Visualizações

28 de jun de 2012

Be Yourself- Chapter 51


Chapter 51- Wrong?!...

Passaram-se algumas horas. Já estava tarde, mas nem tanto para uma boate. Agora estava começando a encher de verdade. Passamos toda a noite nos beijando como nunca tínhamos feito antes. Demi realmente estava mais solta, porém eu não tinha certeza se estava chateada comigo por ter sido um tanto quanto abusado. Bom, pelo menos se estivesse ficado incomodada ela não havia demostrado. Eu sinceramente não sabia se era certo agir assim, mas com ela eu perdia o controle. Antes que ela me levasse a loucura, consegui fazer com que ela aceitasse ir para casa comigo. Era óbvio que eu não a levaria para sua casa, e sim para a minha.

-E a Selena, Joe?- perguntou quando entramos no carro.
-Eu falei com ela, o Nick vem buscá-la- respondi calmamente.
-Ata...- disse simplesmente, respirando fundo como se estivesse com a cabeça longe.
-E vocês? Como estão?
-Bem....- respondeu.
A conversa não estava fluindo muito bem. Mas preferi não falar nada, ela não estava triste comigo, eu via isso em seus olhos. Parecia apenas... envergonhada.
Passei uma de minhas mãos na sua, fazendo um carinho confortante. Ela me encarou sorrindo tímidamente. 
Era estranho. Parecia que nem nos conhecíamos direito, já estavamos tendo alguma coisa e eu estava levando-a até minha casa, para só lá terminar o que havíamos começado. Não era nada disso. 

-Ér... boa noite- forçou um sorriso, quando estacionei em frente a minha casa.
Segurei sua nuca rapidamente e a puxei, lhe dando um beijo calmo. Tentei colar mais nossos corpos, porém ela bateu no cambio do carro. Não sei muito bem como, mas consegui fazer com que ela viesse para o meu lado. Colei nossos corpos por completo e lhe dei um selinho.

-Dorme aqui comigo?- perguntei em seu ouvido, segurando em sua cintura.
-Eu dormi aqui ontem...- ela parecia um pouco insegura.
-Eu quero ficar com você- pedi- Por favor- coloquei uma mecha de cabelo sua para trás da orelha.
-Não é uma boa ideia, Joe- sussurrou.
-Poxa, Demi- disse chateado- Qual é? Porque isso?- confesso que estava um pouco impaciente, não sabia exatamente porquê.
-Como... como assim, Joe?- sim, ela estava confusa com o jeito como eu falava.
Talvez minha paciência tivesse acabado por essa noite. Ela havia me deixado louco naquela boate e não iria embora agora. Eu estava um pouco cansado desse jeito tímido dela, claro que eu amava isso, mas algumas vezes eu só queria que ela fosse mais... como antes.

-Demi, sou só eu!- disse tentando manter a calma- Qual o problema em dormir aqui comigo?
-Eu nunca tive problema nenhum em dormir com você, Joe- disse, chateada- Você sabe disso.
-Sim, e porque isso agora?- perguntei- Antes você não dizia que era uma má ideia. Agora só porque a gente transou você não quer mais dormir comigo? Posso saber o porquê da palhaçada?- coloquei tudo para fora de uma vez, era o que eu precisava dizer a ela.
-Você ta falando sério?- me encarou incrédula.
-Sim, eu estou!- respondi em tom óbvio.
Ela saiu do meu colo no mesmo instante e se sentou no seu lugar novamente. Juntou as mãos e abaixou a cabeça, fitando-as.


Eu só queria que ela tivesse a iniciativa algumas vezes, que mostrasse o quanto quer ficar comigo assim como eu. Durante todo esse tempo eu tive calma com ela, e ainda teria, nunca era minha intenção deixá-la mal ou chateada. E ótimo, eu havia feito isso. Mas simplesmente me deu vontade de voltar no tempo, quando eu dormia com todas as garotas e quando Demi não era essa pessoa tímida e reservada. Mas não, isso era maluquisse. Eu a amava e deveria tomar cuidado com o que falava.... e pensava.
-Eu só não to bem, Joe- disse mais alterada- E você está piorando tudo- seus olhos estavam marejados, mas ela se segurou ao máximo.
-E poque você não me disse que estava mal?
-Porque não te interessava- respondeu grossa.
- E é por isso que você não quer dormir aqui?- perguntei irônico.
-Era porque eu não estava te reconhecendo, Joe!- disse quase gritando- E eu ainda não estou- respirou fundo, tentando se controlar mais.
A encarei por um segundo e contei até 10. Eu precisava me acalmar, nunca devia falar com ela daquele jeito, tinha que manter minha cabeça no lugar.

-Ei, entra comigo- pedi mais calmo- Por favor.
Saiu do carro rapidamente e eu fui logo atrás. Abri a porta de casa e ela seguiu até o meu quarto, sem me esperar. Ela abriu a porta do quarto e caminhou até a cama, se sentando ali.

-Parabéns, Joe. E agora, qual a sua ideia pra tirar esse clima?- perguntou cinicamente.
-Eu juro que não pensei que fosse ser esse drama todo- revirei os olhos, entrando no quarto.
-Você fez isso, Joe- disse, agora não sendo mais irônica e sim demostrando tristeza.
Não respondi. Eu não tinha como responder isso a ela, não podia deixá-la mais triste. Caminhei até a cama e a beijei, com muita tranquilidade, diferente de antes. Lentamente a deitei na cama. Sua respiração estava claramente alterada e se misturava com a minha. Ela pareceu exitar no começo mas logo se rendeu. Depois de um pouco de insistência, deixou que minha língua invadisse sua boca, brincando com a sua. Acariciei de leve seu rosto, ela tinha seus olhos fechados. Prendeu suas mãos em meu cabelo e me puxou para mais perto. Eu estava feliz por ela não ter me evitado.


Coloquei minha mão por dentro de seu vestido, levantando-o a ponto de conseguir acariciar sua barriga. Ela se esquivou um pouco, mas segurei firmemente sua cintura e a puxei novamente, sem deixar que se afastasse. Ela deslizou suas mãos pelo meu peito e tentou me "empurrar" um pouco. Juntei nossos lábios em um beijo mais intenso, e com o tempo, ela foi se deixando levar, perdendo as forças para me parar.


Levantei mais sua roupa e logo arranquei o vestido, com rapidez e agilidade. Muito lenta e timidamente, ela segurou minha camisa, levantando-a. Logo conseguiu tirá-la. Segurei em sua nuca e me deitei mais por cima dela, beijando seu pescoço. Ela usava apenas a lingerie preta. 


Deslizei minhas mãos por seu corpo, sem medo algum. Ela segurou meu braço, quando fiz um carinho bem ousado em sua coxa, perto de sua calcinha. Subi um pouco até a borda da delicada peça, brincando com ela. Afastei um pouco nossos lábios, para recuperar o fôlego e beijei seu pescoço, dando algumas leves mordidas. Ela gemia e suspirava em meu ouvido, sentindo nossos corpos juntos. Isso me levava ao delírio. Rapidamente abri o fecho da minha calça e a tirei, ficando apenas com a box. Ela abriu seus olhos calmamente, sua expressão era de insegurança, talvez até medo. Mas devia ser apenas impressão, afinal, agora não era mais como antes. 


Forcei um sorriso para ela, em sinal de que estava tudo bem. Ela respirou fundo e tentou sorrir de lado, mas não foi muito produtivo. Acariciei seu rosto, enquando ela deslizava seus dedos em meu peito, arranhando-o com a unha, fazendo com que eu aumentasse a intensidade dos beijos. 
Aos poucos, ela foi chegando para trás na cama- já que antes estávamos bem na beirada- e me levando junto. Prendeu suas pernas em minha cintura e envolveu meu pescoço com seus braços, selando nossos lábios. Deslizei minhas mãos pelas suas costas, precionando mais nossos corpos. Fui até o fecho de seu sutiã, abrindo-o. Arranquei a peça em segundos, e levei uma de minhas mãos até seus seios, acariciando-os. Sem muitas preocupações, aumentei a intensidade dos movimentos com meus dedos, fazendo com que ela soltasse longos suspiros em meu ouvido. 


Dei alguns beijos em sua barriga, subindo cada vez mais, até chegar em seus seios novamente. Beijei seu pescoço e segurei a borda de sua calcinha, tirando-a com delicadeza e pressa. Não estava mais aguentando esperar. Foram cerca de segundos até eu arrancar minha própria box e colar completamente nossos corpos.


Ela gemia meu nome enquando eu mordiscava sua orelha, invadindo-a e sentindo todo seu corpo. Éramos apenas um só, novamente. Selei nossos lábios, de forma apaixonada e calma, deixando com que minhas mãos vagassem por todo seu corpo. Logo caímos cansados na cama, ela fechou os olhos fortemente e se virou, encolhida e coberta pelo edredom. Nem sequer olhou na minha cara ou pronunciou uma palavra. 


Percebi que realmente alguma coisa estava errada. Ela estava chateada comigo, eu sabia. Mas então porque não me parou? Eu tinha uma certeza, ela queria aquilo tanto quanto eu.
Depois de alguns minutos, ela já não se mexia mais na cama, eu só via seu peito subindo e descendo, em consequência da respiração, que ainda era instável. Talvez ela já estivesse dormindo. Coloquei minha box e me levantei, indo até o banheiro. 


Liguei a água gelada e tomei um rápido banho, tentando colocar as ideias no lugar. Pensando muito bem, do que adiantava uma noite com ela se nós nem nos falávamos direito? Se ela não me olhava nos olhos e estava triste comigo? Não valia a pena. Se fosse como da última vez, nesse momento, estáriamos sem dúvida sussurrando coisas apaixonadas um para o outro e sorrindo como loucos. Eu desejava que fosse assim. 


Agora tudo já estava mais calmo e eu não me entendia por ter falado com ela daquela forma. Mas durante esse tempo, percebi que sentia falta de como eu era antes, hoje isso surgiu na minha cabeça. Não era certo, eu estava feliz com Demi, sabia disso. Mas mais cedo, as coisas estavam confusas. 


Quando saí do banheiro, ela não estava na cama. Vi sua sombra na varanda, fui até ela. Isso me lembrava da última noite, foi exatamente assim, mas de outra forma, completamente diferente. 
Me surpreendi ao ver que ela estava vestida com a minha camisa, mas não dei a mínima para isso. Tinha uma parte da varanda que não era protegida por grade alguma. Perigoso por um lado, mas eu gostava de sentar ali com as pernas para fora, penduradas. Era exatamente assim que ela estava. Sua cabeça estava baixa, suas mãos juntas e estava encostada na grade do outro lado. Me sentei ao seu lado.

Continua...
Hummm... acho que vocês gostaram :P... ou talvez não :s Bom, comentem muito, tudo bem? :D Amo muito vocês, obrigada por tudo! <3 

Luanna--- Awn obrigada! Bom... aí está :)
Anônimo--- Obrigada! :) Bom, desculpe se está pequeno...
Demistar-- Hahaha obrigada! :P
Lorena-- Ah obrigada, mesmo! =D
Anônimo--- Hehe valeu! :D Posteeeei :3
Sahmara--- Ownt *-* Que fofa <3 Obrigada, de verdade! Haha é... dessa vez a Selena não atrapalhou.. lol
Bia--- Babyyyy! Awwwn que linda, que bom que amou! *o* Hahaha pois é... bem safado lol Te amo, baby linda, fofa e maravilhosa <3 <3
Carol-- Caroooooool <3 Obrigadaaaaaa fofa! <3 <3 Bom.. ele fez sim... :/ Agora a Selena até que deu uma folguinha, né?! hehe Cara, quando eu li o seu comentário, eu fiquei tipo: "O_O CARACA, ela é muito boa em deduzir as coisas! *O* OMG!" hahaha pois é.. coisa boa realmente não veio :O Obrigada, meu amor! Te amo <3
Isabbela--- Hahahaha é... lol Beijocas :)

Beijemis, Bruna *-*

11 comentários:

  1. Awn gostei do capitulo, só não gostei da Demi ta chateada com o Joe =/
    Posta logo!

    ResponderExcluir
  2. :OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO essa foi a minha reação lendo o capitulo inteiro SHAUHDIUASDHAIUS vei como assim,achei que a Demi ia tirar satisfação com o Joe!
    Não gostei nenhum pouco da atitude do joe em querer voltar pro passado dele,af a Demi é perfeita pra ele,vamos esfregar isso na cara dele shuahsuahsauhsu
    Posta maaaaaaaaaaaaais

    ResponderExcluir
  3. aaaaaaaaaaaaa gente morri serio está divino , eu acho que a demi deveria conversar com joe quem sabe ele não fala né ?

    ResponderExcluir
  4. há posta logo por favor adorei *_*

    ResponderExcluir
  5. perfeito essa e a minha opinião muito lindo haaaa posta logo

    ResponderExcluir
  6. Brunaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! <3
    O capítulo foi simplesmente lindo, mas poderia ter sido melhor se a Demi não ficasse chateada com o Joe. u_u Mas, ela tem razão, quer dizer, nem tanto porque ela também esconde dele o que aconteceu com o Nick! :/ AAAA enfim... os dois estão errados.
    Eu jurava que a Demi fosse perguntar alguma coisa para o Joe, sério. Mas, sinto que depois dessa conversa na varanda, alguém vai sair chorando. Torço para que isso não aconteça, mas sei lá... Foi horrível vê-los discutindo e sendo "frios". '-' Quero que eles fiquem bem logo, dona Bruna! *_* E a Selena, hein? Vai aprontar quando?
    Adorei sua resposta para o meu comentário n capítulo anterior. hahahahaha Juro que tento raciocinar o máximo possível para tentar deduzir o que pode acontecer. :D Mas, como eu já te contei, nem sempre a teoria tem algum nexo. :/ hahaha Mas, consigo adivinhar de vez em quando. hehe
    Posta logo! ;)

    Beijos, te amo! <3

    P.S.: Sinto falta de conversar com você! :'(

    ResponderExcluir
  7. omg omg posta logooooooooooooooooo se não eu não aguento s2 s2 s2 no in love com essa fic hahaha

    ResponderExcluir
  8. QUAL É O PROBLEMA DO JOE?? SÉRIO!!
    E QUAL O PROBLEMA DA DEMI?? PQ ELA SIMPLESMENTE NÃO ABRE O JOGO COM ELE LOGO?? aff...
    :x minha irmã diz que eu pareço uma louca lendo sua fic pq eu fico falando sozinha e brigando/xingando os personagens... uahuahuah... sim, eu tenho problemas u_u
    quero o próximo capítulo!!!
    bjos =***

    ResponderExcluir
  9. AAAAAAA NAO ACREDITO! PQ ELES NAO PARAM COM ISSO?! QUE IDEIA! ARGH! dois idiotas isso sim U.U kkk ta muitoo lindo posta mais bjs!

    ResponderExcluir
  10. Hey Brunaaaaa, my babyyyyyyyyy <3
    O capitulo ficou muito lindo como sempre, mas o Joe e a Demi podiam ter aberto logo o jogo um com outro, né.
    Não gostei da atitude do Joe com a Demi. Como assim ele quer voltar ao passado?? Espero que isso seja só uma ideia passageira dele. Não gosto de ver eles assim, espero que eles fiquem bem logo.
    Eu não sou linda, fofa e maravilhosa.
    Linda, fofa, maravilhosa e muito mais é você <3
    Posta logo viu my baby <3
    Amo você <3
    Beijooos ;*

    ResponderExcluir
  11. Leitora nova na area... rs

    Eu to adorandooo a fic. Li ela ontem e hj de madruga.. sou fominha rsrs Preferi ler td antes de comentar .
    Sobre o cap.
    Pq esses dois nao abriram o jogo poxa. agora tao nesse clima. Vontade de socar o Nick e a Selena.

    O Joe com esse negocio de qurer voltar ao passado.. querer a Demi de antes.... affff Tinha que vim com essa agora... Tava td tao lindo com eles. pelo heito vai vim tempestade por ai...... :(

    Posta logo pleaseeeeeeeeeeeeeeee To loka aqui ja.

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3