Visualizações

7 de mai de 2012

Be Yourself- Chapter 25


Chapter 25- My princess...

Demi on:
Acordei com o barulhinho da chuva caindo. Abri os olhos lentamente e pude ver a cortina balançando- já que um forte vendo entrava por uma brecha-. Me encolhi mais, junto com as cobertas quentes em que estava deitada. Olhei para os lados e Joe não estava ali. Me espreguicei, olhando a hora no relógio- ótimo, mais um dia acordando cedo- e fechei os olhos novamente. Eu estava completamente coberta, pois o vento era forte. Ouvi o barulho da porta se fechando e abaixei a coberta- tirando-a de meu rosto- encarando a porta.
-Já acordou?- perguntou surpreso- Bom dia, ainda está cedo.
Ele sorriu e veio até mim, me dando um selinho demorado.
-Eu sei, mas - dei de ombros, cruzando os braços.
-Nossa, desculpa. Eu abri a varanda e me esqueci de fechar. Subi pra ver se estava com frio.
Se levantou e caminhou até lá, fechando rapidamente a porta de vidro. Enquanto ele fazia isso, me levantei lentamente da cama- ainda bocejando- e o abracei.
-Bom dia- sussurrei.
-Você parecia um anjinho dormindo... tão linda.
Senti minhas bochechas queimando levemente, mas já estava acostumada. Só a presença dele já me deixava assim.
-Dormiu bem?- sorriu.
-Muito, acho que nunca dormi tão bem- confessei.
-Eu também não- ele disse.
O encarei séria, com um meio sorriso. Eu sabia que aquilo não era verdade.
-Até parece, Joe- balancei a cabeça em reprovação.
-Eu não to mentindo. A sua presença vale muito mais do que qualquer outra coisa, acredita em mim.
Sorri ao ouvir aquilo, o abraçando mais forte.
-Acho que a nossa praia não vai rolar.
Ele fez uma careta e rapidamente me pegou no colo, me carregando em seus braços até a cama. Se sentou e me colocou no colo.
-Não importa, temos o dia para nós dois.
Sorri e ficamos um tempo ali, apenas curtindo a presença um do outro. Me levantei, indo até o banheiro. Escovei meus dentes e joguei uma água no rosto, para acordar por completo. 
Tomamos café enquanto conversávamos com os pais de Joe. Havíamos admitido que estávamos 'juntos'- mesmo depois de isso já estar mais do que claro- e seus pais sugeriram um jantar com a minha família. Joe pareceu não se importar muito com isso, apenas concordando. Não definimos data nem nada, realmente não era importante- já que o que tínhamos não era ao menos oficial.
Passamos a manhã assistindo televisão.
-Joe, eu tenho que voltar para casa.
Me levantei de seu colo. Minha mãe já havia ligado várias vezes e eu sempre inventava uma desculpa com Joe rindo ao meu lado, mas já estava na hora do almoço e eu devia dar alguma satisfação antes que ela decidisse chamar a polícia para ir atrás de mim.
-Tudo bem- concordou- Se arruma que eu passo na sua casa depois do almoço, pra gente fazer alguma coisa.
Concordei sorrindo e nos despedimos. Era para ser rápido, mas ficamos cerca de uma hora nos beijando- isso era só a despedida- sempre nos perdíamos no tempo. Logo depois- quando não podia mais prolongar nada- lhe dei um breve selinho e fui até minha casa. Ele me observava da porta, sorrindo.
Ele era simplesmente como um sonho para mim. Nada que eu imaginara era tão perfeito como ele. Tudo o que fazia, o modo como me entendia, como agia e me ouvia... eu não podia querer nada mais. Com ele, eu tinha tudo que precisava.
Almocei com meus pais- que insistiram até eu confessar que estava com Joe- Depois tomei um banho bem demorado, colocando uma roupa confortável, mas bonita.
Deitei na cama e me peguei olhando para a sacada de Joe. Não tinha ninguém lá, mas mesmo assim eu conseguia deixar minha imaginação fluir, pensando em vários momentos - que já aconteceram ou não- Cada um mais incrível e inacreditavel que o outro. Eu me lembrava dos beijos, suas mãos macias sobre mim, seus carinhos e palavras.
O toque do meu celular despertou meus pensamentos, eu já tinha um sorriso bobo no rosto.
Alô?- eu disse, já sabendo quem era.
-Oi, minha princesa- sua voz doce soava como uma melodia para mim.
-Tudo bem?- perguntei, sorrindo.
-Melhor quando você estava aqui- afirmou- O que quer fazer?
-Eu até ia te ligar... minha mãe ia me levar ao shopping pra fazer algumas compras e eu... tinha esquecido. Não sei se vai dar pra sairmos hoje...
-Eu te levo- ofereceu.
-Não, Joe... não precisa. Você não vai gostar, serão compras e mais compras.
-Eu não ligo- deu de ombros- Se quiser que eu te leve... estou aqui.
-Bom... já que é assim...
-Passo aí daqui a 10 minutos- me interrompeu- Beijos, te amo.
-Te amo.
Coloquei uma maquiagem leve, uma sandália e já estava pronta. Não me arrumaria muito para um simples passeio no shopping, eu não era disso. Fui para a porta esperar por Joe, logo ele chegou.
-Como você pode ficar cada vez mais linda?- me deu um selinho.
-São seus olhos- brinquei com ele.
Rimos juntos e seguimos para o shopping. 
-Não reclame, eu avisei que não seria legal.
Disse saindo do carro. Esse definitivamente não era um passeio para fazer com o 'namorado' e sim com uma amiga- ou até a mãe-. No caso, eu ficaria experimentando roupas- o que não era nada legal com ele- Mas como insistira, eu não recusaria.
-E eu já disse que não me incomodo. Além disso eu tenho bom gosto, você vai se sair bem- brincou.


Joe on:
Entramos no shopping de mãos dadas. Seria uma longa tarde de compras.
-O que pretende comprar?
Perguntei curioso. Estávamos andando sem muito foco... apenas passeando. Ia ser legal comprar roupas com a Demi, ainda mais se ela quisesse experimentá-las- e me deixasse ver- Mas preferi espantar isso da minha cabeça. Ela segurou minha mão, me puxando para a direção contrária.
-Bem ali, vamos começar por aquela.
Apontou para a loja mais 'chique' do shopping. As roupas ali eram realmente lindas. Sorriu sapeca e fomos andando até lá. Eu já havia estado naquela loja -não importa com quem- e por isso sabia que vendia langeries muito ... sensuais também. Provavelmente ela não se importaria com isso mas... não custava nada imaginar.
--------------------------------------------------
-Eu gostei dessa, dessa, daquela alí... olha que linda.
Eu apenas ria. Demi estava completamente deslumbrada e perdida no meio de tantas peças. Eu a acompanhava rindo, segurando as roupas que ela jogava em meus braços.
-Agora o que acha de experimentar?
Ela me encarou com um meio sorriso. Pegou as roupas e seguiu em direção ao provador.
-Você fica sentadinho ai- disse em tom autoritário, eu apenas ri.
Me sentei em um banco em frente a cabine onde ela estava. Como não era bobo nem nada, percebi que conseguia ver seu reflexo no espelho através de uma brecha na cortina, fiquei observando discretamente.


Continua...
Curiosos, não? Hehe desculpem a demora :s Gostando? :) Vamos comentar muuuuito! *.* Amo vocês, obrigada pelos comentários...lindos e perfeitinhos como sempre! <3 #MuchLove :3


> C.O.M.E.N.T.E.M <
Heeeey gente! Happy Jonas Daaaaay!!! :{D 


Beijemis, Bruna *o*

7 comentários:

  1. Amei o capítulo
    Continua Pleaseeeeee


    Bjs Maria

    ResponderExcluir
  2. Capitulo lindo e maravilhoso como sempre Bruna *-*
    O Joe e a Demi sao tão fofos juntos.
    O Joe é muito safadinho, fica espiando a Demi pelo reflexo do espelho kkkkkkk
    Posta logooo!!
    HAPPY JONAS DAAAAYYYYYY :{D
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  3. AA ta perfeitooo feat muito lindooo!! posta maiss! PLEASE! bjs!

    ResponderExcluir
  4. OMG OMG OMG OMG QUE CAPITULO LIIINDO *-* AMEI AMEI AMEI SERIO!!! VC DEVE GOSTAR DE ME DEIXAR CURIOSA SO PODE ,PORQUE VAMOS COMBINAR QUE PERFEIIIIIIITOOOOO
    EU PIRO COM ISSO
    O QUE O JOSE SAFADO VAI VER EIN?! KKK
    COLIRIO PARA OS OLHOS DELE, ACHEI MUITO FOFO ELE ANDANDO DE MAOS DADAS SERIO FIQUEI SO PENSANDO E AH... PENSEI TBM Q VC PODERIA POSTAR OUTRO TIPO PRA AGORA KKKK POSTA TA?! RAPIDOOO

    ResponderExcluir
  5. pooooooooooooooooooooooostaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  6. :'( POSTAAAAAA1 POR FAVORZINHOINHOINHOOOO!

    ResponderExcluir
  7. Ameii kk bem q a Dallas disse q era muito bom, ela ficava so me pertubando pra le ate q li e AMEI! posta logo

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3