Visualizações

8 de fev de 2012

Do You Remember? - Chapter 31

Chapter 31


Joe on:
Acordei e levantei lentamente, sem fazer barulho. Desci e preparei um café da manhã bem caprichado para Demi.
-Joe?- ela chamou descendo a escada ainda sonolenta. Ela usava apenas uma blusa minha, bem comprida.
-Aaaaaah não!- fui até ela e a empurrei de volta para o quarto- Volta pra lá e finge que estava dormindo- falei rindo.
-Ai Deus- ela riu e fez o que eu disse.
Alguns minutos depois eu fui até ela, com uma grande bandeja na mão.
-Bom dia meu amor- lhe dei um beijo demorado- Fiz um café da manhã pra você!
-Não brinca- nós dois rimos.


Demi on:
-Sabe Demi,... Eu acho que aquele desanimo passou rapidinho, né?!- ele perguntou, me abraçando.
-Sim- eu sorri- Esse baile vai ser fantástico!
-Isso ai!- ele começou a fazer cosquinha em mim.
-Joe! Para- eu comecei a rir e logo depois nós dois caímos da cama.
-Opps- ele disse iniciando um beijo calmo. 
Ficamos ali durante alguns minutos.
-ahham- paramos o beijo e encaramos a porta. Nossa mãe estava parada bem aqui, com os braços cruzados e expressão de reprovação.
-MÃE?!- quase gritei empurrando Joe para longe de mim.
-Ai- ele reclamou.
-O que vocês estavam fazendo?- ela perguntou.
-Ué, mãe- Joe disse se arrastando até mim- Nos beijando- respondeu obviamente.
-Com a Demi vestida assim?- ela apontou para mim.
-NÃO! Não.. Ér.. quer dizer- eu não sabia o que falar.
-Olha só mãe- Joe disse me ajudando a levantar e ficando no meu lado- Porque fazer perguntas se você não acredita no que dizemos?- ele questionou segurando o riso.
-Mas eu sei que é mentira- ela respondeu.
-Bom... Se você acha, eu não tenho nada a ver com isso- ele disse colocando as mãos para cima. Eu e nossa mãe começamos a rir.
-Tudo bem... Eu vim aqui dizer a Demi que quando quiser ir ao salão é só me avisar- eu sorri e ela saiu do quarto. Eu olhei para Joe, cruzando os braços e sorrindo de lado.
-Que foi? Eu não tenho culpa de nada nessa história- ele riu e veio até mim- Porque a senhorita vai gastar seu tempo indo ao salão? Pode ficar aqui comigo- ele fiz biquinho.
-Pra ficar bonita pra você- dei língua.
-Então fica assim- ele me beijou de novo. Ficamos a manhã juntos.
Fui ao salão, comi alguma coisa, subi, tomei um banho relaxante e fui me arrumar.
Passaram-se 3 horas, já estava quase na hora de irmos. Desci a escada e enontrei Joe. Ele vestia um terno preto, estava lindo.
-Você vai ser a menina mais linda do baile, Demi- ele disse, sorrindo.
-Obrigada. Você será o menino mais lindo, e isso me preocupa- desviei o olhar.
-Demi, eu sou só seu, nunca se esqueça disso- ele disse, segurando meu rosto.
-Promete que nada vai nos separar?- perguntei, ainda um pouco insegura com o que ouvira no dia anterior, a conversa, no banheiro.
-Por que essa pergunta agora, Demi? É claro que nada vai nos separar- ele disse, olhando em meus olhos. Apenas sorri e saímos de mãos dadas, fomos em direção a escola.


Joe on:
O baile estava traquilo, eu e Demi dançavamos juntos, quando ela resolveu pegar um pouco de ponche. Me sentei novamente na mesa e comecei  conversar com algumas pessoas.
Fazia tempo que Demi tinha saído, fui a sua procura, até esbarrar em Lucie. Ela era uma 'ex namorada' não sei nem se podia chamar assim. Ficamos uns 3 dias e depois terminamos, ela era muito chata.
-Oi Joe! Quanto tempo né?!- ela perguntou.
-É... - respondi, ainda procurando Demi com a cabeça.
-Procurando por Demi?- como ela sabia? - Vi Sterling a levando daqui, eles saíram a pouco tempo- ela disse.
-Como assim Lucie? A Demi saiu com aquele idiota?- eu já estava nervoso.
-Parece que foram para a casa dele, se quiser, posso te dar o endereço- ela se ofereceu.
Peguei o endereço e saí voado em direção a casa de Sterling. O que ele queria com Demi?
Cheguei lá e a casa estava escura, apenas uma luz acesa, em um comodo no andar de cima. Eu já estava muito preocupado com Demi, a porta estava aberta, então entrei sem pensar duas vezes. Subi até o quarto aceso e me deparei com Priscila. Ela estava apenas de langerie, deitada na cama. Essa menina era louca, vivia dando em cima de mim. Ela se levantou e começou a me beijar que nem uma maluca.


Demi on:
Estava pegando uma bebida para mim até que um garoto que eu nunca vi na vida chega até mim.
-Oi, ér.. será que podia vir comigo rapidinho?- ele perguntou, já me puxando para fora do grande salão.
-O que quer comigo?- perguntei.
Lucie logo apareceu. Ela ela uma "ex namorada" de Joe.
-Demi, quero que me escute. Descobri uma coisa que não vai te deixar muito feliz. Mason vai te levar, vá com ele e verá quem é realmente Joe Jonas- ela disse, dando as costas e indo embora.
O garoto parecia apenas cumprir ordens. Um nerd com óculos do tamanho do globo terrestre e roupas largadas. Minha curiosidade foi maior e fui com ele. 
Andamos um pouco e em cerca de 5 minutos, estavamos em frente a uma casa, bem grande, pouco iluminada. A porta estava aberta e apenas uma luz acesa.
-Ér... Vamos até lá- o menino disse.
Subimos alguns degraus e o menino me guiou até o único quarto com luz. Cheguei e não conseguia acreditar no que via. Joe estava deitado na cama, com uma menina. Eu comecei a chorar desesperadamente. 
-DEMI? - ele perguntou, empurrando a garota.
-Ai Joe, tava tão bom- ela disse, sorrindo.
-Sai de perto de mim sua maluca- Joe gritou -Demi, pelo amor de Deus, não é o que você ta pensando. Essa doida me agarrou- ele disse tentando se desculpar.
-Como... Pq está aqui, Joe?- perguntei. Eu não desconfiaria dele. Isso podia ter sido mais uma armação, eu não perderia ele de novo, não aguentaria. Eu confiava em Joe.
-Eu tava te procurando no baile, ai encontrei Lucie, ela me disse que você tinha saido com Sterling e me deu o endereço. Eu vim até aqui e essa maluca me agarrou- sim, era uma armação. Lucie também tinha ido falar comigo. Mas nada atrapalharia meu namoro com Joe, nosso amor era forte o sufuciente para superar mais isso.
Apenas o abracei, já estava mais calma.
-Eu acredito em você, Joe. Eu te amo, nada vai nos atrapalhar- eu disse.
-Blábláblá eu não vou ficar aqui ouvindo essa babozeira. Qualquer coisa, me liga Joe- disse a menina, piscando para Joe e saindo do quarto.
Apenas a ignoramos.
-Você... Não esta com raiva de mim?- ele parecia surpreso.
-Tenho motivos?- perguntei, brincando com ele.
-NÃO, não... É que.. Ah, sei lá- ele respondeu.
-Eu acredito em você, Joe. Sei que nunca me trairia- nos beijamos, mas Joe interrompeu.
-Demi... Quem é esse daí?- apontou para o garoto que me 'acompanhava'.
- Ah, ele me trouxe até aqui. Nunca vi na vida- respondi.
-Aaaaa, então quer dizer que esse também fazia parte do plano?- Joe lançou um olhar mortal para o menino, mas eu sabia que era só de brincadeira. 
-Ér... não, eu... - o garoto disse e logo após saiu correndo. Eu e Joe caimos na gargalhada.
Voltamos para casa, não tinhamos mais clima para retornar ao baile. Então decidimos fazer um próprio baile, de um jeito mais... Nosso.
A casa estava vazia, pegamos alguns microfones que estavam guardados no porão, algumas coisas para comer, Cds, DVDs, e ligamos na tv, no último volume. Começamos a dançar, pular, sempre rindo muito.
Joe começou uma guerra de almofadas, corremos por toda a casa, fizemos brigadeiro e tomamos um banho de mangueira. À noite era muito melhor. Acabamos adormecendo na sala, deitados no tapete, do lado do sofá. Estavamos consados de mais para pensar no mais confortável. 


Joe on:
Fizemos uma grande bagunça na casa ontem, mas concerteza nos divertimos mais do que no baile. Acordamos com o grito de nossa mãe.
-O QUE É ISSO? JOSEPH E DEMETRIA, O QUE VOCÊS FIZERAM ONTEM A NOITE? - ela gritava.
-Ahh mãe, a gente só... se divertiu- eu respondi, Demi esfregava os olhos.
-Mas vocês não estavam no baile?- ela perguntou.
-A, tava chato, resolvemos fazer nossa própria festa- eu disse, sorrindo.
-Ai meu Deus, vou ter que arrumar a casa para mais tarde! Como vamos passar o natal assim? - ela resmungou, andando em direção a cozinha.
-Booom dia- Demi disse, me dando um selinho.
-Bom dia, meu amor!- respondi.


Continua...


Bem grandinho, não?! :'D Obrigada pelos comentários, apesar da maioria ter sido da Laura! Hahaha <33 Continuem comentando! :)
Eu queria agradecer a Cami (Anônimo) pelo comentário! Sério, eu fiquei incrivelmente feliz com isso! (*.*) Saber que alguém pensa assim me faz muito bem, eu fico felicíssima em saber que acha que escrevo bem! Isso para mim é fantástico! :^) Muito obrigada, amor! <3 E muitíssimo obrigada à Laura também! :D Fico muito feliz mesmo! Isso significa o mundo para mim! *o*
Amo vocês <3


Beijemis, Bruna :)

11 comentários:

  1. AMEIIIIIIIIII O CAPÍTULO, NÃO DEMORE A POSTAR

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAA posta logo bjs! ta muito fofis! to curiosa! quantos capitulos vai ter a fic?

    ResponderExcluir
  3. Não precisa agradecer, eu só to falando o que eu acho, acho não tenho certeza, vc escreve muito.
    Sua historia me viciou, faz um ano que leio Fanfics e com certeza a sua é uma das melhores, uma das que mais viciei. Eu ia parar de ler Fanfics, pq tipo eu já li muitas historias e poucas autoras postam com frequência como vc, mais ai eu vi a sua historia e pensei eu tenho de ler isto, tipo seu blog é incrível, no primeiro capitulo já tava viciada.
    Pode ter certeza eu sou sua fã, vc escreve muito, sabe nos envolver na sua historia, nos deixa querendo mais(nobomsentindo). Já to imaginando a próxima fic, mesmo querendo que essa nao acabe..
    Posta logo *--*
    Beijos.
    ASS: Cami

    ResponderExcluir
  4. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    POR UM SEGUNDO EU ACHEI QUE A DEMI NÃO IA PERDOAR O JOE...

    ResponderExcluir
  5. VC VAI NO SHOW DA DIVA DEMI LOVATO AKI NO BRASIL?

    ResponderExcluir
  6. POR UM SEGUNDO EU ACHEI QUE A DEMI NÃO IA PERDOAR O JOE... 22222

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3