Visualizações

17 de jun de 2012

Be Yourself- Chapter 45


Chapter 45- Can I kiss you?

Joe on:
Já estávamos sentados na cama a um bom tempo. Enquanto aconchegava Demi em meus braços, acariciava suas mãos, beijando o topo de sua cabeça. Algumas lágrimas desciam silenciosamente e ela não pronunciava uma palavra, apenas fitava o nada. Sua cabeça estava deitada em minhas pernas e o resto do seu corpo encolhido na cama.

-Está melhor? Mais .... calma?- perguntei quando percebi que sua respiração estava se normalizando.
-Sim, muito- afirmou, se levantando lentamente. Sem falar nada, foi até o banheiro. Abriu a pia e jogou uma boa quantidade de água no rosto.
Fui até ela, com tranquilidade e a abracei por trás, enquanto ela puxava a toalha para secar o rosto.
-Me desculpa, Joe. Eu devo parecer uma idiota- murmurou- Eu não queria ficar chorando e te causando preocupações, muito menos agora, depois de tudo. Era para eu estar alegre e não assim...
-Ei, eu sei disso- sussurrei- Mas não é idiotice. Eu quero te ver feliz.
-Eu estou feliz- sorriu- Por causa de você.
-Isso é bom- concordei, sorrindo- Olha, eu... quero que você só tente pensar nas coisas boas que vem acontecendo, e em tudo que ainda vai acontecer- coloquei a cabeça apoiada em seu ombro, beijando seu ombro.
-E... o que vai acontecer?- abriu um lindo sorriso.
-Isso nós vamos descobrir- afirmei.
Ficamos um tempinho assim, apenas abraçados, quietos.
-Posso te dar um beijo?- perguntei, sorrindo e a encarando pelo espelho.
-Como assim um beijo?- riu confusa.
-Ué.. um beijo- O.o
-Não- soltou uma gargalhada- Desde quando você me pergunta se pode ou não me beijar?- perguntou confusa.
-Sei lá, eu nunca fiz isso- fiz careta- Com ninguém- disse rindo- Mas sei lá, o clima ta meio estranho pra essas coisas...
-Ah, não ta não- se virou, com uma carinha fofa de bebê.
-Se você diz...- dei de ombros e selei nossos lábios, calmamente.
Era um beijo simples, mas daqueles que traziam mil e uma sensações, todas diferentes e inigualáveis. Que despertava aquele desejo incontrolável e traziam a tona todos os sentimentos. 

-Obrigada por ter vindo, você não sabe como me fez sentir melhor, Joe- disse, tímida.
-Fico feliz por ter conseguido- acariciei seu rosto.
-Ta tudo passando tão rápido... não sei se essa é a palavra certa. Pelo menos hoje..
-Como assim?- perguntei, sem entender muito bem o que ela queria dizer.
-Ah...- sorriu de forma meiga- Hoje está voando. Sabe... tanta coisa aconteceu em um dia- abaixou a cabeça sorrindo timidamente. Eu entendi ao que ela se referia.
-Pior que é verdade... Eu queria que passasse mais lentamente... poderia aproveitar cada momento com você, com muita calma...- disse.
-Você pode- afirmou.
-Mesmo?- franzi o cenho sorrindo travesso. Segurei seus braços e os levei ao redor do meu pescoço, segurando ao mesmo tempo em sua cintura.
-Que é? Ta com medo, Jonas?- sorriu, provocante.
-Medo? Conta outra, Lovato- sorri, revirando os olhos.
-Então prova- desafiou, sussurrando de forma sexy em meu ouvido.
Dei leves mordidas em sua orelha, fazendo com que ela soltasse um leve suspiro em minha nuca, permitindo que eu sentisse o quente em contato com minha pele. Fui andando de costas, para fora do banheiro, levando-a junto comigo. Levei meus beijos até sua nuca, descendo por seu pescoço. 
Em um rápido movimento, a empurrei até a parede, imprensando-a. Colei nossos copos e ela fechou os olhos, respirando fundo.

-Você que pediu- sussurrei.
Ela me puxou para mais perto, passando suas mãos pelo meu cabelo e costas, juntando nossos lábios em um beijo alucinante e eletrizante, coisa que eu acho nunca ter visto antes. A velocidade diminuía algumas vezes, quando precisávamos de ar. Nossos movimentos eram rápidos e em perfeita sincronia.

-Não tem como ficar triste quando eu to com você- comentou, me fazendo rir.
Ela segurou mais firmemente minha nuca, buscando um maior contato. Agarrou minha blusa, prendendo suas mãos nela.

-Você ta muito empolgada hoje em, Lovato- sussurrei, de forma sexy em seu ouvido, mordiscando sua orelha.
-Só pra você, Jonas- deslizou uma de suas mãos pelo meu peito, sorrindo.
-Eu gosto disso- comentei, sorrindo.
Rocei meus lábios nos dela, fechando os olhos e respirando com certa dificuldade.
-Mas eu não sou assim- sussurrou, talvez um pouco desapontada.
A encarei profundamente. Seus olhos brilhavam como o sol lá fora. Não falei nada, apenas selei nossos lábios com muita calma e amor. Apoiei minha mão em sua nuca e a levei junto comigo até a cama. Nos sentamos e lhe dei um último beijo, colando nossas testas. Ela lançou um lindo e meigo sorriso para mim e se tacou em meus braços.
Como um bebê, ficou toda encolhida em meu colo, me abraçando e sorrindo.

- Demi, eu... queria ficar aqui com você mas... eu preciso mesmo ir pra casa. O Frankie já deve ter falado que eu esqueci e eu preciso entregar o presente ao Nick...- fiz careta, acariciando seu cabelo.
-Oh meu Deus!- arregalou os olhos- Eu esqueci completamente!- se virou, ficando de frente para mim e me puxou para fora da cama- Vai lá! Joe, nossa, porque não me disse antes? Ai.. eu sempre atrapalhando... vai logo, garoto! Você correu tanto e eu te atrasei duas vezes! Ah não...- todas as palavras saíam rapidamente e agora eu já estava quase do lado de fora do quarto.
-Calma, Demi- ri dela- Escuta, deixa pra lá, eu me entendo depois com ele.
-Ficou maluco?- resmungou- Você vai agora! Além disso, tem um monte de gente da escola lá...
-São só as pessoas mais próximas...- a interrompi.
-Tudo bem, não importa-disse- Precisa ir!
-Não, espera- pedi- Você vai ficar para a festa? Claro que sim, certo?- perguntei sorrindo.
Ela fez uma careta e abaixou a cabeça, me soltando e indo até a cama. Eu já devia desconfiar que mais cedo ou mais tarde isso viria a tona. Talvez estivesse dando muita atenção ao Nick, mesmo depois de tudo que ele fez... mas não havia percebido que talvez fosse um problema.

-Eu não sei, Joe...
-Olha, se não quiser ir, tudo bem- fui até ela- Mas eu queria ficar com você.
-Ah garoto... o que eu não faço por você!- resmungou, levantando.
-Sabia que você não resistiria a minha carinha- ri.
-Deixa só eu colocar uma outra roupa, é rapidinho- disse.
-Tudo bem, vou te esperar lá fora- lhe dei um beijo na testa- Mas se não quiser ir, é sério, não precisa- sussurrei.
-Eu vou- sorriu e me deu um selinho- Joe- chamou enquanto eu andava para fora do quarto, afim de deixá-la mais à vontade.
Algum tempo depois ela veio até mim, com um lindo sorriso e segurou minha mão.
-Você não precisa sair- disse obviamente- Escuta, eu te amo muito e, sinceramente, eu nunca pensei que alguém me respeitaria tanto- confessou, sincera- Mas... eu já te dei muito trabalho- fez careta e eu ri- Relaxa, muito obrigada pelo que você faz, de verdade, é muito importante pra mim, mas eu já me sinto bem o suficiente pra isso- sorriu de lado, envergonhada.
-Awn minha linda- a abracei, carinhosamente- Você não sabe como é ouvir isso de você- disse sorrindo- Eu te amo- beijei o topo de sua cabeça.
-Só... não me encara muito descaradamente que eu fico com vergonha- fez uma carinha triste e muito fofa.
-Que fofa essa carinha de bebê- apertei sua bochecha- Relaxa, meu amor.
Ela sorriu e caminhou até seu closet- que por sinal era enorme.
-Ah, eu vou levar esse presente aí pro Nick- comentou, mexendo em suas roupas- Não me deixa esquecer- pediu.
-Fala sério, você não existe- disse me sentando na cama- Ainda via se preocupar com isso?- perguntei.
-Sou educada, Joe- afirmou, rindo.
-Você é um anjo mesmo- dei de ombros, me deitando na cama e fitando o teto.
Tentei deixar a coisa o mais natural possível. Não prestei muita atenção nela, como se aquilo fosse algo normal. Ela colocou uma roupa leve e se jogou ao meu lado.

-Vamos?- perguntou me puxando pela mão.
-Vamos- sorri e segurei sua mão, indo rapidamente até minha casa.
-------------------------------------------

-Até que enfim, Joseph! Onde estava?- minha mãe perguntou quando chegamos no jardim, de mãos dadas.
Havíamos entrado pela parte dos fundos da casa, fazendo com que ninguém nos visse.
-Dormindo...- disse.
-Até essa hora?- bufou irritada- A casa está cheia. Vá falar com todos e com o seu irmão- ordenou- Ah, Demi.. não sei como você o aguenta- revirou os olhos e saiu andando.
-Eu acho que ela não desconfiou...- sussurrei no ouvido de Demi, enquanto ela ria- Vem, vamos procurar o Nick.
Ele estava em um canto, se agarrando com uma menina qualquer. Típico do meu irmão. 
-Aham- pigarreei- Vocês podem parar com essa pouca vergonha?- perguntei encarando-os.
-Está nos atrapalhando, Joe- ele resmungou, parando de beijar a garota para me encarar- Não é porque a sua namoradinha não da conta do recado que eu também não posso curtir um pouco- sorriu cinicamente.
-Quer saber? Eu não sei porque me preocupei em comprar um presente pra você. Esse não é o meu irmão.
-Ah, vai vir com essa agora?- riu debochado.
-Você não é ninguém pra falar mal da Demi. A verdade é que você não presta. É um imbecil que não sabe perder. Qual é o problema? A Demi ficar comigo e não com você? É por isso que você faz esse joguinho infantil?- perguntei.
-Você não sabe de nada...- disse um pouco assustado.
-Não, eu acho que VOCÊ não sabe de nada. Cala a sua boca e pensa melhor antes de abrir a boca pra falar dela- apontei para Demi- Toma seu presente- joguei encima dele.
-Você contou a ele?- perguntou para Demi- Porque fez isso?
-Eu não me lembro de ter prometido não contar- ela retrucou.
-Era uma coisa entre a gente!
-Eu não quero que exista NADA entre nós- deixou bem claro- Toma o seu presente.
-A sua intenção era fazer a cabeça do Joe? Estou vendo que conseguiu...
-Cara, encare o fato de que ela não quer nada com você!- murmurei irritado- Você não merece a Demi, ela é boa de mais para você.
-Ha-ha-ha - riu descaradamente- Tão boa que...
-NÃO ABRE A TUA BOCA- me aproximei, colocando o dedo em sua cara.
-Quer saber? Fica com ela. Eu tenho coisa melhor- ele afirmou.
------------------------------------------

Demi on:

-Ele me tira do sério, não suporto isso- ele se jogou na cama, irritado.
-Não vale a pena se estressar com ele, Joe. Deixa isso pra lá- pedi me sentando ao seu lado.
-Não foi por causa do que ele falou para mim... foi pelo que falou de você. Ele não tem o direito de fazer isso.
-Eu agradeço por ter me defendido, mas já esperava que fosse terminar assim.
-Eu, idiota, ainda achava que ele não falaria nada. Me desculpa por ter trago você aqui.
-Imagina, Joe. Eu vim porque quis, além disso, você não sabia- sorri- Era o que me faltava eu não vir mais na sua casa por causa do seu irmão.
-Que bom que você pensa isso- disse, revirando os olhos- Eu conheço o Nick... tudo bem que eu nem tenho mais tanta certeza disso agora. Ele é bem vingativo mas logo isso passa, ele não vai levar muito adiante.
-Eu também acho que não...- sussurrei.
-Ahhh eu quero me tacar na piscina. Preciso de um pouco de água gelada para me acalmar- disse- Vem cá- me chamou mais para perto.
-Hum, é uma boa ideia. Está cheio de gente lá, será bom para você- sugeri.
-Vai comigo?- pediu colocando seu braço ao redor do meu pescoço.
-É sério mesmo?- revirei os olhos.
-Sim, seríssimo- me encarou com expressão óbvia.
Revirei os olhos, sorrindo- Eu acho que você deve mesmo descer, afinal, lembra que você não falou com ninguém? Sua mãe vai ficar uma fera.
-Ah- revirou os olhos- Me dá uma notícia boa, por favor- pediu passando a mão pelo cabelo.
-Calma, Joe- pedi, com uma voz delicada- Você precisa desestressar- acariciei seu braço, depositando a mão em seu peito.
-Tudo bem- respirou fundo e me deu um selinho- Estou melhor- forçou um sorriso, brincando com meu cabelo.
-Que bom!- sorri- Pronto para descer?
-Eu quero ver você nesse biquíni...-sussurrou, não respondendo minha pergunta.
- Então é por isso que quer que eu vá pra piscina com você?- disse indignada- Safado- fiquei séria, cruzando os braços.
-Você bem gosta que eu sei- disse- Não vem com essa porque você não é das mais santas- riu.
-Eu sou sim!- me defendi- MUITO, até- U.u
Me encarou sorrindo maliciosamente e me puxou para um beijo, automaticamente levando suas mãos até minha barriga, levantando minha blusa.

-Joseph!- disse rindo em reprovação, lhe dando um tapa.
-Porque você se faz de difícil, em?- me segurou por trás.
-Não sou difícil, você que é muito... sei lá- U.u
-Eu sou o que?- O.o- Eu já disse que a culpa é sua. VOCÊ é irresistível, e olha, eu não faço nada de mais.
-Quer mesmo ter essa conversa?- perguntei, me fingindo de entediada.
-Ta bem, ta bem- revirou os olhos- Vamos logo pra piscina. Pode entrar de roupa se quiser- sorriu cinicamente. Me tirou de seu colo, me sentando na cama e andou até seu armário para pegar um short.
-Engraçadinho- dei língua para ele- Não preciso entrar de roupa, eu me garanto- sorri fazendo pose, brincando com ele.
-Se garante mesmo?- se virou para me encarar, um tanto sério, com um sorriso debochado. Abaixei a cabeça e encolhi meus ombros, envergonhada. Ele falava sério? Tinha ficado... chateado comigo?
-Era brincadeira- sussurrei, me levantando da cama.
-É brincadeira também- ele riu, vindo até mim. Envolveu minha cintura com uma das mãos e me deu um beijo na bochecha- Achou mesmo que eu estava falando sério? Eu sei que se garante- revirou os olhos- Eu também te garanto por você- piscou.
-Poxa, eu achei- fiz uma carinha triste- Ainda não sei identificar quando está brincando...- confessei.
-Sim, você sabe. Mas o problema é que sempre tem medo de pensar que não é brincadeira. Se você se garante, porque ficou assim quando eu te perguntei se tinha certeza? - me encarou, com um meio sorriso.
-Ah, eu não sei- dei de ombros- Eu não gosto de pensar que você fica chateado comigo...
-Saberá quando eu ficar- garantiu- Não se preocupa muito com o que eu penso de você, Demi. Sabe que eu te amo, muito. E que é perfeita para mim- sorriu, colocando uma mecha de cabelo para trás de minha orelha.
Assenti sorrindo e selei nossos lábios, em um beijo calmo.
-Tudo bem, vamos lá!- por sorte, eu havia colocado o biquini dentro de uma mochila que levara.
-Pode trocar de roupa.. eu não me importo- afirmou, rindo- Não é brincadeira, ta?
Revirei os olhos e o encarei em reprovação. Ele deu um sorriso bobo e enquanto entrava no banheiro para colocar um short, troquei minha roupa rapidamente. 
Ele me deu um beijo na testa, descemos a escada de mãos dadas e seguimos até o jardim.

----------------------------------------------


Continua...
Oi :) Gostando? :P Ta legal, agora eu fiquei chateada com o comentário do anônimo, de verdade. Mas isso não tem nada haver com vocês, apenas com ele. Enfim.... comentem muito, tudo bem? :P Olha.... eu sei que MUITA gente achou que saberia nesse capítulo quem havia contado. Poooois é. Desculpem. Eu não sei pra quantas pessoas eu falei que seria no 45, mas não será :s O capítulo tinha ficado ENORME e eu tive que diminuir :/ Então passou para o próximo... Mas espero que gostem :) Obrigada a todos, amo vocês! <3
P.S. CADÊ A CAMI?? :(((( Sumiu de novo :(


DIVULGANDO:
Entrem nesses blogs, vale a pena :) http://lovejemistory.blogspot.com.br/ & http://herewegoagainjemifics.blogspot.com.br/ *-*


Bruna--- Awwn hahahaha vamos nos falar pelo twitter então :P 
Dallas--- Pudim :D To ótima, e você, baby? Awwwn criatividade? Sério mesmo? Eu não tenho nenhuma! Hahahahaha obrigada, linda! Te amo <3
Luanna--- Boooom, não será na festa do Nick... vai demorar um pouquinho, muita coisa ainda vai acontecer..... haha :D
Demistar---- Hahahahaha obrigada! Olha... eu nunca gostei muito desse negócio de foto... :/ Sei lá, não acho que fique legal :/ Desculpa, amor! Mas valeu a ideia :D Hahahaha omg o Wilmer NÃO! DE JEITO NENHUM! hahaha
Lily---- Oláá! Seja bem- vinda, amor! Obrigada!! *-* Haha beijos <3 Divulgo sim!
Stephanie--- Hahahahaha ah, ele não é do mal. Espere um pouquinho... ;) Beijocas <3
Isabbela---- Obrigada! hahaha postei :)
Sahmara--- Ownt linda, obrigada *o* Esperem um pouco pra esse lance do namoro... haha Beijocasss <3
Carol--- Minha linda! *-* Eu sei que te disse que seria nesse capítulo! :/ Desculpa, baby! :(  Hahahaha que fofa, você! Te amo muito, obrigada por tudo! <3
Crt---- Omg! hahahahaha Divulgo sim! Obrigada, amore! =*D
Bia baby--- Heeeeey love! Awwwn fala comigo sim! Haha obrigada, linda! Te amo <3 Beijooos :D
Anônimo--- Olha, eu realmente fiquei chateada com isso. Eu já disse aqui que eu tenho uma vida. Não é porque eu escrevo fics que eu tenho a obrigação de postar todos os dias, não é assim. Obrigada por você gostar da fic, mas eu não posso correr e esquecer de tudo que gira ao meu redor para escrever isso. Eu já deixei bem claro que faço absolutamente TUDO pra postar aqui, sempre o mais rápido possível. A criatividade também não cai do céu, e eu não posso escrever qualquer porcaria aqui pra vocês.... Eu acompanho blogs que postam 1 capítulo por mês, o que é muito chato mesmo, mas eu amo as fics e não reclamo, porque eu sei como é complicado. Além do mais, eu posto geralmente dia sim dia não. Isso não é demorar! Enfim... me desculpa por qualquer coisa e relaxa, eu digo a vocês que sempre gosto de saber o que pensam, sendo bom ou não :) Então.. obrigada de uma certa forma pela opinião mas eu só queria que entendesse que não é tão fácil :)


Valeu galera, amo vocês e COMENTEM! :D




Beijemis, Bruna :)



13 comentários:

  1. Nova seguidora!
    Adorei o seu blog!
    Li todos os seus posts desde o primeiro a este último. Você escreve muito bem!
    Posta logo!

    Se não for incomodar, se gostar poderia se tornar seguidora do meu blog?
    É esse: http://dianaisabelpinto.blogspot.pt/

    Bjs :)

    ResponderExcluir
  2. VOLTEI MAMÃE :DD
    Melhorou?? Desculpa sumir de novo é que a minha vó tá doente, ai eu to preocupada com isso e nem entrando no pc.
    Perfeitos os capítulos q vc postou, cada dia melhor, e não liga para a o q os outros falam, todas tem de entender q vc tem uma vida, como nos temos.
    Desculpa o comentário ser pequeno, é q eu to indo pra casa da minha vó vê se ela melhorou.
    bjs
    Te amo mami.
    ASS: Cami

    ResponderExcluir
  3. bru sério você ta me matando de curiosidade a cada final de um capitulo :(
    posta logo amiga, quero ver a reação do nick quando ver a demi de biquini hahaha
    by: Iris bjs POSTA LOGO:)

    ResponderExcluir
  4. Pudimm *-* amei o capitulo mesmo... desculpa n comentar mas e que to muiito mal mesmo.. meu primo sofreu bullying ele apanho de 4 no colegio : ( e ta com dores nas costas, a mao ta muiito machucada , inchada e eu to muiito triste so consigo chorar ! Mas passei aqui so pra comentar pq eu amo isso aqui ! posta logo ta?!

    ResponderExcluir
  5. Hellooo Amorecoooo...
    Amei o capitulooo..
    Esses Jemi são a coisa mais cute que existeee...*-*
    OMG..
    Esse Nick heim?Nananana..
    Posta Logooo Baby

    ResponderExcluir
  6. aaaaaaaaaaaaaaaa gente que perfeição , ah a demi e joe de mãos dadas como ninguém ainda percebeu isso , aa bruna ok sem problema e cruz credo o wilmer kkkkkkkk , bem que podia botar algo para pimenta né , tipo alguém a fim de demi ai kkk seria demais haha ate segunda né para ver o que o próximo cap nós guarda amanhã não tem :( mais segunda tem heheh

    ResponderExcluir
  7. olha eu no falei por mal só falei que vc demora muito , eu sei que vc tem uma vida ao seu redor

    ResponderExcluir
  8. eu tou doida pelo o proximo capitulo

    posta assim q dé

    bjaoooo

    ResponderExcluir
  9. omg omg omg bruna que isso pura perfeição a posta logo , ai bruna vai acontecer alguma coisa nesse próximo cap ? tipo quero logo ler bjs

    ResponderExcluir
  10. ai que coisa linda esse capítulo *------------*
    tô muuuuuuuuuito ansiosa pra saber o que vai acontecer daqui pra frente!!
    Jemi fofos, mas sinto que na escola isso vai mudar... sei lá, só pressentimento! :x
    necessito do próximo capítulo!!
    bjos =**

    ResponderExcluir
  11. Nick sempre sendo um idiota tsc tsc,quando é que ele vai parar de ser tão estupido,chato e arrogante?
    Joe como sempre lindo,perfeito hduaishdihasi <3 eu sei que comento isso sempre mas EU QUERO O JOE PRA MIM HAHA :B
    "Não preciso entrar de roupa,eu me garanto" ui ui a Demi se garante hsaiuhduiahdsi também né,com um corpão daquele tem que se garantir mesmo!
    Posta maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaais :D

    ResponderExcluir
  12. Brunaaaaaaa, my love! <3
    O capítulo foi lindo e perfeito. A minha curiosidade só faz aumentar a cada capítulo e isso está me matando. :/ Posso dar uns tapas no Nick? :@ Que garoto chato! Concordo com a Bruna, quando ele vai parar de ser tão estupido, chato e arrogante?
    Jemi PERFEITOS! <3
    O comentário está horrível porque eu estou doente, com o pé machucado e as coisas estão um pouco difíceis por aqui... :(
    Posta logo! ;)

    Beijos, te amo muito! <3

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3