Visualizações

13 de mai de 2012

Be Yourself- Chapter 28


Chapter 28- Strange... 

Joe on:
O clima não podia estar pior. Era estranho o fato de tudo ter virado de cabeça para baixo tão repentinamente- já que estávamos tão bem de manhã. Eu nunca quis que ela se sentisse mal, incomodada ou... desrespeitada. Era o que eu menos queria. Não fiz por mal, eu a respeitava mais do que já respeitei qualquer um. 
Eu ainda achava que ela fazia uma grande confusão por algo simples. Mas levando em conta que se tratava da Demi, nada era simples para uma discussão. Ela se incomodava facilmente com as coisas e eu não gostava muito disso, mas ela era assim e eu entendia- até certo ponto. 
Eu havia me desculpado várias vezes, mas nenhuma parecia suficiente para ela. Eu não ficaria implorando perdão, afinal queria que ela entendesse que nem sempre temos que transformar tudo em uma confusão e esperar que alguém se desculpe. Nunca pensei que se transformaria em algo assim. Eu a observei por puro desejo, mas nada fora do comum. Se ela estivesse assim em meus braços, eu apenas faria alguma coisa se ela quisesse. Mas agora as coisas estavam estranhas e nenhum de nós conseguia fazer ou falar nada. Eu não seria o primeiro. Ela queria pensar, ficar sozinha e eu a deixaria fazer o que quisesse. Depois conversaríamos.
Seguimos em silêncio até o carro. Coloquei suas sacolas no banco de trás. Enquanto isso ela ainda se aproximava o veículo. Sim, estávamos andando afastados, e eu não entendia muito bem o porque de manter uma distância tão grande. Abri a porta para que ela entrasse. Se aproximou de cabeça baixa e entrou. Fui para o lado do motorista e fiz o mesmo. 
Todo o caminho foi realmente muito ruim. Estávamos parados em um transito infernal- ainda longe de casa- e nós dois estávamos quietos. Olhei para o lado e Demi estava bem encolhida, com os braços cruzados, parecendo estar com muito frio. Ela tremia levemente e seus olhos estavam marejados- mas ela não chorava. 
Verifiquei se o ar estava muito forte- eu não estava com frio-, ele estava na primeira potência. Desliguei e esperei um pouco, ainda sem falar nada. Passaram-se alguns minutos, a encarei novamente. Ela continuava na mesma posição, agora um pouco mais encolhida e também tremia mais.
-Demi, você ta com frio?- perguntei calmo.
Ela não falou nada. Apenas assentiu, ainda sem me encarar. Fechou os olhos com força e os abriu novamente, em um rápido movimento.
Ainda estávamos naquele chato engarrafamento, o transito parecia não andar, os carros não se mexiam. Levei uma de minhas mãos calmamente até sua testa. Ela pareceu se assustar, mas não fez nada, apenas ficou quieta. Ela estava muito quente.
-Você está fervendo- disse deslisando minha mão até seu pescoço- Com certeza está com febre.
Ela pareceu não se importar. Nem se quer virou a cabeça para me olhar. Se não estivéssemos dentro do mesmo carro, eu poderia até desconfiar se ela realmente me ouvia. Afastei minha mão de seu rosto e peguei um casaco meu que estava no banco traseiro. 
-Toma, veste isso até chegar em casa. Eu já desliguei o ar- avisei.
Coloquei meu casaco sobre ela, que logo se agarrou a ele. Aproveitou para esconder seu rosto. Os carros começaram a andar e levei minhas mãos até o volante novamente, fixando meu olhar na rua- mesmo virando para encará-la as vezes.
O resto do caminho foi ainda pior. Não pronunciamos uma única palavra, além disso, eu estava preocupado com ela. Queria saber se estava melhor ou ainda continuava quente... mas não tinha condição de cuidar dela, nós não conseguiríamos. Não agora.
Chegamos na entrada do condomínio e ela se endireitou no banco. Estava bem abraçada ao meu casaco e eu ficava me imaginando ali... no lugar dele. Olhe a que ponto cheguei... nesse momento, só desejava estar no lugar do meu casaco! Isso podia parecer ridículo, mas eu daria tudo para estar abraçando-a agora.
Parei em frente a sua casa. Antes de sair, ela respirou fundo algumas vezes, levando suas mãos até o rosto, esfregando os olhos. Me senti péssimo por isso. Ela abriu a porta e virou para me encarar.
-Obrigada pelo casaco- ela agradeceu quase que com um sussurro, mesmo assim estava seca, séria. Tirou ele de seus ombros para me entregar.
-Não, pode ficar- disse rapidamente. Ela me encarou e o agarrou mais firmemente - E toma um remédio, você está muito quente- avisei. Ela pode pensar que não, ou até desejar mas... sim, eu havia visto o pequeno sorriso em seus lábios.
-Então eu... - fez uma pausa antes de sair- A gente conversa depois.
Apenas assenti e ela saiu apressadamente do carro, entrando em casa. Assim que a vi passar pela porta, me lembrei de suas compras, que estavam no carro. Seria uma péssima ideia entregá-las agora, além disso, era uma desculpa para vê-la de novo.
Estacionei o carro na garagem de casa, peguei as compras de Demi no banco de trás e entrei em casa. Todos estavam reunidos na sala de filmes, inclusive Nick- o que não era nada comum-, estavam assistindo uma comédia, comendo pipoca e rindo muito. Eu não tinha clima para rir agora. 
-Boa tarde- falei desanimado abrindo a porta da grande sala.
-Boa tarde, meu filho! Como foi o passeio?
'Pior impossível' pensei.
-Normal- acabei dizendo- Vou subir pra descançar um pouco- disse antes que me fizessem alguma outra pergunta sobre Demi.
-Não quer ver o filme?- Frankie perguntou.
-Não- forcei um sorriso para ele- Estou cansado.
Então subi a escada e entrei no meu quarto. Pela porta da sacada eu conseguia ver Demi sentada na cama, abraçando os joelhos e com a cabeça escondida entre eles. Fui rapidamente até minha varanda e fechei a porta de vidro. Provavelmente ela se assustou com o barulho e levantou a cabeça rapidamente para me encarar. Ficamos os dois sem reação nenhuma durante um tempo. Resolvi então fechar a cortina e assim o fiz.
Preferi não pensar muito no assunto, porque sabia que, no final, eu iria correndo para ela e implorando perdão. Não era o que eu queria. Deixaria ela resolver o que queria fazer.
Decidi tomar um banho, para tentar relaxar um pouco. Eu ainda estava um pouco estonteado por como vira Demi 'vestida' e talvez um pouco de água gelada resolvesse isso. Fiquei alguns minutos apenas tentando me acalmar, deixando que a água caísse sobre meu corpo. Era impossível não pensar em Demi. Todos os momentos, como eu fui capaz de estragar as coisas de uma maneira não infantil e idiota, o jeito como ela falou... tudo me fazia sentir muito culpado. Mas o que eu podia fazer? 
Coloquei uma roupa leve e me joguei na cama, pegando o violão para tentar me distrair. Já haviam se passado algumas horas desde que havíamos voltado do shopping e Demi não havia dado nenhuma notícia. Eu queria saber ao menos se ela estava bem. Uma hora ou outra teríamos que conversar.
Peguei meu celular e decidi ligar. Chamou, chamou e ninguém atendeu. Tentei mais algumas vezes e nada. Eu tinha certeza de que ela estava me evitando. Mas eu precisava saber como ela estava.
Peguei as sacolas e fui em direção a sua casa. Sua mãe atendeu a porta.
-Joe! Que bom te ver- ela sorriu me dando um abraço.
-Tia Di, a Demi esqueceu isso no meu carro... será que pode entregar a ela?- pedi mostrando as sacolas.
-Ah, Demi sempre com a cabeça em outro lugar- revirou os olhos, rindo- É claro querido, obrigada. Não quer você mesmo entregar? Talvez ela queira falar com você, porque comigo ela não troca uma palavra desde que chegou. Aconteceu alguma coisa?
-Não... ela só deve estar cansada. Não quero incomodar. Ela está melhor?- perguntei preocupado.
-Da febre? Sim... foi coisa passageira- sorriu.
-Ah sim... que bom- forcei um sorriso- Então... amanhã eu converso com ela. Boa noite, tia.
Quando estava prestes a me virar, vi Demi no topo da escada. Ela estava com um casaco grande e os olhos vermelhos. Me encarava sem nenhuma expressão. Desviei o olhar e segui em frente, abaixando a cabeça e respirando fundo. Sem mais olhar para trás.

Continua...
Hey! :) Dallas, meu amor, postei! O que aconteceu? Porque o dia das mães não está... 'bom'? :( Fiquei triste :( Mas espero que tenha ajudado :( Gostaram?? :) Espero que sim! Obrigada a todos! Hehe amo vocês <3 Eu decidi postar mais um... por todos vocês mas fiquei meio... preocupara por causa da Dallas :( Enfim... fica como um 'especial' pelo dia das Mães! Nossas MamaJonas e MamaLovato * Denise e Dianna*! :)  




COMENTEM! PLEASE! *.*


Beijemis, Bruna *.*

9 comentários:

  1. :) vc postou :) então meu dia começou meio mal ... Desde. Ontem minha relação com minha mãe ta meio ruim ... Mas hj dei os parabéns e tal tudo perfeito só q depois começou de novo ... Mas eu ficava calada Pq apesar dos pesares ela e minha mãe e acho q ela percebeu como eu tava tipo calada o q n e normal eu ficar assim ... E agora de noite ela ta tentando me reconquistar e é meio ruim pra mim , sei lá eu amo ela MUITO , tem dias q nos estamos super bem mesmo mas já outros ela parece descontar as coisas em mim e eu fico calada pra nao responder.... E ruim pra mim ... Mas me acostumei mais com essas mudanças , já minha relação com meu pai E A MELHOR possível ele e tudo pra mim tudo mesmo n vivo sem ele.... Então n sei Pq to desabafando aqui sei q muitas pessoas vão mas... Depois me passa seu msn pode ser? Voltando ..... UAU MEU DEUS O JOSÉ TA TODO INDIFERENTE COM A DEMI , BICHINHA DELAAA bubu VAI POSTAR OUTRO NE PLIZZZZZZZZZZZZZZZZZ AMO VC !

    ResponderExcluir
  2. mtoo bom!! tadinho deles...
    maaaaaaaaaaaaaais

    ResponderExcluir
  3. Ameii uau ta o q vai contecer ate eu to muiito anciosa u.u uau o negocio ta é feio ein?! posta logo!!! - Dallas q foi bb? entra no msn preciso falar contigo - entaoo posta ta?!

    ResponderExcluir
  4. aaaaaaaaaaawn, tadinhos ): faz uma reconciliação bem linda pra eles hein ? kkkkk enfim, adoreeeei *O*

    ResponderExcluir
  5. POSSSSSSSSSSSSSSSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  6. Heyy pudiim *-* Hehe desculpa te chamar assim e q tenho mania de colocar apelidos nas pessoas geralmente e com coisas de comida! Kkkk liga n!!!! Bom vc devia postar sabe assim hoje hoje e hoje de novo um bem grandinhooooooooo :D Hehe" OH GOD amei amei amei o q vai acontecer ein?! Assim na minha cabeça o joe devia dormir e quando acordasse aabe a demi tivesse do seu lado fazendo cafuné na cabeça de ou então ela ficasse bem triste e ai ela ia compor uma música e quando ela cantasse ele escutaria AHHHHHHHHHHHHHH TA VENDO O Q VC FAZ COM A MINHA CABEÇA? >.<. Vai me deixar doida o tanto de besteira q já pensei essas foram as "melhorzinha" imagina as ruim?! Kkkkkkkkk posta ta?!

    ResponderExcluir
  7. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH
    ME MATA LOGO!
    QUE PFTO
    ELES VÃO SE ACERTAR NE?
    AAAAAAH
    POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  8. Sabe eu no meio da aula de biologia olhando se uma pessoinha - indireta- postou e sabe o q eu n vi? O capitulo novo então vc devia poste sabe >.< pois e!!!! POSTE LOGO SENHORITA BRUNA Q EU TO MAIS Q ANCIOSA TO IGUAL PINTO NO LIXO DE ANCIEDADE !!!!! -te amo !!! Sz

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3