Visualizações

1 de mai de 2012

Be Yourself- Chapter 22


Chapter 22- Stay... {Especial Jemi ²}

Joe on:
Eu achei que ela me faria parar, mas me surpreendi quando ela apenas retribuiu. Eu sabia que mesmo demonstrando 'calma', por dentro ela estava muito nervosa, podia sentir quando segurava sua mão ou a olhava nos olhos. 
Eu não pararia, porque eu sabia que ela queria continuar. Não de ir além disso, mas ela estava gostando de 'tentar' e eu de saber que ela confiava em mim.
Ficamos durante muito tempo apenas nos beijos, então resolvi partir para algo mais... 'ousado'. Quando coloquei minha mão cuidadosamente por dentro de sua saia, podia jurar que ela pararia. Mas não.
Sorri em sua direção e ela retribuiu, tímida. Levei minhas duas mãos até seu rosto e selei nossos lábios. Algum tempo depois, sua blusa já estava suspensa de forma suficiente para que eu pudesse tocar metade de sua barriga, já descoberta.
Depois de acariciar sua nuca, deixando ali alguns beijos, depositei minha mão na borda de sua saia e juntei mais nossos corpos.
Eu nunca me cansava de beijá-la, sentí-la ali junto a mim, ficar ao seu lado, era algo inexplicável. Nos beijávamos a alguns minutos, eu perdi a noção do tempo quando entramos naquele jardim, mas isso não importava nada agora. 
Depositei alguns beijos em sua barriga, subindo até poder sentir a renda de seu sutiã em meus lábios. Comecei a descer os beijos, indo até a borda de sua saia. 
Eu não queria assustá-la, e sabia que se continuasse, ela ficaria mais nervosa e não era o que eu desejava.
Ela suspirou ao sentir meus lábios em contato com sua pele quente. Levei novamente meus lábios aos seus, ao mesmo tempo, deslizando minhas mãos pela lateral de seu corpo. Subi de tal forma que minhas mãos encostaram em seu sutiã. Acariciei-a por cima da delicada pele, ela se encolheu um pouco quando escorreguei minhas mãos até o fecho.
-Você quer que eu pare?- me afastei um pouco, a encarando.
Ela abaixou a cabeça, se afastando um pouco mais, chegando para trás na mesa, fazendo com que suas pernas se fechassem. Levei uma das minhas mãos a sua, entrelaçando nossos dedos, enquanto a outra acariciava sua bochecha rosada.
-Eu só acho que... não é um bom lugar pra isso- disse um pouco nervosa.
Ela depositou suas mãos sobre meu peito, me empurrando levemente, se levantando.
-Já ta tarde... eu acho melhor eu ir- sussurrou, andando em direção a saída do jardim.
-Demi...- chamei um pouco apreensivo, nervoso- Não era minha intenção eu... só queria que confiasse mais em mim e aproveitasse- expliquei indo até ela.
Estávamos um pouco distantes, e então ela parou. Fiz o mesmo.
-Amanhã a gente conversa, Joe- disse, sem me encarar. Ela ainda estava de costas para mim.
-Por favor, me desculpa- pedi- Eu devia ter ido com calma. Não queria que interpretasse mal, eu...
-Ei- ela se virou rapidamente, vindo até mim- Sério, ta tudo bem- sorriu, corada- Eu te amo- me deu um selinho e saiu correndo, de braços cruzados por causa do frio.
-Demi- gritei com medo que que não estivesse realmente 'tudo bem'.
Ela se virou mais uma vez, eu fui até ela.
-Você não fez nada de errado, Joe- garantiu- Só não acho que seja o lugar e... o momento certo- sussurrou envergonhada.
-Fica aqui comigo?- perguntei, segurando suas mãos- Por favor.
-Não é uma boa ideia- disse tímida, sem olhar em meus olhos.
Eu não queria deixá-la ir, pois sabia que provavelmente ela me evitaria ao extremo por causa do que acabara de acontecer.
-Se ta realmente tudo bem, fica aqui comigo- pedi- Por favor, Demi.
Ela levantou a cabeça, me encarando um pouco indecisa, procurando saber se ficava ou simplesmente saia correndo dalí.
-Vem cá, vem- segurei firmemente uma de suas mãos.
Ela se aproximou lentamente, ainda com certa dúvida. Quando já estava bem próxima, lhe dei um abraço. Ela enterrou sua cabeça em meu peito. Minhas mãos vagavam por suas costas, acariciando-a. Dei um beijo no topo de sua cabeça.
-Você ta com frio?- perguntei me afastando um pouco, mas nossos rostos ainda estavam próximos. Ela assentiu.
A envolvi com meu braço e caminhamos em direção a entrada da casa. Passamos pela churrasqueira e pude perceber que ela tinha seus olhos fixos no galpão que estava bem na nossa frente.
-Você quer ir lá?- perguntei sorrindo.
Ela virou sua cabeça até minha direção, sorrindo sapeca, ainda timidamente. Entendi o recado. 


Continua...
Hey! :) Como estão? Hehehe eu sei o que vocês pensaram que aconteceria... mas não agora, ainda tem muita coisa pela frente! :O Maas, enfim... gostaram? Espero que sim... eu sei que decepcionei alguns que queria um capítulo -hot- apesar de eu não ser boa com isso, mas... :s Obrigada a todos, amo vocês! COMENTEM MUITO! :D Awwwwn vocês são tão lindas com esses comentários perfeitos... *o* Maaas, querem mais? COMENTEEEEM! :)


Beijemis, Bruna <3

7 comentários:

  1. Ooi anjo, Giu aqui!
    Então... Faz MUITO tempo que eu não comeno, né? Desculpa, mesmo :(!!
    É, que... Sei lá... Provas, viagem, compras por causa da viagem, twitter...
    Tá MUITO MARAVILHOSO, meu Deus!
    A Demi toda tímida e o Joe querendo dar o próximo passo, danadinho!
    Que fofa a Demi dando seu sorrisinho sapeca!
    Quero ver esse tal 'galpão'!
    Tá MUITO fofo, anjo, continua assim, tá?
    Beijos, te amo demais, demais, demais, mesmo!
    Da SUA LOVAQUETE!
    Qualquer coisa to nos twitter's e tumblr's!

    ResponderExcluir
  2. Capitulo maravilhoso como sempre *--*
    Awn a Demi ficou toda tímida, que linda.
    Tambem acho que esse não é o lugar certo pra se fazer esse tipo de coisa kkk
    Huuuummm oq a Demi quer nesse galpão hein ?! Kkkk
    Posta Logoo!!!
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  3. Amei :)
    Eles estão cada vez mais próximos.

    ResponderExcluir
  4. Amei Amei Amei *=* POSTAAAAAAAAA desculpa n fazer um comentário digno e q to passando rápido só deu tempo ler mas .... Comentei rápido pra ver se posta ! ;)

    ResponderExcluir
  5. AAA que perfeitoo! o fic ta linda! *_* posta mais bjs :D

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3