Visualizações

25 de fev de 2012

Do You Remember? - Chapter 40 {parte 2} Último capítulo.

Chapter 40 (parte 2)


-Bom... eu não vou entrar em detalhes...- respirou fundo, fechando os olhos- Nossos pais morreram por minha culpa.
-O QUE?- gritei levantando em um pulo da cama, as lágrimas saiam descontroladamente.
-Demi, calma!- Joe pediu.
-'CALMA'? COMO ASSIM DALLAS?- gritei novamente... eu estava muito alterada.
-Escuta Demi, ela só vai continuar de você se acalmar! Para de gritar- ele disse e eu me sentei novamente na cama, Joe me segurava firmemente.
-No dia em que tudo aconteceu, depois de você ter saido do carro... Nossos pais discutiram sim, como eu te disse, porque a mamãe queria voltar para te buscar... Mas eles entraram num acordo e voltaram, mas quando papai estava fazendo a volta, eu começei a chorar e gritar, reclamar da minha vida, da atenção que eu recebia... Tudo girava ao seu redor e eu não estava bem com isso. Foi aí que eu.... Me taquei na parte da frente do carro, eu não sei bem qual era meu objetivo... talvez eu quisesse impedir nossos pais que voltassem para te buscar e te deixassem lá.. Mas eu agi por impulso e foi ai que ele perdeu o controle do carro e bateu...
-Você... Você matou nossos pais- a encarei incrédula.
-Não foi de propósito, Demi! Eu estava sofrendo muito na época.... Você recebia tudo o que queria!
-Matar nossos pais acabaria com o seu sofrimento?- perguntei cinicamente.
-É claro que não! Eu só queria que eles te deixassem lá! Mais nada!- ela chorava muito, assim como eu- Não foi a minha intenção! Pelo amor de Deus, eu nunca faria isso propositalmente.
-Eu não duvido nada, Dallas!- disse um pouco exaltada.
-Olha, eu sei que já errei muito, já fiz muita gente sofrer... Mas eu nunca seria capaz de querer nenhum mal aos meus pais!
-Durante todo esse tempo... Eu fiquei me culpando, chorando noites e mais noites por causa do arrependimento que sentia... Você colocou toda a culpa em mim quando na verdade a culpada era você!
-Eu sei disso, Demi! Eu errei muitas vezes com você! Desde colocar a culpa até te abandonar naquele orfanato! Mas foi o jeito que eu encontrei para esconder esse sofrimento!
-VOCÊ NÃO PODIA TER FEITO ISSO!- parti pra cima dela, chorando e gritando muito.
-DEMI- Joe gritou, me puxando para a cama.
-ME SOLTA- berrei, me remexendo em seus braços.
-Para com isso, Demi!- ele pediu, ajoelhado em minha frente- Por favor, tenta se acalmar! Isso não vai levar a lugar nenhum!
-Ela não podia ter feito isso! Eu sofri minha vida toda por causa de uma mentira!
-Eu sei, Demi! Mas se poe no lugar da Dallas! Você também não acha que ela sofreu? Claro que nada justifica o que ela fez, mas não a julgue dessa forma! Todo mundo erra!
-Enquanto eu chorava horrores, com um buraco enorme no coração, ela vivia a vida dela tranquilamente! Isso não é justo!
-Eu sei que não! Mas ela também chorou, Demi. Ela também sofreu! 
-É claro que ela não sofreu, Joe! Sempre me culpava por tudo!
-Você sempre teve tudo o que quis! Seus pais faziam tudo pra você! Você nunca parou para pensar como a Dallas se sentia! A única coisa que fez foi dizer que ela era invejosa... Mas ela só queria amor, Demi. Coisa que você teve de sobra, por isso não entende o que ela sentia.
-Eu entendo sim!- gritei.
-Não. Você não entende. Escuta, eu sei como está se sentindo, sei que a raiva dentro de você deve ser enorme, mas ficar com esse sentimento não é bom. Você não imagina como está sendo difícil pra ela confessar tudo isso, Demi! Pensa bem, ela está aqui, te contando o que realmente aconteceu, e de uma certa forma, ela tirou esse sofrimento que você guardava... Mas dentro dela, esse sofrimento só aumenta.
-Demi, eu sei que não devia ter feito isso, eu não tinha esse direito, não podia fazer você sofrer para tirar isso de mim. E eu não consegui! Esse sentimento continuou dentro de mim... Assim como você, eu chorava todas as noites, Demi! Mas sempre escondendo tudo, fingindo ser forte. Você é mil vezes mais forte que eu e ninguém tem dúvidas disso! Mas eu só quero uma segunda chance!- implorou.
-EU NÃO VOU TE DAR SEGUNDA CHANCE NUNHUMA!- gritei, chorando desesperadamente.
-PARA COM ISSO!- Joe gritou- Você tem que aprender a perdoar, Demi! Até parece que você nunca errou! Quantas vezes eu já te perdoei? Disso você não se lembra, não é?
-Eu lembro, Joe! Mas tenta me entender!- pedi- Todos da minha família ficaram contra mim, eu fiquei sozinha no mundo! Sem ninguém para me amar, eu sofri MUITO!
-Mas é exatamente o que aconteceu com a Dallas, Demi! Você não enxerga isso! A única diferença, é que agora, você tem quem te ame de novo, e muito! Mas ela nunca teve! Só quero que entenda que não foi a única a sofrer!
-EU JÁ ENTENDI CARAMBA! Você vai ficar defendendo ela agora? Vai ficar contra a sua namorada pra defender ela?- questionei o encarando.
-Ah claro! Agora eu sou seu namorado, não é mesmo? Na hora de acreditar e confiar, eu não sou. Mas na hora de te defender tudo muda! Demi, eu to aqui, tentando ajudar vocês! Tentando tirar esse sofrimento de você e pelo menos diminuir o de Dallas! Eu só quero a melhor solução! Não to defendendo ninguém, eu só estou tentando te mostrar a verdade! 
-VÃO EMBORA! VOCÊS DOIS! SAIAM DAQUI!- as lágrimas começaram a sair mais rapidamente, como se isso fosse possível.
-Dallas, deixa eu conversar com ela rapidinho?- Joe pediu.
-NÃO!- gritei, tentando protestar. Ele fingiu não ter ouvido.
-Claro, Joe- Dallas respondeu, saindo do quarto.
-Eu não quero mais falar com vocês, me deixa em paz- resmunguei.
-Desculpa, mas querendo ou não, você vai me ouvir, Demi!- ele disse.
-Joe... Eu não sei o que fazer- sentei na cama, colocando o rosto entre as mãos.
-Vem cá- me puxou para o seu colo- Eu te entendo, Demi. E sei que não ta sendo fácil... Sei também que é difícil perdoar a Dallas depois disso. Mas eu não acho que guardar magoas vá fazer as coisas ficarem melhores!
-Eu sofri tanto Joe...
-Sim, mas e agora? Você tem porque sofrer? Demi, percebe que de uma certa forma, a Dallas ta tirando um sofrimento enorme de você e passando pra ela? Você não tem mais motivos pra isso!
-É...
-Eu não to defendendo ela, Demi. Só quero que essa briga entre vocês acabe! Você sabe que eu sempre te defendo e estou do seu lado. Por isso eu trouxe ela aqui... Eu só quero o melhor pra você!
-Obrigada- sussurrei o abraçando.
-Eu vou pedir pra ela entrar e vocês vão conversar com calma, tudo bem?
-Sim- afirmei.
Ele sorriu e me deu um beijo na testa. Caminhou até a porta e Dallas entrou novamente. Ela ainda chorava.
-Me desculpa- eu disse.
-Tudo bem, Demi... Eu já esperava que fosse reagir assim...- suspirou.
-Não é fácil te perdoar depois de tudo... Mas você é minha irmã- forcei um sorriso.
-Eu acho que até entenderia se não quisesse me perdoar... Mas depois de conversar com o Joe eu decidi que deveria te contar a verdade mesmo tendo que encarar as consequências.
-Eu fico feliz por ter me contado, não sabe como isso é um alívio para mim.
-Sim, eu sei. Eu escondi isso durante todo esse tempo, porque não sabia como lidar com esse sentimento, você se saiu melhor do que eu. Você é a pessoa mais forte que eu já conheci, Demi- ela sorriu e veio até mim, nos abraçamos.
-Obrigada por isso... Mesmo tendo sofrido durante esse tempo todo, agradeço por ter vindo até aqui me contar a verdade. Imagino como deve estar se sentindo.
-Muito mal- ela disse- Mas feliz em saber que me perdoou.
-Viu, eu disse que assim seria melhor para as duas- Joe se manifestou, sorrindo.
Fomos até ele e o abraçamos também. Joe era como meu anjo da guarda... Sempre ali para me ajudar e proteger. Mas eu não podia esquecer que as coisas entre nós ainda estavam ruins.


Continua...
Desculpem! Eu disse que postaria ontem mas não deu! :/ Então.... Ai está! :) Gente... eu disse a um tempinho que talvez começasse a nova fic já nessa semana de carnaval... Isso não vai acontecer! Eu preciso de um tempinho para escrever ela, e vai demorar um pouco :/ Mas eu aproveito enquanto ainda posto essa para ganhar tempo e escrever a outra! Por isso não posso ficar postando tudo de uma vez só... Se eu postar muitos capítulos (que já estão acabando) vocês vão demorar mais a ter a nova fic para ler! Então, por favor, comentem muito e entendam que não posso postar muito... :( Obrigada *-*


Giiiu, meu anjo! Você é incrível, sério! É claro que eu iria só com você, foi fantástico! Realmente, rimos muito! Tudo com você é mais legal e maravilhoso! Muito obrigada por estar sempre comigo. Te amo muito! <333 


Polly ... Hahaha sim, amore! Todos aqueles da outra página! :'D


Obrigada a todos pelos comentários! Continuem assim! :D


Beijemis, Bruna <333

5 comentários:

  1. Lindo
    embora triste e coitada da demi ...
    posta logo

    ResponderExcluir
  2. Oiii anjo! Giu aqui!!!!
    Como consegue? Tá TÃO maravilhoso, como todo o resto, claro, mas o final tem sempre um gostinho a mais de emoção, né???
    Que linda a Demi e Dallas abraçando o Joseph, que com certeza adorou o momento!!! Hahahahha!!
    Porque Jemi ainda não se ajeitou??? :((((
    Então linda, passei aqui pra mostrar que eu to lendo e amando sua fic, desde o primeiro capítulo!
    Tá no finalzinho, passou tão rápido :(
    Mas então... Quando vai postar o próximo? :P
    To esperando, tá?
    Te amo demais, demais, demais.....!!
    Melhoras, tá? Quero que fique bem logo!
    Qualquer coisa to no twitter a sua disposição!
    Beijos, da SUA LOVAQUETE.

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAAAAA, POR FAVOOOOOOOOR POSTA O OUITRO CAPITULO LOOOOOOOOOOOOGO!!!
    TÁ MUUUUUUUUUUUUITO PERFEITO, OMG ASHUAHSUAHUSHUA

    ResponderExcluir
  4. AA ta muitoo lindoo ! posta logooo bjs!! obs : nao acredito q ta acabando :(

    ResponderExcluir
  5. selinho pra você! http://jemipleasebemine.blogspot.com/2012/02/selinhos_25.html

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3