Visualizações

26 de jun de 2012

Be Yourself- Chapter 50


Chapter 50- I wanna feel you...

-Nossa, acho que ficamos lindas- disse de pé em frente ao espelho.
-Realmente... muito melhor do que eu pensei que ficaria- ela deu de ombros- Vamos arrasar corações hoje- rimos juntas.
Depois de mais alguns detalhes, estávamos prontas. Já eram quase sete da noite- sim, nós havíamos demorado, mas o resultado foi satisfatório- descemos e ficamos a espera de Joe.
Eu não havia falado com ele mais. Selena ligou para ele- eu inventei uma desculpa para não precisar ligar- e eles marcaram um horário. Com o passar do tempo, fui ficando mais à vontade com Selena, conseguindo ignorar o fato de saber que estava sendo "excluída" de algum...' segredo'. Valia a pena tratá-la de forma estranha? Havíamos acabado de voltar a nos falar, era melhor dar uma trégua. A mesma coisa com Joe, eu queria aproveitar a noite.

-Acho que ele chegou- Selena disse animada.
-É... ele mesmo- sorri- Vem, vamos.
Pegamos nossas bolsas, a chave de casa e saíamos. Joe estava escorado no carro, com um lindo sorriso encarando as mãos, despreocupado. E, obviamente, lindo como sempre. Quando nos aproximamos, percebi uma certa mudança. Ele ficou um pouco nervoso de repente, apreensivo.

-Oi, meu amor- disse chegando mais perto, ele me deu um selinho.
-Oi, linda- sorriu, segurando em minha cintura- Sel.. - se aproximou, sem me soltar, e lhe deu um abraço- Eu não sabia que você vinha- comentou.
-É.. a Demi achou que seria uma boa ideia eu ir...- respondeu, sorrindo.
-Ata...- deu de ombros- Bom, vocês estão lindas, vou ter trabalho essa noite- comentou, fazendo com que nós duas rissemos.
-Não se preocupe comigo- Selena piscou- Mantenha seus olhos só na Demi- disse.
-Assim é mais fácil- beijou minha bochecha- Então, podemos ir?
-Sim- concordamos.
Joe abriu a porta para que eu entrasse- na frente- e Selena no banco de trás. Um legítimo cavalheiro. O caminho foi tomado por um silêncio incômodo, mas logo estávamos na boate.

-Bom, podem se esquecer de mim- Selena disse, se afastando- Aproveitem a noite- piscou e saiu andando, sumindo dentre a multidão.
-Vem- segurou minha mão- Por aqui.
Ele me guiou no meio de todos, e rapidamente estávamos em uma parte mais "reservada" e "calma" da boate. A música era alta e muitas pessoas dançavam- claro- outras também bebiam sentadas em mesas ou se agarravam com alguém.

-Você... gosta de dançar?- perguntou no meu ouvido, já que era a única forma de ouví-lo. Mas claro, a pergunta tinha um "toque de Joe", ele fazia uma voz sexy e segurava firmemente minha cintura.
-Não muito- confessei rindo, ele fez o mesmo.
Eu não era do tipo "oferecida" ou "piriguete" para ficar dançando em uma boate. Eu sabia muito bem COMO as pessoas dançavam aqui e não era esse o meu objetivo. Eu sabia que Joe entenderia. Se fosse uma coisa calma... pra dançar junto com ele, seria bom. Mas realmente, a boate me animaria.

-Não importa...- deu uma leve mordida em minha orelha- Você ficou muito linda nesse vestido- sussurrou, dando beijinhos em meu ouvido.
-Que bom que gostou- sorri- Escolhi pensando em você- brinquei.
Ele riu e selou nossos lábios, em um beijo intenso e muito mais "feroz" que os outros. Deslizou suas mãos pelas minhas costas, fazendo um carinho confortante e me puxando mais para perto.
Aos poucos, nossos corpos iam se movendo de acordo com a música animada, sempre com muita calma e delicadeza.

-Quer beber alguma coisa?- perguntou.
-Eu não bebo- fiz careta.
-Ah, então esquece- disse rindo.
Dançamos mais um tempinho, sempre juntos e nos beijando. Eu não sabia mais onde Selena estava, porém nem me importava muito com isso. Também não me preocupava em saber o que eles me escondiam. Já estava farta de mágoas e, já que me sentia bem com ele- muito bem- pra que brigar?

-Já cansou?- perguntou, sorrindo.
-Mais ou menos...- segurei suas mãos e fiquei na ponta dos pés, lhe dando um selinho.
-Vem, vamos sentar ali- me levou até uma das mesas.
Me sentei em seu colo e ele depositou suas mãos sobre minhas pernas, com delicadeza. Sorri sozinha, sentindo sua pele em contato com a minha, era uma sensação tão boa. Me virei para encará-lo e sem esperar muito estávamos nos beijando novamente. Aquele beijo envolvente, onde não há escapatória, você só quer permanecer ali para sempre. Principalmente com Joe. Esse jeito delicado dele me acalmava, confortava. 


Seus dedos acariciavam minhas bochechas, enquanto sorríamos entre os beijos. Eu já estava mais à vontade em seu colo, sem muitas preocupações. Não haviam muitas pessoas por perto e, mesmo que não estivéssemos sozinhos ali, quem prestaria atenção em nós?


Ele me beijava mais intensamente, cheio de desejo e sensualidade. Eu gostava desse jeito safado e sexy e Joe, ainda mais porque ele sempre me respeitava. Nossas línguas se encontraram em perfeita sintonia quando ele pediu passagem e eu dei, deixando que invadisse minha boca e brincasse com a minha. Suas mãos alisavam sem nenhum receio meu corpo, passando pelas minhas pernas, costas e depositando-as em meu quadril. 


Como estávamos sentados em um banco, tivemos que dar um pequeno jeitinho em nossas posições. Minhas pernas estavam juntas, em seu colo, viradas de lado, apoiadas no assento. Minhas mãos acariciavam sua nuca, enquanto eu sentia ele me puxando cada vez mais para perto, buscando um maior contato.

-Porque você estava tão... fria comigo hoje, Demi?- perguntou, se afastando.
-Não estava não- neguei.
Me encarou, claramente inconformado com a resposta, nem um pouco satisfeito.
-Acha mesmo que é o momento certo para conversar?- perguntei, fingindo indiferença.
-Você está certa- concordou.
Ele me deu mais alguns selinhos- um seguido do outro- puxando mais meu corpo para perto do seu e colocou nossas testas, respirando com dificuldade, assim como eu. Colocou seus lábios no canto de minha boca, fechando com um demorado beijo. Entrelaçou nossos dedos e sorriu.

-Me vê uma, por favor- pediu uma bebida a uma das "mulheres" que estavam servindo alguns homens por ali.
Era óbvio que elas usavam roupas minúsculas e se jogavam para cima de qualquer um, mas até que não era tão ruim assim.

-Está gostando?- perguntou.
-Bom, até que você escolheu uma boate... "calma"- disse.
-É, eu... acho que você não é muito fã..- deu de ombros.
-Você acertou- fiz careta- Mas eu estou gostando sim. Realmente, anima- concordei- E.. claro, não tem como não gostar. Estou com você- sorri, ele beijou minha bochecha.
-Eu te disse- piscou, me fazendo rir- Linda- disse me aconchegando em seus braços.
Algum tempo depois, Joe já havia terminado sua bebida. Foi apenas uma, ele não estava nem um pouco alterado. 
Muito cuidadosamente, ele levantou, me levando junto.

-Quero me divertir- sussurro de forma sexy em meu ouvido- Vem comigo- chamou, segurando minha mão.
Fomos para a parte mais cheia e agitada da boate. Todos dançavam de forma sensual e mexiam seus corpos de acordo com a música alta que tocava.

-Fica mais relaxada e se solta- sussurrou colando nossos corpos.
-Me desculpa, mas eu não sou do tipo que dança se esfregando no namorado- revirei os olhos.
-Eu sei disso- afirmou, calmo- Só pedi que se soltasse.


Joe on:
Ela me encarou um pouco confusa. Eu me sentia um pouco culpado por isso, mas a verdade era que, essa noite, eu queria a "antiga" Demi. Só por uma noite, eu sentia falta. Não era muito normal eu namorar com garotas desse tipo e até hoje eu não tinha pensado muito nisso. Não era um problema, de forma alguma, mas eu sabia que era diferente de antes.


Segurei sua cintura e iniciei um beijo calmo, que aos poucos foi se tornando mais intenso. Ela deslizou sua mão pelo meu peito, fazendo com que o desejo entre nós aumentasse. Sempre a puxando mais, buscando um contato maior, comecei a beijar seu pescoço e segurei sua nuca.


Apoiei minhas mãos em seu quadril, sem muito cuidado- diferente de como sempre fazia. Eu não queria que ela estranhasse, mas depois de tudo, acho que ela já me diria se se sentisse incomodada. Pressionei mais nossos corpos e fiz um carinho ousado em sua perna. O vestido era bem curto e super justo. Se eu não estivesse me aproveitando e gostando disso, não ficaria muito contente ao vê-la assim. Mas ela era minha, só minha. Ela soltou um leve suspiro em meu ouvido, me deixando completamente alucinado.


Passei a mão lentamente por dentro de seu vestido. Muito discreto e ousado, eu diria. Ela pareceu se encolher um pouco, se afastar. Não deixei que essa mínima distância continuasse, colei novamente nossos corpos. Ela sussurrou meu nome em meu ouvido. Mesmo não querendo, era incrivelmente sexy. Eu tinha consciência de que estávamos em uma boate e não em um quarto, mas ninguém dava a mínima para o que fazíamos e eu sabia que tinha quem fizesse pior. Afinal, ninguém ia a uma boate para ficar sentado conversando. Como as coisas entre eu e Demi não estavam mais tão "paradas", porque não aproveitar? Eu havia dado a ideia de trazê-la aqui apenas para que se divertisse e esquecesse de tudo, mas era quase que impraticável não beijá-la ou sentí-la. 
--------------------------------------------------------------------


Continua...
Gente, estou sem tempo até para respirar! Amanhã é a peça de teatro lá do colégio e eu to a mil por segundo! :s Passei aqui rapidinho pra não deixá-las esperando! :) Amo muito vocês, obrigada pelos lindos comentários! Continuem comentando muito ;) Aaah... gostaram? :P haha


Beijemis, Bruna <3

9 comentários:

  1. omg omg que isso como vc para assim continua mais rapido possivel :)

    ResponderExcluir
  2. eu amei amei , mais poxa ta pequeno né ? porque :(

    ResponderExcluir
  3. UI eita em esse joe kkkkkkkkkk adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii sem comentários ops ja estou comentando hahaha pois e mesmo está pequena me deixou com gostinho de eu quero mais

    ResponderExcluir
  4. há eu estou curtindo demais essa fic super da hora mesmo posta logo :)

    ResponderExcluir
  5. que divino aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa posta logo logo

    ResponderExcluir
  6. Ainda bem que a Selena não ficou lá pra atrapalhar os dois u_u
    e como sempre essa fic só melhora a cada dia :)
    esperando ansiosamente pelo próximo capítulo!
    ^^
    bjinhos =**

    ResponderExcluir
  7. Heyyyyyy Bruna my babyyyyy <33
    Seu eu gostei???.... Mas é claro, é obvio que eu gostei, quer dizer eu gostei não.. Eu Ameeeeeiiiii <33
    Você sempre me surpreende com esses seus capítulos maravilhosos. Ficou perfeitooo <3
    Meu Deus como esse Joe ta safadinhooo. Mas a Demi até que gosta dele assim rs.
    Será o que eles vão fazer ?? Será que eles vão ficar só nessas caricias ??
    Fiquei com gostinho de quero mais.
    Posta Logooo my babyyyy <3
    Amo você escritora mais lindaa de todas <33
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  8. Brunaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! <3
    O capítulo ficou lindo! *O* O Joe vai querer fazer algo a mais? D: E a Selena vai aprontar alguma coisa? Sinto que não coisa boa por aí, mas ok. Espero estar errada! :)
    Posta logo!

    Beijos, te amo anjinho! <3

    ResponderExcluir
  9. omg eu amei super massa joe safado kkkkkkkkkk será que ele vai deixar escapar algo ai ? hum sei não bjs flor

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3