Visualizações

31 de jan de 2012

Do You Remember? - Chapter 22

Chapter 22


Demi on:
Eu estava quase pirando, a ideia de poder perder Joe por minhas idiotices tomava conta de mim. Todas as brigas, todos os momentos, bons e ruins, passavam pela minha cabeça... Me levantei e enquanto caminhava até a cozinha para pegar um copo d'água, ouvi a voz de Joe e me lembrei da tal conversa que ele teria com Larissa. Me aproximei mais da porta para escutar.


-Você não sabia que estávamos juntos- Joe dizia.
-Mas eu não devia ter dito aquilo... Desculpa, Joe.. Mas.. A Demi não sabe que nós...- ela parou de falar.
-Não- ele respondeu rapidamente- E por favor, não fala nada para ela, Larissa.
-Tudo bem, eu não vou falar. Mas porque ela não pode saber? O que tem de mais em uma coisa que acontceu a tanto tempo atrás?- Larissa perguntou.
-Imagina se a Demi descobre que a minha 1º vez foi com você? Pode ter acontecido a bastante tempo, mas ela não levará isso numa boa- eu não podia acreditar, por que Joe nunca havia me dito isso? 
-Sim, tudo bem, mas.. Ela nunca quis saber?- Larissa questionou. Eu realmente deveria ter perguntado, mas nunca me passou isso pela cabeça, muito menos que havia sido com ela.
-Não. Demi é inocente de mais pra pensar nisso- então ele me achava 'inocente de mais' ?
-Bom, tudo bem. Mas não quero que fique um clima ruim entre eu e ela... Demi é uma menina bem legal- eu achava pura falsidade.
-Eu sei, quero que vocês se deem bem. Que tal um passeio amanhã? Pra se conhecerem melhor?- ele sugeriu. Eu não iria nesse 'passeio'.
-Claro, seria ótimo!- ela pareceu animada.
-Bom, eu vou indo- ele disse- Até amanhã, Lari.
-Boa noite, Joe. E ... Obrigada- ela falou.
Eu sai dali correndo em direção ao meu quarto. Me deitei novamente. Amanhã seria um dia cheio.


(...)


-Demi, Demi- eu sentia alguém me chaqualhando- Acorda- era Joe. 
Abri os olhos lentamente, ele me deu um selinho.
-Vou dar um passeio agora, vamos? Larissa também vai- ele não pareceu se importar com o que eu achava sobre aquele fato.
-Desculpa, Joe. Eu to me sentindo meio tonta, to com dor de cabeça- menti- Vai você, eu vou ficar descansando.
-Ah- ele fez uma carinha triste- Então eu fico aqui com você, o que acha?
-Seria uma boa ideia- eu disse, sorrindo. Mais um tempo longe de Larissa.
-Vou falar com a Larissa que nós não vamos mais, já volto- ele saiu do quarto.
Desci para tomar meu café e encontrei apenas Joe.
-Onde estão todos?- perguntei.
-Ah, quando souberam que não iriamos mais, decidiram andar um pouco de barco- respondeu.
-Hum- foi só o que eu disse.
Tomamos um café, o clima entre nós era agradável, Joe parecia ter esquecido sobre ontem.
-Como foi a conversa com Larissa?- eu sabia que não deveria tocar nesse assunto, mas tinha que quebrar aquele silencio e foi a primeira coisa que me veio a cabeça.
-Normal- ele fez uma careta engraçada, rindo.
-E... Sobre o que falaram?- eu realmente queria arrancar alguma coisa de Joe, não teria tanta cara de pau em perguntar.
-Demi, era particular, desculpa- ele parecia meio nervoso, eu sabia por que- Você sabe que eu te contaria.. Mas não foi nada de mais- ele me abraçou por trás.
-Tudo bem- sorri-Que tal irmos fazer uma trilha até a cachoeira?- perguntei.
-Ué? Você não tava se sentindo mal?- ele perguntou. Eu tinha me esquecido desse detalhe.
-Ah, já estou melhor. Era apenas fome- eu disse nervosa, desviando o olhar.
-Jura, Demi?- ele olhou desconfiado.
-Sim..- eu falei.
-Se você diz... Vamos sim- ele forçou um sorriso.


Trocamos de roupa e fomos em direção a cachoeira. A trilha era bem bonita e chegamos bem rápido. Eramos apenas nós, não havia mais ninguém na cachoeira.
Tinham muitas pedras, um caminho que teriamos que fazer para chegar definitivamente na cachoeira, onde pudessemos mergulhar. As pedras eram um pouco ingremes, era uma pequena subida. Não esperei por Joe, eu estava um pouco a sua frente. Queria mostrar que era corajosa, queria mudar a visão dele sobre mim, sobre a menina ingênua que ele tinha o dever de 'proteger'. Comecei a subir pelas pedras, ignorando meu pavor de cair dali. Eu não sabia onde Joe estava, não conseguia sair do lugar nem olhar para trás. Tentei voltar, descendo uma pedra, mas escorreguei. Naquele momento achei que fosse cair, mas como sempre, Joe estava ali para me salvar.


-Calma- ele disse, eu tremia- Fica calma. Ele me puxou delicadamente, segurando minha cintura firmemente, me sentando em uma pedra que estava logo ali embaixo- Demi, você quer morrer?- ele me olhava espantado- O que tava fazendo ali? Porque não me esperou?
-É que.. Eu não queria que me achasse medrosa, ou.. incapaz de fazer alguma coisa sozinha, sem depender de .. você- eu disse, abaixando a cabeça.
-Porque essa maluquisse agora? Você nunca tentou me provar nada, Demi- ele disse, um pouco exaltado, depois respirou fundo- Desculpa, é que eu fiquei nervoso- ele fez silêncio, logo continuou, já mais calmo- Não precisa fazer isso, eu não te acho incapaz de fazer nada, Demi. Pelo contrário, sei que é capaz de muita coisa. Por favor, não faz isso de novo. Tudo bem?
Eu concordei com a cabeça e continuámos a subir. Joe me segurava com firmeza, eu ainda estava um pouco nervosa. Entramos na cachoeira e eu me sentei em uma pedra que tinha logo ali, enquanto Joe mergulhava. Ele logo veio até mim.
-Você só disse que estava mal pra não ir ao passeio com Larissa, certo?!- ele quase afirmou. Não tinha como esconder, era melhor falar.
-Como sabe?- perguntei, fazendo uma careta. Ele deu uma risada.
-Eu te conheço, Demi. Sabia que você não iria- ele disse.
-Então.. Por que não me 'obrigou' a ir?- se ele já sabia, podia ter dito.
-Porque eu não posso te obrigar a nada, nem a você nem a niguém. Se não queria ir, eu respeitaria, era só ter me dito. Não precisava mentir- eu me senti péssima.
-Você ta chateado comigo?- perguntei preocupada.
-Não- ele sorriu- Mas seria divertido- eu abaixei a cabeça.
-Se importa de irmos embora, Joe?- eu não tinha mais clima para continuar ali.
-Tudo bem, vamos- ele disse.
Descemos as pedras com calma, e fomos em silêncio até a grande casa. Todos já estavam na mesa almoçando. Subimos até nossos quartos, eram bem próximos. 
-Joe- eu chamei quase que em um sussurro, quando vi ele entrando em seu quarto. Ele se virou imediatamente e veio até mim, segurando minhas mãos.
-Eu- respondeu.
-Me da um abraço?- eu precisava disso, queria me sentir segura nos braços de Joe. Ele olhou dentro de meus olhos e apenas me abraçou com muita força. Um abraço confortante.
-Quantos você quiser, não precisa pedir- sussurrou.
Tomamos um banho, descemos e nos juntamos a todos para o almoço. O resto do dia foi agradável, ficamos todos juntos, fomos a praia, fizemos passeios e Larissa estava em todos. Ela tentava se aproximar de mim, mas eu ainda achava falsidade de sua parte. 
Já era noite, eu estava no meu quarto. Não me sentia bem, estava um pouco triste com o que estava acontecendo nos últmos dias, estava desanimada. Alguém bateu na porta e eu mandei que entrasse. Era Joe.


-Oi- ele disse, se aproximando.
-Oi- respondi, forçando um sorriso.
-Queria saber se podia dormir aqui hoje- ele disse- Não achei legal pedir a tia Cristina nos deixar em um quarto só.
Eu não achava uma boa ideia, não que eu não quisesse a companhia de Joe, mas não estava disposta para nada além de dormir. Porém não falaria isso a ele.
-Claro, pode sim- eu sorri.
Ele caminhou em minha direção e me levantou da cama lentamente e iniciou um beijo calmo, mas ao mesmo tempo intenso. Eu não o mandaria parar, não queria que Joe ficasse mais triste comigo. As coisas já não andavam muito bem. 
Ele pressionava cada vez mais nossos corpos e eu tentava o acompanhar, mas não estava no meu melhor dia, não conseguia tirar aquela tristeza e desanimo de mim.


Joe on:
Fui até o quarto de Demi, eu não aguentava mais aquela distância. Nos beijamos, eu a desejava mais a cada segundo, a deitei na cama e passei uma das mãos em sua barriga, por dentro da blusa. Percebi que ela não parecia muito bem, não a forçaria a fazer nada sem vontade. Parei de beijar seu pescoço e lhe dei um selinho, me afastando para vê-la melhor, me sentando na sua frente.


-O que aconteceu?- perguntei acariciando seu rosto.
-Eu.. Eu só não estou muito bem disposta hoje..- ela disse- Me desculpa.
-Não tem porque se desculpar- sorri- Era só ter me dito, Demi.
-Eu não queria que ficasse chateado comigo...- ela achava mesmo que eu ficaria?
-Eu nunca ficaria chateado com você por causa disso. Não tem problema, meu amor- eu a abracei.
-Obrigada- ela sussurrou- Eu te amo.
-Eu também te amo, muito.
- Dorme aqui?- ela perguntou se afastando, fazendo uma careta engraçada.
-Claro que sim- eu ri.
Dormimos abraçados. Eu estava feliz por estar ali com Demi, mas não podia achar que estava tudo bem.


Continua...
Hii :) Como estão? O que acharam??? Gente, não tenham raiva da Larissa! Haha ;) Continuem comentando, muuuito! 




*DIVULGANDO*
Esse aqui é o blog da Rosa ou Violet >> Ocean <<
Entre, leia e siga! ;)


Jemians, é isso! Obrigada a todos :')


Beijemis, Bruna <3

4 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA bem q a demi podia larii né????! awnn!! o joe é sempre tao fofo! quero ele pra mim!! kkkkkkkkk posta logoo bjs!

    ResponderExcluir
  2. quem nao quer joe Stephanie ?? kkk
    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH
    COMO SEMPRE TA INCRIVEL
    QUERO MAAAAAAAAAAAAAAAAAIS <3
    bjs Thais
    sorry nao ter comentado nos outros .... :(
    mas eu lia haha

    ResponderExcluir
  3. HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA QUERO MAIS TÔ ADORANDO AFIC!
    sOU NOVANA AREA DESDE DE ONTEM QUE EU LEIO TO ADORANDO MESMO!
    POSTA MAIS HOJE? VSS POSTA UM EM CADADIA É?
    bY:Evelane

    ResponderExcluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3