Visualizações

28 de mai de 2012

Be Yourself- Chapter 34


Chapter 34- He loves me...

Fui até o pátio. Muitas pessoas vieram falar comigo, zoar, fazer piadinhas sobre a Demi. A maior parte era isso: "Como é namorar uma garota virgem? Deve ser suuuper legal". Aqueles idiotas não prestavam. A cada momento eu ficava mais irritado, nunca pensei que teria tanta vontade de encaixar minha mão sem nenhuma piedade no meio da cara de um desses infelizes. Mas não eram só eles. As meninas também abriam aquelas bocas cheias de gloss para falar. Mas qual era o grande problema que essas pessoas viam nisso? Eu aposto tudo que tenho que mais da metade daquela gentalha ainda é virgem. A minha paciência tinha limite.
-Ei, escutem aqui!- peguei o microfone, gritando, em cima do palco- Qual o problema de vocês?
Todos pararam para me encarar. O silêncio predominava até um engraçadinho se pronunciar.
-Vai defender a namoradinha? Vai mentir também?- ele riu.
-Desculpa, mas eu não me lembro de ter pedido sua opinião- disse sarcástico- Cala a sua boca, idiota- resmunguei.
Todos riam enquanto eu respirava fundo, tentando manter a calma.
-Eu posso saber do que estão rindo? Sendo sincero, vocês não tem coração. Querem saber? São todos uns imbecis, sem opinião própria. Basta um engraçadinho começar com as piadinhas que todos imitam. Porque fazem isso? Quero que me digam o que tem de errado. A Demi mentiu? Sim. Mas primeiro, isso não é da conta de vocês, a vida é dela. Segundo que ela reconheceu o erro e voltou atrás. Aliás, vocês são todos burros, caíram nas mentiras sem nem desconfiar. Mas isso não é motivo pra piadinhas. Eu até entenderia se vocês ficassem irritados ou não quisessem mais falar com ela mas... porque as risadas? O problema é que vocês não estão nem um pouco preocupados com as mentiras e sim com a vida dela. Qual é o problema em uma pessoa ser virgem? A gente tem 17 anos! E eu aposto que mais da metade aqui ainda é. Mas são todos covardes em não admitir, vocês não tem coragem. Ficam rindo dos outros mas quando o assunto é você, nada mais tem graça, certo? Se vocês querem saber, a Demi deve se orgulhar de ter feito o que fez naquela noite comigo. Ela teve a coragem de admitir e foi forte o suficiente para se recusar a fazer o que não queria, afinal, é um direito dela! A Demi não se deixou ser influenciada por outros. Já vocês, não teriam essa capacidade. Ela não ligou para o que as pessoas diziam, ela agiu por conta própria, fazendo o que achava ser certo. Isso é motivo de orgulho. Agora, se ela não tivesse feito nada, aí sim vocês poderiam zoar. Porque ela não teria tido a coragem suficiente pra passar por isso tudo. Vocês não a conhecem, não podem julgá-la e não tem o direito de optar sobre a vida dela. Cuidem das vidas de vocês, porque alguns prestam tanta atenção nas alheias que esquecem que tem uma própria. É só um recado e eu espero que pensem bem.
Todos ficaram calados. Desci do palco rapidamente e alguns ainda tiveram a capacidade de tentar se desculpar comigo. Mas não era a mim que deviam desculpas. Eu não queria ficar ali, então fui andando em direção a algum lugar- eu não sabia para onde estava indo.
Fiquei sentado em um canto da escola conversando com Mikey, pensando em como Nick havia descoberto tudo aquilo- mas não obtivemos sucesso. Pelo que fiquei sabendo, ninguém mais tocou no nome da Demi- não para falar mal- e duas outras palestras foram apresentadas. Obviamente eu não estava lá para assistir nenhuma delas, eu não tinha cabeça para isso. Não fui a procura de Demi, porque era impossível achá-la, além disso, tinha quase certeza de que, a essa hora, ela estaria em casa chorando. 
Logo o sinal bateu e fomos liberados. Mas como nada da certo pro meu lado, a diretora ficou sabendo do ocorrido e fui 'convidado' a ficar na detenção- não, eu fui obrigado mesmo- Seriam duas horas depois do horário e eu teria a incrível companhia de Nick e seus amigos idiotas. O trabalho não seria difícil, porém eu preferia ficar em casa- quem não?
Como não fiz nada tecnicamente... 'errado', fiquei com um dever... legal para cumprir. Eu teria que dar uma aula de futebol para alguns alunos que estavam sem professor hoje. Alunos pequenos, se me entendem. Eram crianças. Seria divertido.
Almocei por ali mesmo e não havia um sinal de Demi. Apenas poucas pessoas que estudavam comigo ainda estavam na escola, predominavam os alunos de séries menores. Eu estava muito preocupado com Demi e falaria com ela quando saísse daqui. Independente de tudo que ela me disse, não conseguia ficar triste ou chateado com ela, afinal, eu entendia completamente o que estava acontecendo. 

Demi on:
Depois do ocorrido, apenas me escondi no lugar mais vazio e solitário que consegui. Ninguém veio falar comigo, nem Joe me procurou. Minhas lágrimas não paravam de correr pelos meus olhos, eu me sentia sozinha, como se nada mais se preocupasse comigo ou como se fosse apenas eu. Dessa vez, a única coisa que queria era Joe, para me acalmar, me fazer sorrir e tirar a solidão de mim. Minha cabeça estava confusa e eu só conseguia chorar cada vez mais. Eu tinha medo de não tê-lo mais, de ele ter desistido de mim. Eu ainda não entendia muito bem essa história, não sabia se deveria acreditar mas... agora eu não queria pensar nisso, eu queria ele.
Nada estava dando muito certo. Quando resolvi que não conseguiria mais ficar lá, chorando sozinha, fui a procura de Joe. Andei devagar, com a cabeça baixa até a quadra, tentando controlar meu choro. Algumas pessoas riram de mim, mas tentei ao máximo parecer não ligar- o que não funcionou muito bem- outras falaram coisas das quais prefiro não me lembrar. Mas quando cheguei lá, Joe estava no palco, com o microfone nas mãos, dando um fora em um menino que provavelmente falou alguma besteira. Fiquei mais um tempo ali, até ele começar a falar. Me encolhi atrás da parede- para que ninguém me visse- e escutei atentamente a tudo que ele dizia.
Joe me defendia como ninguém nunca fez por mim. Tudo o que ele dizia, todas aquelas palavras eram a única prova que eu precisava de que ele se importava comigo. Espantei a ideia que surgiu na minha cabeça de que ele só estaria fazendo isso por pena, se sentindo culpado pelo que havia 'feito'. Isso não era possível. Eu nunca pensei que alguém- principalmente ele- faria isso por mim. Senti um aperto no coração por ter sido grossa com ele, mas sabia que entenderia. Ele falava docemente, mas mesmo assim irritado, fazendo com que todos calassem a boca e prestassem muita atenção- assim como eu- a cada palavra. Não era novidade que com ele, eu me sentia muito melhor do que sabia que era, mas agora, eu apenas consegui- por alguns segundos- abstrair toda aquela tristeza, solidão, dor que sentia. Fui capaz até de abrir um breve sorriso. Por ele.
Minha vontade agora era sair correndo até ele e o encher de beijos, receber o seu abraço, carinho, chorar em seu ombro, envolvida por seus braços, sentindo o poder que ele tinha de fazer tudo ficar bem. Mas me controlei, afinal, muita coisa ainda estava errada e ele me acharia maluca, mas tenho certeza que me receberia sem dizer uma palavra, apenas me confortando.
Quando ele terminou, obviamente meus olhos estavam repletos de lágrimas, só que agora, nesse momento, não era mais por todo aquele sofrimento de antes. Ele me fez esquecer um pouco aquilo. Joe era incrível, perfeito. Eu podia ver o tamanho do coração dele quando fez isso por mim, ele realmente se importava. 
Segui até meu canto escondido, permanecendo ali até sermos liberados e eu ter certeza de que não haviam muitas pessoas ali. Fui até o portão do colégio -quando já estava tudo mais calmo e meu rosto já não estava mais tão vermelho- a procura de Joe. Era impressionante como ninguém mais foi falar comigo, fazer piadinhas e rir. Alguns olhares estranhos ainda permaneciam, mas isso não era mais tão ruim assim.
-Liam, você viu o Joe?- perguntei um pouco envergonhada. Ele era o único que podia me responder e eu não encontrava Joe em lugar nenhum.
-Ah, Demi- ele sorriu, parando de conversar imediatamente com uma menina- Joe foi pra detenção... por causa do que ele fez lá na quadra- fez careta- Ele deve estar almoçando... vai dar aula de futsal pra alguns pequeninos- riu.
-Ah... que ruim- disse- Bom, eu... vou procurar ele. Obrigada- sorri.
-Espera, você ta melhor? Eu ouvi o Nick falando....
-Ah, eu... to bem sim- respirei fundo, forçando um sorriso.
-Eu vou fingir que acredito- sorriu- Vai falar com o Joe sim, ele ta bem preocupado com você. Ouviu ele... te defendendo lá na quadra?
-Sim...- abaixei a cabeça- Eu.. vou falar com ele. Obrigada, Liam.
Sorri e fui correndo até a cantina. Me aproximei com calma e vi Joe sentado em uma mesa almoçando e conversando com Ashley. Eles riam, dando gargalhadas. Haviam apenas algumas pessoas ao redor.
Parei um pouco mais a frente, pensando se ia ou não até lá. Antes que pudesse tomar qualquer decisão, Joe me viu.


Continua...
Heeeey! :D Como vão? Gostando? Estou AMANDO esses comentários, amo muito vocês! Olhem, me desculpem mesmo por não postar todo dia, mas acho que não demoro tanto assim como alguns dizem... não é? :/ Gente, eu juro que faço de TUDO, mesmo, para postar aqui! Todos os dias é meio impossível, porque eu tenho várias coisas para fazer e minha vida está uma loucura! Sem contar com a falta da criatividade, mas.... enfim... agradeço muito aos comentários e peço perdão mais uma vez. Obrigada a todos *-*


Lara, Isabbela, Diana, Anônimo, Demistar & Bruna::: Obrigada, amores! <3 <3 <3 Beijocas :3
Stephanie:::: hahahahahaha O.o Beijos :)
Mariane:::Coitados mesmo :( Mas tudo vai ficar bem :) Beijos <3
Thalia::: Hahahaha aaaawn eu sei, amore! Obrigada, de verdade! Beijemis <3 <3
Carol::: Eu já disse que não tenho mais palavras para te responder? :( Isso me deixa triste :( Hahaha já já você descobre... :P Te amo muito, bb! Beijocas <3 Obrigada por tudo, você é incrível! *-*
Luanna::: Desculpa se eu demoro, mas... o máximo que eu passo é 3 dias sem postar... e nem sempre é isso :s É que eu tenho muitas coisas para fazer além disso.. mas enfim, desculpa e eu vou tentar postar mais rapidamente. Obrigada :)
Camilla::::::: hahahaha Calmaaaa! Haha beijocas :D
Tinna::: Aaaaaah eu estou morrendo de preocupação! Meu Deus, o que será que aconteceu?!?! D: Qualquer notícia, me avise, por favor! ..................Obrigada, amore! Beijos :)


Obrigada, galerinha! Amo vocês <3 E comentem muito, por favor! :D


Beijemis, Bruna <3





8 comentários:

  1. Ai que lindo o Joe defendendo a Dems :3 quero um namorado desse pra mim :') ele podia levantar da mesa e lascar um beijão na Demi na frente de todo mundo hsuahsuhasuhua
    Posta maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaais :D

    ResponderExcluir
  2. Own..Joe é mesmo um fofo não é??
    E a Demi??coisa linda da minha vida...
    Oque vai acontecer agora heim??
    Posta Logo heim
    BJuuBju

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH! VOLTEI!!~quemliga~
    Eu passei tanto tempo sem entrar aqui e quando volto tá mais que perfeito, nossa.
    Desculpa denovo ter ficado esse tempo sem comentar, são tantas coisas acontecendo, meu aniversario chegando, colégio, gente falsa, tantas coisas, que nem no computador eu tava entrando, serio desculpa mesmo. Vc me desculpa?
    Agora os capítulos tao mais que perfeitos, serio fico sem palavras, cada dia vc se torna mais DIVA ~seissoépossivel~ vc escreve muito, vc nao tem noçao, eu continuo aquela garota APAIXONADA pelas suas historias, cada dia me vicio mais e mais, vc com um capitulo consegue alegrar o meu dia.
    Posta logo DIVAA!
    :*
    ASS: Cami

    ResponderExcluir
  4. Brunaaaaaaaaaa! <3 ~tenho que parar de gritar seu nome no começo de cada comentário~
    God! *O* Que capítulo foi esse? Foi simplesmente PERFEITO! <3 O Joe defendendo a Demi foi a coisa mais linda desse mundo! Ainda bem que estava por perto enquanto ele falava. Ainda não estou acreditando que eles brigaram. :( Mas, revela logo quem foi que contou pro Nick? A curiosidade está me matando! D: Foi a Selena? A Ashley? O Nick descobriu sozinho? Acho muito improvável ele ter descoberto sozinho, mas ok. ;)
    O Joe conversando com a Ashley... hum :) Não gostei disso! u_u O que vai acontecer agora? A Demi vai perdoá-lo, não vai? Pelo amor de Deus, acho que vou morrer desse jeito! :/
    Não é nada legal ficar sem palavras para comentar aqui. :( Isso também me deixa triste! :( Acho que até o fim da fic (que eu espero que não seja logo) a única coisa que eu vou conseguir comentar vai ser: "Posta logo! Te amo! <3". Do jeito que a situação tá, não duvido muito. Sério, amo cada dia mais a fic! <3 Mas, isso você já sabe, porém sempre é bom relembrar! hehe :D
    Posta logo antes que eu pire!

    Beijos, te amo anjo! <3

    ResponderExcluir
  5. ahhhhhhhhhhh que lindo posta logo :)

    ResponderExcluir
  6. hahaha agora to calma .. perfeito nossa eu acordei agora vou para escola mais passei aqui rapido bjssssssss

    ResponderExcluir
  7. há flor ok sem problema eu que te peço desculpa , eu sei que voce tem uma vida antes da net kkkkkk mais e que eu estou super amando a sua fic e fico meia nervosa quando voce demora de postar

    ResponderExcluir
  8. nossa que lindo , mais só foi eu que achei pequena ? buaaaaaaaaaa posta logo

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3