Visualizações

12 de jun de 2012

Be Yourself- Chapter 43


Chapter 43- I loooooove you, Joe!



Demi on:
Passamos o resto da mafrugada assistindo o filme. Era uma comédia, isso explicava as altas gargalhadas que dávamos. Depois que o filme terminou, continuamos ali, deitados, juntos. Agora continuávamos rindo, e eu ouvia Joe fazer nossos "planos" para um "futuro bem próximo" como ele mesmo dizia.

-Isso nunca daria certo- comentei, gargalhando.
-É claro que daria! Nós iríamos para Vegas, passaríamos a noite bebendo e jogando em um cassino e quando acordássemos, talvez teríamos a sorte de estar casados- sugeriu, rindo.
-É essa a sua brilhante visão do futuro?- O.o
-A parte de estarmos casados sim- me deu um beijo no pescoço.
-Mas nós não estaríamos casando pela nossa vontade- o lembrei.
-Pelo menos seria engraçado- ele riu.
-Só é engraçado em um filme de comédia como esse, Joe! Na vida real nunca é assim- ri dando uma leve batida em seu braço.
-Se você quiser, será. Mas já que não quer essa opção... Minha outra seria- fingiu estar pensativo- Nós dois sentados em cadeiras de balanço. Você fazendo tricô e eu dormindo com o jornal no colo. Sinceramente, é isso que quer para o nosso futuro?- me encarou desapontado.
Apenas ri da sua careta- Desde que seja ao seu lado... qualquer coisa serve- sorri.
-Olha, eu agradeço a parte que me toca, mas não vem com essa não. Dois velhos cansados, sem disposição para.... nada- soltei uma gargalhada- Não é legal.
-Você não tem outros planos?- perguntei, encostando minha cabeça em seu peito, enquanto ele acariciava meu cabelo.
-Humm... deixa eu ver... tem sim- sorriu- Eu e você, morando em uma casa na Califórnia, com várias crianças correndo pelo jardim. A casa sempre cheia de gente e... nós dois com muita disposição, é claro!- disse decidido, com firmeza.
-Essa com certeza é a melhor de todas!- afirmei.
-É que... eu sempre me imaginei em Vegas, envolvido nessa história, mas... enfim...- ele riu e eu acompanhei.
-Nossa lua de mel pode ser lá- sugeri.
Ele me encarou com um sorriso malicioso e um olhar sexy.
-ÓTIMA ideia- disse.
Rimos juntos mais uma vez.
-Eu... não gosto muito de ficar pensando no futuro... sou do tipo que espera para ver o que vai acontecer- disse.
-Podemos esperar- sorri.
-Alguém já te disse que você parece um anjinho?- perguntou, mudando o assunto completamente.
-Eu acho que não...
-Adoro ser sempre o primeiro- sorriu vitorioso.
-Isso não é verdade. Deixa eu ver.... tem uma coisa na qual você não foi o primeiro- ele me encarou curioso- Meu primeiro beijo não foi com você- U.u
Ele soltou uma gargalhada alta, me fazendo rir junto, apesar de não ter entendido muito bem.
-Fala sério, o primeiro beijo não é nada perto do resto, Demi- sorriu.
Fiz uma careta- Hum, tudo bem...- concordei- Eu não fui a primeira a nada...- disse triste.
-Sim, você foi- ele disse enquanto o encarei confusa- A primeira pela qual me apaixonei. A primeira e única.
-Awn, para de ser fofo, garoto- apertei suas bochechas.
-Faz parte da minha imagem- U.U
-Sei, sei...- ri.
Ficamos em silêncio, até Joe começar a rir repentinamente.
-O que houve? Ta maluco, garoto?- perguntei.
-Não...- ele riu mais- Só tava lembrando do filme. É hilário!
-Engraçadinho. É daquilo que você gosta, né? Esse tipo de filme que você vê! E olha que eu estou aqui! Imagina o que você não faz sozinho- bati em seu braço.
-O que? Era comédia, Demi!- protestou, segurando o riso.
-Aquilo estava mais para filme pornô!- revidei.
-Que isso! Que absurdo!- ele riu- Eu não vejo nada pior quando estou sozinho...
-Porque você quase nunca está, né Joe?
-Imagina...- ele abaixou a cabeça, rindo.
-Fica vendo essas mulheres oferecidas com pouca roupa!- balancei a cabeça, em reprovação.
-Pra que se eu tenho você.... com pouca roupa também- sussurrou.
Logo depois nós dois caímos na gargalhada.
-Que bom que leva o que eu falo na brincadeira... Se não eu acho que já estaria ferrado- riu.
-Não vai exagerando não, em- avisei.
-Tudo bem- concordou- Mas a ciumenta aqui é você- U.u
-É só medo de te perder, Joe...- confessei.
Ele se ajeitou na cama, encostando nos travesseiros. Me encarou com uma expressão séria, mas ao mesmo tempo, fofa. Bateu em suas pernas, em sinal para que eu me sentasse ai. Fui engatinhando até ele, sentei em seu colo e ele me abraçou.
-Você nunca vai me perder, Demi- disse- Olha pra mim- pediu. Me virei para o encarar- Eu sei que pode parecer... estranho eu dizer isso, mas não entenda mal. Mesmo que qualquer coisa aconteça entre a gente, Demi, qualquer coisa mesmo, eu preciso que coloque na sua cabeça que você nunca vai me perder. Se... nós não estivermos juntos, por algum motivo, não se esqueça que independente de qualquer coisa, eu vou estar aqui, tudo bem?
Concordei com a cabeça, um pouco triste.
-Hey, por favor- acariciou minha bochecha- Eu não disse que isso aconteceria. Não se lembra dos planos para o futuro?- soltei uma risada- Sempre juntos. Porque dependendo de MIM, será para sempre. Mas eu não posso garantir nada, porque como eu disse, pensar no futuro é uma coisa muito... aberta. Não tem como ter certeza de tudo. Eu nunca vou te deixar, eu juro. Só entende que se algo acontecer, eu não quero te perder, e você não me perderá. Eu sempre estarei lá para você, sempre. Promete que vai se lembrar disso?
-Prometo- sussurrei, forçando um sorriso- Eu só acho que... não saberia como viver sem você.
-Fica tranquila, vai ter que me aguentar por mais um tempo- rimos juntos- Não é pra isso se transformar em uma coisa caótica! Ta parecendo despedida- eu ri- Não é isso- disse.
-Não, é que...- ri sem humor- Eu não me imagino tendo você ao meu lado, mas, sei lá, só como um amigo.
-Não pensa nisso, ta bem? Eu não devia ter falado essas coisas, só queria que colocasse na cabeça que eu sempre estaria ao seu lado. Você sempre será a pessoa mais importante na minha vida, não importa o que aconteça.
-Eu nunca vou esquecer de você...- sussurrei, apoiando minha cabeça em seu peito.
Quando percebi, algumas lágrimas caíam sobre meu rosto. Só de pensar em como seria tudo aquilo, eu não suportaria.

-Não, Demi...- secou minhas lágrimas- Olha, esquece isso! Você quer comer alguma coisa? Ver outro filme? Eu juro que não tem nada pornográfico- soltei uma risada.
Ele falava tudo muito rápido, levantando da cama e segurando minhas mãos, me puxando junto.
- Eu não queria que isso acontecesse- disse mais calmo, cabisbaixo, agachado na beirada da cama, na minha frente.
-Não liga, eu... sou muito emotiva- dei de ombros, rindo.
-Eu quero que preste atenção em mim, por favor- pediu- Nunca cometa o erro de pensar no que PODE acontecer mais pra frente. Por mais que você tente, ache que tem certeza de tudo, nunca será verdade. Para de se preocupar com o futuro, viva o agora- sorriu de lado, amigavelmente.
Abri um grande sorriso, pensando bem no que ele acabara de dizer. Ele estava certo, isso sempre me atrapalhou, estava na hora de deixar para lá. Me curvei para frente, o envolvendo com um grande abraço.
Ele me apertou firmemente, passando proteção e carinho. Suas mãos deslizavam pelas minhas costas, fazendo um carinho confortante. 

-Eu te amo, princesa- sussurrou em meu ouvido.
---------------------------------------------------------

- Nossa... ainda ta cedo..- comentei, fitando o nada.
-Verdade...- me aconchegou mais em seu colo, beijando minha bochecha. Nossas mãos estavam entrelaçadas e apoiadas em minha barriga. Eu estava em seu colo- Está com fome? Vou preparar alguma coisa para comermos.
-Tudo bem...- saí de seu colo, indo pegar minha roupa- Enquanto isso eu dou uma... olhada nas coisas por aqui- dei um sorriso travesso- Só por curiosidade... tem algum lugar onde guarde coisas.. secretas?- fiz uma cara que julgava ser engraçada, fingindo indiferença.
-Pode mexer no que quiser- veio até mim, me dando um selinho, rindo- Não me importo, não tenho nada que esconder de você- deu de ombros- Só não vai dar ataque de ciúmes se achar alguma coisa...
-Comprometedora, Joseph?- o encarei, séria.
-Iii já começou?- perguntou, sorrindo- São coisas velhas, enfim, pode revirar tudo se quiser.
-Não vou mexer nas suas coisas. Não sou desse tipo- U.u
-Ta bem, senhorita "confio no meu namorado"- revirou os olhos, me fazendo rir.
-Bom,... confio mesmo...- disse obviamente.
-Que bom- sorriu- Toma- andou até seu guarda-roupa e tirou de lá uma blusa branca, um pouco maior do que o normal- Pode usar se quiser ficar mais à vontade- me entregou. Um grande sorriso se abriu em meu rosto, correspondendo a fofura inigualável dele.
-Obrigada- sussurrei.

Me aproximei, um pouco tímida- como sempre- e selei nossos lábios. Deixei que o lençol que ainda me cobria caísse no chão, batendo em meus pés. Levei meus braços até seu pescoço, envolvendo-o. Ele prendeu suas mãos em minha cintura e me puxou mais para perto, buscando um maior contato. 
Sua língua invadiu minha boca, lentamente, brincando com a minha, em perfeita sintonia. Levou uma de suas mãos até minha nuca, segurando firmemente.

Prendi minha mão em seu cabelo, deixando que a outra descansasse em seus braços. Ele partiu o beijo ofegante, logo juntando novamente, em um demorado selinho. Beijou o canto da minha boca, depois distribuiu alguns beijinhos em minha nuca. Desceu até a borda do meu sutiã e depois voltou, fechando com mais um beijo calmo. Escorou minha cabeça em seu pescoço e me deu um abraço calmo, carinhoso.

-Deixa eu fazer o café...- sussurrou no meu ouvido, rindo.
-Tudo bem- sorri, vendo ele se distanciar, saindo do quarto.
Vesti a blusa que ele me dera. Havia ficado um pouco grande, mas nada muito comprido. Bem acima do joelho era onde ela batia, mas claro, eu estava mais à vontade.
----------------------------------------


Joe on:
Desci os degraus sacudindo a cabeça e respirando fundo, tentando me recompor. Não era nada fácil ter tal controle sobre eu mesmo, mas eu fazia isso por ela. Sorri e me concentrei para fazer um delicioso café da manhã para ela, digno de uma princesa.


Ninguém estava lá embaixo, até porque, ainda eram 5 e meia da manhã, ninguém acordava a essa hora. Peguei uma bandeja dentro do armário, evitando fazer barulho. Arrumei da forma mais bonita que consegui. Preparei um suco para nós, alguns biscoitos, pães, entre outras coisas. Coloquei alguns morangos dentro de um potinho, cobertos por chocolate. Eu tinha lá meus dotes culinários. Rodeei meus olhos por toda a cozinha e pela sala- já que era uma cozinha americana e eu podia ver muito além dali- e tive uma brilhante ideia. Fui até um dos vasos que minha mãe tinha, ao lado do sofá. Ela amava aquelas rosas, eram realmente lindas. Uma a menos não faria falta. Peguei-a e coloquei sobre a bandeja, segurando-a e subindo novamente a escada.

-Cheguei- disse enquanto entrava no quarto. Demi estava de pé, virada de costas para mim, aparentemente com algo na mão, muito atenta.
Claro que minha maior atenção não era no que ela podia estar fazendo. A blusa que havia dado a ela estava cobrindo até onde a calcinha cobria, uma parte do tecido vermelho ainda aparecia. Ela estava incrivelmente linda e eu, ficando louco. 


Virou para me encarar, sorrindo. Foi aí que percebi o que ela segurava, era um porta retrato, que eu conhecia bem. Ele ficava em uma prateleira, presa na parede acima da minha cama. Ali ficava uma foto minha... com ela. Quem visse, diria que éramos melhores amigos a anos ou até namorados mesmo. O engraçado para se pensar agora era que está foto estava ali muito antes de tudo isso entre nós acontecer. 


Foi tirada por Miley, eu me lembrava bem do dia. Eu eu Demi não éramos nada, apenas ficantes. Não nos dávamos muito bem- como sempre foi-. Mas nesse dia estávamos... diferentes. Talvez, de muito bem com a vida. Era um encontro de amigos, num parque aqui perto. Estávamos eu, Demi, Liam, Miley, David, Mikey e Selena. Nós ríamos e nos divertíamos muito, como sempre acontecia quando nos juntávamos. 


Eu e Demi fomos para um lugar mais calmo, longe de todos. Nós nos divertíamos sozinhos também. Miley estava com a máquina na mão, e logo apareceu onde estávamos, pedindo uma foto. Eu e Demi estávamos apenas conversando, de uma maneira calma, como não costumávamos fazer. Quando Miley chegou, eu e Demi nos ajoelhamos na grama e eu fiquei por trás dela. Como antes nossas mãos estavam juntas, nada mudou. Coloquei minha cabeça apoiada em seu pescoço e assim saiu a foto.


Era realmente linda e marcava um bom momento. Trazia boas lembranças. Ela estava sorridente, assim como eu. Parecíamos definitivamente felizes, nossos sorrisos abertos de orelha a orelha e em nossos olhares a alegria era visível.

-Eu não sabia que tinha essa foto aqui...- comentou sorrindo, tirando seus olhos da foto e levando-os até mim.
-Eu tenho ela a muito tempo- comentei- Não me pergunte porque, mas está aí desde o dia em que foi tirada. Você que nunca percebeu- abri um leve sorriso.
-Jura?!- seu sorriso era radiante- Eu nem imaginava. Estava lembrando de como foi... aquele dia foi tão..
-Diferente?- completei, sorrindo.
-Eu ia dizer... incrível- sorriu envergonhada- É uma das poucas lembranças que eu levo do passado- comentou.
-Existem outras boas...- afirmei.
-Eu sei que sim- assentiu- Mas esse dia foi marcante- rimos juntos.
-Eu trouxe o café- mostrei a bandeja, colocando-a na cama- Até que sou bom na cozinha...- dei de ombros, sorrindo.
-Uau, Joe... isso parece delicioso- lambeu os lábios- Hummmm.
-Senta aí- a chamei. Ela veio saltitante, se "jogando" ao meu lado.
-Eu nem sei por onde começar- disse rindo.
-Eu te ajudo- sorri travesso e peguei um dos morangos, ela me encarou sorridente.
Levei até sua boca, lentamente. Ela fechou os olhos, sorrindo. Me aproximei e coloquei-o em sua boca, sujando-a de chocolate, que escorria pela fruta.

-Isso está muito bom!- comentou, arregalando os olhos.
-Sério?- perguntei sorrindo. Ela assentiu sorrindo e eu lhe dei um selinho, colando seus lábios lambuzados com o doce junto aos meus- É verdade, uma delícia!- rimos juntos.
Comemos mais algumas coisas, rindo e conversando. Ao final de um tempo, já não tinha quase nada na bandeja que antes estava cheia.

-Como nós somos gulosos!- ela disse, encarando o que sobrara.
-Nós?- franzi o cenho, brincando com ela.
-Claro que sim!- U.U - Comemos em conjunto!
-Literalmente em conjunto- rimos e ela me deu um selinho.
-Você realmente é bom na cozinha- comentou- Queria acordar assim todos os dias.
-Bom, eu posso preparar o café e levar todos os dias lá na sua casa- ofereci, rindo- Já que dormir aqui todos os dias você não pode...- revirei os olhos, ela riu.
-Eu já passo o dia todo com você!- afirmou- Quer que eu passe todas as noites também, bonitinho?
-Meu amor, sinceramente, eu prefiro que você passe as noites!- ela me encarou incrédula, com uma expressão sorridente e me deu um belo tapa.
-Ai- reclamei- Porque isso?
-Ah Deus... o que eu fiz pra merecer essa coisa?- revirou os olhos rindo.
-Fala sério, isso foi até um... elogio de uma certa forma- afirmei, ela me encarou- Falo que você é boa de cama e ainda levo um tapa? Tudo bem!- concordei, rindo.
-JOE!- gritou rindo, já vermelha, me dando outro tapa.
-Mas meu Deus!- disse- Ta, já parei. Você é estranha, não gosta de ser elogiada... ta bem.
-Escuta, como você consegue ter uma namorada?- eu a encarei, arreglando os olhos- Quer dizer, elas gostam dessa safadeza?- cai na gargalhada.
-Ah, Demi...- continuei rindo- Tem quem goste- dei de ombros- Mas eu faço pra brincar com você, não sou assim- sorri.
Ela me encarou, sem acreditar muito, levantando as sobrancelhas.
-Não com você- me concertei, ela sorriu- Eu não namorei tantas garotas assim. Ficar eu já fiquei com muitas...
-Com a escola toda, menos a Selena e a Miley- me interrompeu.
-É... menos... elas- sussurrei. Eu.. havia ficado com Selena?- Enfim, namorar mesmo, de me apaixonar pela pessoa... eu acho que só você.
Ela abriu um grande sorriso e pulou em meu colo, selando nossos lábios. Cai para trás na cama e ela ficou por cima de mim. Estávamos meio desajeitados, em posições não muito direitas mas isso não importava agora.

-Eu te amo muuuuito- ela disse sorrindo, beijando a ponta do meu nariz- Obrigada, obrigada, obrigada- disse beijando meu rosto- Te amooooo- rimos juntos e nos beijamos, cada vez mais envolvidos e apaixonados.


Continua...
Hello! :) Aí está, mas um capítulo! :P Desculpem só postar agora, mas é que esse capítulo estava MUITO menor do que isso, mesmo. Eu decidi aumentar bastante... então eu meio que corri contra o tempo hoje para fazer! :) Mas espero que tenham gostado! Aaaah, resolvi usar a ideia da Bruna, do café da manhã... haha achei que seria bem romântico! =D Obrigada a todos, amo vocês! <3
Esclarecendo algumas coisas... Jájá vocês saberão quem contou ao Nick, esperem para ver o que acontecerá em relação ao namoro e a esse personagem que talvez entrará para fazer ciúmes no Joe ;)


P.s. Entrem nesse blog, vale a pena dar uma olhadinha! :P http://ihaveonlyadream.blogspot.pt/

MUITO obrigada pelos comentários! Eu li todos e queria dizer num geral, vocês são maravilhosos, mas já sabem disso :P Owwwnt são tão fofos! Que bom que estão gostando, é muito mais do que importante para mim, de verdade! <3

Beijemis, Bruna :3

10 comentários:

  1. ahhh ta muito lindo o capitulo .. ahhh posta logo .. e desculpa eu ta meia sumida esses dias kkkk tava sem tempo ..

    ResponderExcluir
  2. aaaaaaaaaaaaaaa que capitulo mais lindo,perfeito <333333333 Nem preciso dizer que amei né hahaha vei você postou minha ideia do café da manhã nem acredito,que linda :333 sjaisjiasjiu
    Achei fofo o Joe ter uma foto dos dois no quarto dele,to amando esse Joe todo carinhoso e fofinho com a Dems :3
    Posta maaaaaaais :D

    ResponderExcluir
  3. ai gente, o que é esse Joe?! *---------------*
    capítulo lindo como sempre!! APAIXONANTE!!
    e como assim ele ficou com a Selena?? será que é por isso que ela tá com ciúmes??
    posta looogo!! bjos =**

    ResponderExcluir
  4. Brunaaaaaaaa! <3
    Capítulo PERFEITO e LINDO como sempre! *--* O Joe se superando cada vez mais, acho que morro! Não existe pessoa mais romântica e perfeita que ele. <3 Sério, esse capítulo foi tudo de bom e mais um pouco. O café da manhã... GOD! *O* Socorro! As brincadeirinhas deles foram a coisa mais linda da face da terra!
    O Joe ficou com a Selena? Não entendi! :S Espera, se eles ficaram, então ela ficou com ciúmes de Jemi e como era amiga da Demi, contou o segredo pro Nick? É isso? Haaaaa! :O Bom, faz sentindo, mas não sei se é isso mesmo, foi o máximo que eu consegui raciocinar porque estou quase caindo aqui na frente do note! :/
    Posta logo! ;)

    Beijos, te amo anjo! <3

    ResponderExcluir
  5. aaaaaaaaaaaaaa serio vai entrar personagens novos tipo uau vai ser demais :) amei amei o cap :)

    ResponderExcluir
  6. gente gente oque é isso , tipo meu vc bruna quer eu eu morra para saber o vai acontecer poxa não tem como postar o mais rapido possivel não ? cap mais que perfeito , novos personagem isso vai ser bommmmmmmmm hum joe ficando com ciúmes super demais :)

    ResponderExcluir
  7. AAAAAA QUE ROMANTICO *_* ADOREI :D OMG EU TO SUPER CURIOSA PRA SABER QUEM CONTOU PRO NICK o.O enfim.. posta mais! bjs :D

    ResponderExcluir
  8. Aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhh que capitulo mais perfeito, lindo, romantico, maravilhoso... <3
    Meu deus o Joe é muito lindo e romantico com a Demi.
    Eu amei o café da manhã.
    Amei ver a Demi toda envergonhada quando o Joe disse que ela era boa de cama kkkk Joe safadenhooo kkkkkkk
    O Joe ficou com a Selena?????? Como assim?????
    Concordo com a teoria da Carol.
    Se a Selena tiver feito isso mesmo, quem não merece perdão é ela e não a Demi.

    Amei demais esse capitulo <33333
    Por Favor Bruna Posta Logoooooo!!
    Love you <3
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  9. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa meu que lindo , nossa serio mesmo que vai ter novos personagem que demais meu nossa quero ler logo bjsssssss

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3