blusa...- comentou- Não se importa, né?
-Claro que não- sorri.
Ela se deitou mais em meu colo e encarou o céu.  Eu tinha uma de minhas mãos entrelaçadas a dela e a outra mexia em seu cabelo.
-Eu acho que a noite não foi muito bem como você esperava, não é?- perguntei realmente chateado comigo mesmo por ter feito isso.
-Eu queria poder dizer que você estava errado...- fez careta- Mas, desculpa, realmente não foi- suspirou.
-Ah, Demi...- eu nem sabia mais o que falar- Eu queria ter feito dessa noite ótima, um jeito bom pra te distrair e eu só te deixei pior!- disse inconformado.
-Imagina, Joe... teve seu lado bom- afirmou.
-Eu só fiz besteira, Demi- disse sério.
-Só não foi uma boa ideia ter me trago pra cá, insistido para que eu ficasse- disse- O resto... eu aguentava- forçou um sorriso, abaixando a cabeça. Ela ainda estava chateada.
-Me perdoa por ter te "obrigado" a alguma coisa, mesmo que involuntariamente- pedi realmente arrependido- Eu não queria ter feito isso.
-A única coisa que me deixou mal foi pensar que você só estava fazendo aquilo porque queria... se divertir, aproveitar...
-Como se estivesse só te usando- completei, chateado.
-E não porque queria... Ah, você entendeu- deu de ombros- Que fosse especial.
-Eu não pensei muito nisso na hora- confessei- Eu acho que não era minha preocupação principal...
-Foi por isso que eu... fiquei chateada- disse, se aconchegando mais em meus braços.
-Independente de qualquer coisa, não era o que eu queria. Eu devia ter colocado a minha cabeça no lugar, devia ter te tratado como você merece, e nunca como eu fiz.
-Joe... escuta- pediu- Era você, isso já muda tudo- afirmou com um meio sorriso- De qualquer forma você não me machucou, não agiu de forma grossa ou... sei lá, você não me tratou mal.
Não respondi, apenas entrelaçei  nossos dedos e respirei bem fundo, soltando pesadamente o ar.
-Tirando tudo, toda a situação que era envolvida- continuou- Eu garanto que foi especial. Você sempre faz tudo especial, Joe. Mesmo fazendo as coisas sem pensar, você foi cuidadoso comigo, e carinhoso também.
-Se eu não tivesse sido, pode ter certeza que me mataria- afirmei.
-Eu ficaria bem triste...- comentou.
-Desculpa, é que... eu pensei que quisesse aquilo tanto quanto eu- disse.
-Eu queria- suspirou- Não exatamente do jeito como foi, mas eu queria. Não te parei porque... eu até tive receio do que você fosse pensar, mas também porque sabia que não me desapontaria.
- Eu juro pra você que foi com amor- sussurrei em seu ouvido.
-Eu acredito- garantiu -Eu não fiquei com medo do que você fosse fazer... porque eu confio em você, mesmo que as coisas estivessem muito confusas. Eu estava insegura sobre o que fazer... um pouco assustada só.
-Eu não vou fazer isso de novo- prometi- Se eu fizer, você me da um tapa na cara- sugeri, fazendo com que ela sorrisse.
-Vou me lembrar disso- piscou.
-Você quer ficar aqui ou... topa ir lá pra dentro?-perguntei acariciando seu braço.
-Topo- sorriu.

Continua...
Gente, gente... relaxem! Está tudo bem! hahaha não precisava de tanta preocupação! :P Bom... gostaram? Então, eu estou tão feliz com os comentários!! *-* Muito obrigada, amo vocês <3 ONDE ESTÃO DALLAS & CAMI? MEU DEEEEUS D: To preocupada :( :( :(

Dani--- Ah.. mas tudo já se resolveu! :)
Bruna-- hahahaha bom, eles estão bem! haha beijos <3
Isabbela-- Awn obrigada! *-*
Anônimo-- Obrigadaaaa =D
Lorena--- Haaaaaa valeu, amore! haha :D
Carol--- Linda! Saudades de você, precisamos conversar mais :( Enfim, muito obrigadaaaaa coisa fofa! Bom... a Demi já falou do Nick... já o Joe... :/ Dessa vez você errou! :O hehe ninguém saiu chorando, está tudo bem!! :)  Hahahahaha obrigada, linda! Te amo muito, tá? <3
Demistar-- Awn hahahaha que fofa :3 Obrigada! s2
Sahmara---OMG! hahahahaha que lindaaaa *O* Owwwwnt obrigada, amore!! <3 <3 Nossa, é tão bom ler isso, é incrível! :DDD Beijocas <3
Stephanie-- Hahaha obrigada :) Beijos <3
Bia--- LINDAAAA *_* É sim, só coisa passageira :P hehe Awwwwwwwn <3 Você é sim, INCRÍVEL!!! minha bb <3 Te amo <3 Obrigadaaaa por tudo! :3
DemiZ---- Awwwn seja muito bem-vinda, amore! Nossa, muito obrigada, sério mesmo! Que bom que você está gostando, isso é maravilhoso! *O* hahaha não veio tempestade não... eles estão bem :P hehe obrigada, beijocas :D

MUUUITO brigada, gente! Amo vocês! Comentem muuuito, hein?! :D

Beijemis, Bruna *-*

10 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA *O* Que bom que eles ficaram bem, haha Mas tipo, e o lance da Sel? Eles vão esconder por mt tempo? ;s Posta loooooooogo, bjbj ;*

    ResponderExcluir
  2. Hey, pois é a sumida, apareceu sorry, não ter comentado antes ! Eu juro fiquei preocupada com "Jemi",mas ainda bem que eles se acertaram *_*
    Posta Logo #Curiosidade#

    Ah tá rolando um concurso,jogo, como preferir lá no meu blog, dá uma olhada lá, se gostar participa !
    lovejemistory.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Desculpa só comentar agora :/
    Só agora pude comentar, ontem fiz uma cirurgia pra tirar uns negocios, e só agora pude entrar no pc, antes era por causa da escola e de uns problemas pessoais.
    Mais vamos aos capítulos, eles estão mais que prefeitos, mais oq vai acontecer com o lance da sel?? to curiosa.
    e vc melhorou??
    Bjs
    Posta logo!!
    ASS; Cami

    ResponderExcluir
  4. *o* adoro reconciliações!!!
    ainda mais qndo é de Jemi!! ^^
    lindo!
    esperando o próximo capítulo ;)
    bjos =**

    ResponderExcluir
  5. ai que bom que eles estão bem :) espero que permaneça assim shaushaush
    ai queria bebês na fic ~sei que isso é mt viajem~ porém acho tão :333333 fofinho quando tem bebês hsuahsuahsuhsuah
    Posta maaaaaaaaaaais

    ResponderExcluir
  6. aaaaaaaaaaa posta logo meu estou mega amando essa fic

    ResponderExcluir
  7. Awn de nada *_* olha a hora que eu acordei perdi o sono kkk bom como não tinha nada para fazer além de está chovendo aqui vem ler as fic eu vem logo aqui hehehe nossa que fofos eles ñ e posta logo

    ResponderExcluir
  8. Adorei o capitulo!

    Já viu o meu blog http://dianaisabelpinto.blogspot.pt/ ? O que achou? Não disse nada. Não tenha medo de me dizer que não gostou até agradecia que desse alguma critica. Como nem se tornou seguidora nem nenhum comentário fez eu penso que não gostou.
    Se não gostou avise mesmo. Pode dizer. Se gostou torne-se seguidora por favor.

    Posta logo!

    Bjs :)

    ResponderExcluir
  9. aaaaaaaaaaaa qu super fofos eles juntos gente ai eu estou apaixonada por eles assim , gente vcs estão sabendo que joe está namorando uma cadela tip oela fuma maconha dança em boates e muito mais eu estou passada e triste :(

    ResponderExcluir
  10. Brunaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! <3
    Bom, vamos lá! O capítulo foi LINDO, ainda mais que ninguém chorou e sofreu. *_* Foi muito bom ter errado o meu palpite porque não estava preparada para vê-los brigar. :/ Ainda bem que a Demi já contou sobre o Nick e aguardo ansiosamente pelo capítulo que o Joe vai contar sobre a Selena e tudo mais. A Demi vai ficar triste com ele? :(
    Awn, eu também sinto saudades de você. :/ Precisamos conversar mais, mesmo! hahahaha :p
    Posta logo! ;)

    Beijos, eu te amo! <3 Nunca esqueça disso! <3

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3