Visualizações

16 de mar de 2012

Be Yourself- Chapter 5

Chapter 5- Why me?


-Ué, você escolheu desafio- Liam lembrou.
-Eu sei mas....- não encontrava as palavras certas... Na verdade não haviam palavras a serem ditas.
-Algum problema?- Joe perguntou.
-Claro que ...não.- disse. Eu não podia falar a verdade agora, teria que encarar todas as consequências pela idiotice que vinha fazendo em minha vida.
-Se é assim, nós vamos embora- David disse e todos se levantaram- Aproveitem a noite- deu um sorriso malandro e foi embora acompanhado do restante das pessoas.
Eu respirava fundo, tentando conter o nervosismo.
-Joe, eu...- por um segundo tentei explicar a ele... mas não sabia o que pensar, muito menos o que dizer. Não tinha explicação para a minha vida, minha mentira.
-Agora você não pode mais fugir de mim- Joe disse se aproximando, me levou até a parede e começou a beijar meu pescoço. 
Eu estava paralisada, meu coração batia rapidamente e minha respiração estava claramente alterada. Joe tinha um grande poder sobre mim, ele me fazia sentir completa, mas o nervosismo era muito maior do que a vontade de 'aproveitar' o momento. Eu não podia aproveitar.
Ele me pegou no colo, automaticamente minhas pernas se prenderam em sua cintura e  subiu os degraus da escada, indo até seu quarto. Ele me beijava intensamente e passava a mão por todo meu corpo. Eu estava em estado de choque, sem saber o que fazer. Por um segundo, correspondi aos beijos, mas não poderia ficar na ilusão de que seriam apenas beijos. 
-Você é muito gostosa- ele sussurrou em meu ouvido.
Todo meu corpo tremia, eu sabia que era por medo, insegurança. Mas também tinha uma ponta do 'poder' de Joe que me fazia sentir desse jeito. Por alguns momentos eu esqueci de tudo, esqueci de quem era, o que iria acontecer e comecei a aproveitar o momento.
Joe me levou até a cama, ficando por cima de mim. Começou com alguns beijos no pescoço e foi descendo... O desespero só aumentava dentro de mim, mas ele voltou seus lábios para junto dos meus, me beijando ferozmente. Um grande alívio.... Por enquanto.
Eu já devia ter saído dali, mas não sabia como. Se eu dissesse a verdade a Joe, todos na escola me chamariam de mentirosa e descobririam que sou completamente diferente do que eles vêem. Sem contar com as piadinhas que os meninos fariam, as coisas que falariam... Mas eu não podia continuar, eu não podia deixar isso acontecer.
Joe passou uma das mãos por dentro de meu vestido e eu me curvei um pouco, ainda sem coragem para fazer nada. Ele pressionou mais seu corpo contra o meu eu estava incomodada com a situação, mas ainda correspondia aos seus beijos. 
Eu havia caído em uma armadilha... Uma armadilha causada por minhas próprias mentiras. 
Mesmo com muito medo, eu sentia.. 'amor' e seus beijos. Eram intensos mas ao mesmo tempo ... 'apaixonados', viciantes.
Ele tirou a camisa e eu ficava cada vez mais tensa. Quando puxou meu vestido para cima, percebi que não podia continuar, isso acabaria indo longe de mais, assim como minha mentira.  Se eu não concertasse tudo isso agora, daqui pra frente as coisas só piorariam... Eu não queria dizer a verdade, apesar de saber que era preciso. Eu tinha medo do que aconteceria se eu não o parasse... Mas o medo de perder a popularidade, a fama, amizades, também era grande.
Me soltei rapidamente de seus braços, com a respiração ofegante e o peso das lágrimas em meus olhos. Saí da cama, me levantando e indo até a varanda dele.
-Ah Demi, para de palhaçada- ele resmungou- Vai se fazer de difícil agora?- perguntou se aproximando.
-Para- eu pedi com a voz falha.
-Qual o problema agora? Que desculpa vai inventar?- debochou me puxando levemente.
-Não faz isso, por favor- pedi. As lágrimas começaram a sair e eu comecei a chorar desesperadamente- Não faz...- sussurrei.
-Ei, Demi... O que houve?- ele perguntou assustado. 
-Eu não posso fazer isso, eu não posso- eu estava com a cabeça baixa, as lágrimas saiam descontroladamente.
-Demi, o que aconteceu?- ele se aproximou mais, levantando meu rosto.
-Me solta- disse um pouco exaltada, me afastando.
Me sentei em um canto do quarto, eu abraçava as pernas e tinha minha cabeça entre elas.
-Por favor, não chora... Porque ta assim? Me diz o que aconteceu.
-Para, para... eu não consigo- implorei. O choro só aumentava.
-Calma- ele pediu, se aproximando, ajoelhando ao meu lado.
-Fica longe de mim- pedi, me encolhendo mais contra a parede.
-Demi, não fica assim- ele pediu- O que houve? O que eu fiz?
-Eu faço o que você quiser, juro... Mas eu imploro, não me força a...- interrompi a frase, o choro aumentava junto com meus pensamentos.
-Eu não vou fazer nada, Demi. Nunca te forçaria a nada- ele garantiu- Não precisa ficar assim, fica tranquila.
Enquanto eu chorava cada vez mais desesperadamente, ele levou uma de suas mãos até meu braço, calmamente e acariciou de leve. Me esquivei um pouco de seu toque.
-Hey, não precisa ter medo de mim, eu juro que não vou encostar em você- se afastou um pouco.
-De-desculpa- pedi sussurrando, em meio aos incessantes soluços.
-Fica calma, não precisa chorar- ele disse- Por favor- pediu calmamente.
O encarei, seus olhos se fixaram nos meus, uma corrente elétrica pareceu percorrer todo meu corpo. Eu me sentia insegura, fraca... desprotegida, desamparada. Me dei conta do que havia feito, só se passava pela minha cabeça o que Joe estaria pensando sobre tudo isso. Nesse momento eu só queria sair dali o mais rápido possível, cavar um buraco no chão e me jogar dentro. O pior de tudo, era que eu não poderia fugir, mesmo se saísse dali agora, logo eu deveria encarar novamente os fatos. Porque isso tinha que acontecer? Logo com Joe, quem eu conhecia a anos, tinha um 'rolo' e nem conversava direito? Logo com quem eu não me sentia a vontade... Com quem eu amava.
-Eu... vou embora- me levantei rapidamente correndo em direção a porta.
-Não- ele foi até mim, segurando levemente meu braço, mas logo eu parei e ele soltou- Vem cá- me levou até a cama, se sentando ao meu lado.
-Joe...Me deixa sair daqui- implorei, ainda chorando- Eu não sei o que eu fiz, eu não sei o que fazer!
-Fica tranquila-pediu- Eu vou buscar um copo de água pra você, me espera aqui- disse vestindo a camisa- Já volto.
Ele saiu apressadamente do quarto e logo voltou com o copo nas mãos. 
-Aqui- me entregou- Se acalma- pediu secando algumas lágrimas- Não vou fazer nada- garantiu novamente.
-Eu não devia ter feito isso, mas eu não posso, eu não consigo- o choro voltou novamente.
-Demi, para com isso, por favor! Me diz o que aconteceu! O que eu fiz?- perguntou angustiado.
-Eu sou uma completa idiota, imatura, burra- resmunguei.
-Ei, para- levantou minha cabeça- Me desculpa, por favor?- ele pediu.
-Você não fez nada, Joe- disse sem olhar nos olhos dele. Eu estava muito constrangida com a situação.
-Se eu não fiz nada, por que está assim?- perguntou- Sério, foi uma idiotice da minha parte, me desculpa, mesmo. Eu nunca devia ter feito isso.
-Ta tudo bem- forcei um sorriso ainda sem olhar em seus olhos- Mas se você fez alguma coisa, foi por minha culpa... Eu sou uma idiota- abaixei a cabeça.
-Escuta Demi- ele pediu, levantando minha cabeça novamente- Eu sinceramente ainda não entendi  o que aconteceu, mas você não é uma idiota. Se alguém deve pedir desculpas aqui, esse alguém sou eu.
-Você não ia entender, eu passaria a noite toda aqui, falando...- eu disse.
-Eu não me importaria- garantiu- Mas sei que não se sente a vontade comigo, certo?
-Certo- sussurrei- Não é nada pessoal...
-Não precisa me explicar- garantiu- Só se acalma e para de chorar, por favor- pediu colocando uma mexa do meu cabelo, que caía sobre meu rosto, para trás da orelha- Quero que entenda que não precisa ficar nervosa nem preocupada, se acalma.
Não falei nada, apenas sorri... mas ainda incomodada.
-Vem, eu vou te levar pra casa- segurou minha mão, me ajudando a levantar da cama.
-Não Joe, eu vou sozinha- disse.
-Eu te levo, Demi- preferi não discutir. Era até bom, eu não estava bem para andar sozinha a essa hora.
-Ta- concordei brevemente e saímos do quarto, em silêncio.
Desciamos a escada e Joe tinha sua mão levemente depositada em minhas costas, dando certo apoio. Eu estava com a cabeça baixa, ainda sem o encarar.
-Joe, quem é ela?- Um menino pequeno e muito bonitinho perguntou. Ele devia ser o tal irmão caçula de Joe, estava no sofá vendo televisão. Levantei a cabeça levemente para encará-lo mas logo abaixei-a novamente.
-É uma amiga, Frankie- Joe respondeu.
-Ela ta bem? Ouvi um barulho de choro- comentou.
-O que mais você ouviu?- Joe perguntou, um pouco nervoso.
-Nada, só isso- respondeu inocentemente.
-Ela está bem sim, só precisa descançar. Vai lá pro seu quarto que eu já volto- Joe pediu, forçando um sorriso.
Frankie o obedeceu na hora.
-Melhoras moça- ele disse passando por mim.
Ele era uma gracinha, não pude evitar em sorrir.
-Desculpa, ele é meio curioso- Joe disse.
-Imagina, ele é um amor- disse quase com um sussurro.
-Vamos- segurou minha mão e me levou até o carro, abrindo a porta para mim.
Fomos em completo silêncio até a minha casa, o caminho era curto mas pereceu uma eternidade. A situação me incomodava, muito. 
Eu tinha minha cabeça apoiada na janela, as lágrimas escorriam silenciosamente pelo meu rosto, meu corpo estava fraco e tremia. 
-Está entregue- ele disse parando em frente a minha casa.
Não disse nada, apenas abri a porta do carro, querendo sair dali o mais rápido possível.
-Espera- ele segurou meu braço cuidadosamente e eu me virei para encará-lo.
Em um inesperado ato, ele me puxou levemente, me envolvendo com seus braços, dando um abraço caloroso e aconchegante. Demorei um pouco para assimilar as coisas na minha cabeça, mas depois de um momento, apenas correspondi ao abraço, enterrando minha cabeça em seu peito. Por incrível que pareça, eu me sentia protegida, não me sentia mais tão... vulnerável.
-Fica bem- sussurrou em meu ouvido- Boa noite- se afastou e eu saí do carro rapidamente, correndo para dentro de casa. Precisava de uma boa noite de sono, mas não sabia se conseguiria dormir.


Continua...
Gostaram? Gente, eu avisei que não aconteceria o que vocês estavam pensando! :s Mas eu me diverti muito com os comentários haha :) Eu amei esse, achei fofo *-* Amo momentos fofos :3 Comentem muito, viu? Obrigada a toooodos, mesmo! Amo vocês <333 Não garanto que vou postar amanhã, porque realmente eu to cheia de coisas pra fazer :/ Mas vou tentar ao máximo! :)


Beijemis, Bruna =)

10 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAA, AMEEEEI U.U

    TADINHA DA DEMS :(

    POSTA LOGO, BJBJ

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH, QUE LINDO O JOE SENDO ASSIM FOFO COM ELA *-* Awwn, eu quero que ela conte a verdade logo e eles fiquem juntos pra valer *oo* haha Enfim, tá incrível, pooooooooooosta logo Bruna. BeiJemi ;**

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH QUE LINDO PERFEITOOOOOOOOOOOO!
    QUERO ESSE JOE <33333
    ELA VAI CONTAR TUDO PRA ELE?
    AAAAH POSTA LOGO AMOR!
    BEIJOOOOS

    ResponderExcluir
  4. Oiie Bruna! :)
    Morri lentamente lendo esse capítulo, sério! Foi simplesmente perfeito, como todos. Eu amei, amei, amei demais! <3
    Imaginava que ela não fosse para cama com ele, e pensei que ela fosse contar a verdade, mas ainda não foi dessa vez. :/ Tadinha da Demi, deu vontade de chorar. :( E o Joe, mega fofo com ela? Awwwn vou roubá-lo para mim! -n
    Bom, Bru (pode chamar assim né?) tá perfeito e quero muito saber o que vai acontecer no próximo capítulo! Curiosidade me matando por dentro. Hahahaha

    Beijos e posta logo baby! <3

    ResponderExcluir
  5. Amei,Amei...Agora a Dem tem que mudar e contar a verdade néh?Ia ser tão perfeito*-*....
    Posta Logoooo

    ResponderExcluir
  6. Oi anjo, Giu aqui!!
    AI MEU DEUS, TO SUTANDO AQUI EM CASA, QUE LINDOSSSS
    JEMI, JEMI, JEMI, VOU MORRER!!!
    Que fofura, sua cara essas cenas fofas <33
    Quero o próximo logoooo!
    Eles vão ficar melhores amigos agora, né? Tem que ficar!!!
    Tá muito fofo o Joseph preocupado com a Demetria, vou chorar :')
    Deu pra perceber que to enlouquecendo, né?
    Te amo demais, conta sempre comigo, tá?? Te amo muito, muito, muito... <333
    Beijos, da SUA LOVAQUETE

    ResponderExcluir
  7. :O ta perfeitoo!! quero só ver oq vai acontecer na escola..quando ela chegar :/ AAA posta logo bjs!

    ResponderExcluir
  8. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA LINDO COMO SEMPRE , AMEIIIIIIIIII
    POSTA LOGO MIGA :(
    BJS THAIS

    ResponderExcluir
  9. AAAAAAAAAAA SUPER LINDO ESSE CAP!
    AWN MUITO FOFO ESSE JOE :)
    POSTA LOGO !!!!!
    beijos:* iris frança

    ResponderExcluir
  10. AAAAAAAAAAAAAAAAAAA, POSTA LOOOOOOGO PLEASE !!!
    AMEEEEEEEEEEEEEEI DEMAIS (=

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3